IBGE aponta que Minas é o segundo estado brasileiro que mais investe em ações de saúde

O programa Mâes de Minas propõe a conhecer e a zelar por cada gestante e criança de Minas. Foto Governo de Minas
O programa Mâes de Minas propõe a conhecer e a zelar por cada gestante e criança de Minas. Foto Governo de Minas

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgou, nesta quinta-feira (13), os dados da Pesquisa de Informações Básicas Estaduais 2013 (Estadic). Os estados com os maiores orçamentos proporcionais para a saúde (em relação ao orçamento total) foram Tocantins (16,9%), Minas Gerais (16,3%) e Pernambuco (16,2%). Já os menores orçamentos proporcionais foram os do Rio de Janeiro (7,2%), Mato Grosso do Sul (8,7%) e Paraná (9,0%).

Além disso, Minas Gerais (11,8%) e Rio Grande do Sul (12,9%) foram os únicos a destinar mais de 10% dos seus orçamentos de saúde à atenção básica. A Atenção Básica é um conjunto de ações, de caráter individual e coletivo, situadas no primeiro nível de atenção dos sistemas de saúde, voltadas para a promoção da saúde, a prevenção de agravos, tratamento e a reabilitação. Normalmente fica a cargo dos municípios as ações em atenção básica, que funcionam como ordenadora do sistema local, integrando os diferentes pontos que compõe e definindo um novo modelo de atenção à saúde.

A pesquisa analisou os recursos humanos das administrações estaduais e também as áreas de saúde, meio ambiente, política de gênero, assistência social, segurança alimentar e nutricional e inclusão. O levantamento aconteceu em 2013, nas 27 Unidades da Federação – 26 estados e o Distrito Federal – por meio do Questionário Básico.

Clique aqui pata acessar a publicação completa do IBGE

Conheça alguns dos programas estruturadores da Secretaria de Estado de Saúde (SES): Continuar lendo

Governo Anastasia anuncia reajuste de 7,62% para profissionais de Educação do Estado

Em reunião com as sete entidades que representam todos os servidores da rede estadual de ensino, realizada na manhã desta segunda-feira (23), o Governo Anastasia anunciou reajuste que varia de 5% a 7,62% nos vencimentos de profissionais de Educação do Estado. Já a partir de outubro, os salários de todos os professores e demais profissionais de educação básica do Estado serão reajustados em 5%, beneficiando 417 mil cargos de profissionais da educação básica, entre ativos e aposentados.

O Governo de Minas anunciou também que, atendendo a reivindicação das entidades, antecipará para janeiro de 2014 a progressão na carreira de profissionais da educação básica, antes prevista para janeiro de 2016. Os servidores com direito a esse benefício, que premia o tempo de serviço, terão um reajuste adicional de 2,5% sobre a remuneração. Com isso, terão seus vencimentos reajustados em 7,62%.

Além desses reajustes que estão sendo concedidos em função da política remuneratória e da progressão na carreira, profissionais da educação básica do Estado também terão seus salários aumentados em função de pagamentos referentes ao reposicionamento na carreira, que considera todo o tempo na carreira e beneficia servidores ativos e inativos. Em 2013 e 2014, a folha de salários da Educação será acrescida em aproximadamente R$ 890 milhões referentes a duas parcelas da Vantagem Temporária de Antecipação do Posicionamento (VTAP).

Leia matéria completa na Agência Minas

 

Confira também Investimento do Governo de Minas em Educação aumentou 190% nos últimos nove anos

Investimentos do Governo Anastasia garantem salto da qualidade de vida no Sul do Estado

O governador em exercício, Alberto Pinto Coelho, ministrou palestra sobre “O Estado como indutor do desenvolvimento regional”, na sede da Fiemg, em Pouso Alegre. Foto Wellington Pedro/Imprensa MG
O governador em exercício, Alberto Pinto Coelho, ministrou palestra sobre “O Estado como indutor do desenvolvimento regional”, na sede da Fiemg, em Pouso Alegre. Foto Wellington Pedro/Imprensa MG

O atendimento à saúde em Pouso Alegre, no Sul do Estado, acaba de receber mais investimentos do Governo de Minas. O governador em exercício Alberto Pinto Coelho esteve na cidade, nesta segunda-feira (12/08), e anunciou a liberação de R$ 2,4 milhões para o Hospital das Clínicas Samuel Libânio. Os recursos são para custeio de medicamentos e materiais utilizados nos atendimentos à população. Alberto Pinto Coelho esteve em Pouso Alegre para proferir a palestra “Estado como vetor para o desenvolvimento regional”. A palestra faz parte do “Rotas para o futuro”, programa da Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais (Fiemg), que tem o intuito de discutir e construir rotas e soluções para o desenvolvimento sustentável das regiões do Estado.

Ao anunciar os recursos para o Hospital Samuel Libânio, o governador em exercício ressaltou a importância do investimento, que é referência não só para Pouso Alegre, mas para toda a região. Em 2012, o hospital realizou cerca de 150 mil atendimentos. Continuar lendo

Curso de capacitação visa reduzir índices de mortalidade materna e infantil no Norte de Minas

Com o objetivo de obter novos avanços na redução da mortalidade materna e infantil no Norte de Minas, na próxima semana, a Superintendência Regional de Saúde de Montes Claros (SRS) inicia implantação de programa de capacitação dos profissionais responsáveis pela investigação de óbito materno, infantil, fetal e de mulher em idade fértil. O treinamento, que contemplará os 53 municípios que integram a área de jurisdição da SRS, vai repassar orientações às referências técnicas de hospitais e secretarias municipais de saúde para investigação dos problemas que têm provocado a ocorrência dos óbitos.

Além dos coordenadores de vigilância de óbitos, da atenção primária à saúde e das referências de investigações hospitalares, a capacitação envolverá profissionais responsáveis pela inserção de dados dos municípios no Sistema de Informação sobre Mortalidade e do Sistema de Informação sobre Nascidos Vivos.

Leia matéria completa na Agência Minas

Governo Anastasia lança Unidade Móvel de Saúde para diagnosticar o câncer de mama

A Unidade Móvel de Saúde é equipada com aparelhos modernos capazes de realizar o diagnóstico. Foto SES-MG/Divulgação

O aumento dos exames de mamografias realizadas e o lançamento da Unidade Móvel de Saúde da mulher foram a tônica do evento que aconteceu nessa quinta-feira (18), no Palácio da Liberdade, em Belo Horizonte.

Durante a cerimônia, comandada pelo secretário de Estado de Saúde de Minas Gerais, Antônio Jorge de Souza Marques, foi apresentado um balanço do Programa Estadual do Controle do Câncer de Mama em Minas Gerais e lançada a Unidade Móvel de Saúde, um caminhão totalmente equipado e preparado para realizar as mamografias e que vai percorrer todas as regiões do Estado, garantindo maior agilidade e comodidade às mulheres para realização do exame.

O secretário Antônio Jorge foi enfático ao mostrar os dados atuais sobre o câncer de mama em Minas. “O câncer de mama atualmente é a segunda causa de morte na população mineira e corresponde a 14,1% de todas as mortes em Minas Gerais. O Programa de Combate ao Câncer de Mama de Minas Gerais tem como meta atender a 50% da população feminina, na faixa etária de 45 a 69 anos”, explica. De abril a agosto de 2011 foram realizadas 218.934 mamografias. Em 2012, no mesmo período, foram 249.343 exames, um aumento de 30.409.

“Buscamos orientar e informar à população em tempo integral. Ao ampliar a faixa etária, facilitamos o acesso ao exame de mamografia, promovemos o diagnóstico precoce e ofereceremos a possibilidade de um início de tratamento mais ágil”, afirma Antônio Jorge.

O secretário também esclareceu que não é necessário que a mulher passe por consulta médica para requerer o exame. Ela pode ir a uma unidade de saúde mais próxima e solicitar a guia para realização do exame, ou então obter o documento pela internet. Basta acessar à página do facebook da Secretaria de Estado de Saúde, preencher os dados e imprimir o formulário. Com o documento em mãos, a mulher deve se dirigir a uma unidade de saúde para agendar a realização da mamografia.

O presidente da Associação Médica de Minas Gerais, Lincoln Lopes Ferreira, discursou sobre a importância da iniciativa. “Quanto mais cedo for dado o diagnóstico, maior serão os índices de cura e as mutilações serão menores. Parabenizo ao secretário Antônio Jorge em nome de quase 20 mil colegas e temos a certeza que este projeto colherá muitos frutos. Muitas vidas serão poupadas, muito sofrimento será evitado. Portanto, parabéns ao Governo de Minas”, destaca.

Continuar lendo

Série de reportagens destaca excelência da educação mineira

A partir deste sábado (1º/9), a Agência Minas publica a série de reportagens” “Minas, a melhor educação do Brasil”, produzida pelo Núcleo Multimídia do Governo de Minas.

Serão quatro vídeos publicados nos dias 1º, 03, 05 e 08 de setembro, que revelam algumas das iniciativas do Estado que contribuem para o alto desempenho do ensino público mineiro no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb), do Ministério da Educação (MEC).

Nas séries iniciais do ensino fundamental, os alunos da rede estadual mineira alcançaram índice 6, comparável à qualidade do sistema educacional dos países desenvolvidos. Em comparação com outros estados, a rede estadual mineira também se destaca, mantendo a primeira colocação nos anos iniciais do ensino fundamental. Além disso, Minas subiu para do 3º para o 2º lugar nos anos finais e ficou na 3ª posição no ensino médio.

A primeira reportagem da série destaca o projeto “Reinventando o ensino médio”, realizado pela Secretaria de Estado de Educação (SEE), que tem como objetivo tornar o currículo mais completo e atraente nesta etapa dos estudos, além de gerar novas competências nos estudantes.

Acesse o site da Agência Minas (www.agenciaminas.mg.gov.br) neste sábado para conferir.

Representantes do governo gaúcho vêm conhecer o Choque de Gestão de Minas

Foto Lúcia Sebe / Secom MG

Representantes do Governo do Rio Grande do Sul foram recebidos nesta quinta-feira (1º), na Cidade Administrativa, para conheceram de perto a evolução das três etapas do Choque de Gestão do Governo de Minas.

A subsecretária de Gestão Estratégica Governamental da Seplag, Adriane Ricieri, abriu os trabalhos e ressaltou que esses encontros são importantes na troca de experiências que contribuem na remodelagem e reconstrução dos trabalhos desenvolvidos.

O diretor do Núcleo Central de Gestão Estratégica de Projetos e Desempenho Institucional, Diogo Sie Carreiro Lima, fez uma apresentação sobre as ações desenvolvidas pelo Governo de Minas Gerais.

Da comitiva gaúcha participaram do encontro Iti Guimarães, diretora da Sala de Gestão; Ricardo Almeida, diretor de Projetos Estratégicos; Sady Jacques, diretor de TI e Telecomunicação; Francisco Vicente, coordenador Executivo de Programas Federais; e os assessores técnicos, Beatriz Carlesso, Fernando Franco, Pedro Azevedo, Paulo Ricardo, Daledier Jorge.