Aécio vai a Mariana prestar solidariedade a famílias atingidas por rompimento de barragens

Aline Ferreira Ribeiro e Ana Paula Alexandre, esposas de funcionários terceirizados da Samarco, recebem a solidariedade do senador Aécio Neves. Fotos Emmanuel Pinheiro
Aline Ferreira Ribeiro e Ana Paula Alexandre, esposas de funcionários terceirizados da Samarco, recebem a solidariedade do senador Aécio Neves. Fotos Emmanuel Pinheiro

O senador Aécio Neves (PSDB-MG) visitou, neste domingo (08/11), o município de Mariana (MG) para prestar solidariedade às famílias atingidas pelo rompimento de duas barragens de resíduos da mineradora Samarco. Ao lado de parlamentares mineiros, o senador sobrevoou a região e conversou com moradores e parentes de desaparecidos na inundação de lama que devastou o distrito de Bento Rodrigues.

“Eu vim trazer o que posso trazer neste momento, que é solidariedade a essa tragédia que acometeu sobre Mariana e sobre Minas Gerais. Talvez o maior desastre ambiental que se tem notícia em nossa história. Conversei com aqueles que estão atuando nas buscas, conversei também com famílias de desaparecidos e que cobram da empresa que sejam dadas informações. Neste momento de consternação, a informação é essencial”, afirmou o senador, em entrevista coletiva em Mariana.
Continuar lendo

Rodrigo de Castro preside Audiência Pública para debater leilão de concessão de usinas hidrelétricas

 

rodrigo-de-castro-300x279

O deputado Rodrigo de Castro (PSDB-MG) preside nesta quarta-feira (28/10) Audiência Pública da Comissão de Minas e Energia, da Câmara dos Deputados, que irá debater a realização do leilão de concessão de 29 usinas hidrelétricas. O requerimento para a realização da audiência foi apresentado pelo deputado Fábio Garcia. Inicialmente, a data do leilão estava marcada para o dia 30 de outubro, mas nesta quarta-feira (27/10) o governo anunciou o adiamento para 07 de novembro, devido à necessidade de ajustes por recomendação do Tribunal de Contas da União. A audiência está marcada para às 11 horas, no plenário 14, do anexo 2 da Câmara dos Deputados.

“É uma iniciativa muito importante para discutirmos os termos em que os leilões serão realizados já que nos últimos anos o governo federal publicou medidas provisórias que alteraram as regras das concessões de energia elétrica”, afirmou Rodrigo de Castro, presidente da Comissão de Minas e Energia. Continuar lendo

Dilma parece viver em outro mundo ao alegar inexistência de escândalos em seu governo

piada-prontaDeputados do PSDB receberam com espanto a declaração da presidente Dilma dada nesta terça-feira (20/10) durante entrevista coletiva na Finlândia. “Meu governo não está envolvido em escândalo de corrupção”, afirmou a petista sem qualquer pudor. Para tucanos, a petista parece viver em outro mundo e debocha dos brasileiros com a sua fala, que ignora até mesmo o petrolão.

Para o deputado Luiz Carlos Hauly (PSDB-PR), o governo de Dilma é o mais corrupto, superando até mesmo o de Lula. “Nunca antes na história do Brasil vimos dois governos tão incompetentes e corruptos”, apontou. “Vivemos hoje um momento trágico e cômico, com uma presidente da República caricata, disfarçada, dissimulada, que deixa o seu povo sofrendo. Ela não merece respeito”, completou Hauly.

Ao que parece, a presidente se esqueceu que, apenas na Petrobras, a perda com a corrupção foi de R$ 6,2 bilhões entre 2004 a 2012, segundo a própria estatal. Paralelamente, a Operação Lava Jato está desvendando os tentáculos do esquema que tomou a estatal de assalto durante os governos Lula e Dilma com a participação de diretores da empresa. “Não precisa ter muita inteligência pra ver que os maiores escândalos de corrupção da história do Brasil aconteceram nos 13 anos de governo do PT, e principalmente no governo dela”, destacou o deputado Rocha (PSDB-AC). Continuar lendo

Audiência Pública presidida por Rodrigo de Castro traça diagnóstico do setor sucroalcooleiro

rodrigodecastro

Reunião debateu medidas que podem garantir competitividade ao etanol

O deputado federal Rodrigo de Castro (PSDB-MG) presidiu nesta quarta-feira (07/10), às 10 horas, Audiência Pública na Comissão de Minas e Energia que debateu propostas para o setor sucroalcooleiro, que tem grande importância social e ambiental na área energética brasileira. A reunião atendeu a um requerimento de Rodrigo de Castro, que preside a Comissão de Minas e Energia, juntamente com os deputados João Fernandes e Pedro Vilela.

“Uma sucessão de erros nos últimos anos trouxe sérios problemas para o setor das usinas de cana de açúcar, levando muitas delas a encerrar suas atividades e demitir muitos funcionários. As medidas tomadas pelo governo neste ano ainda são tímidas e não são suficientes para garantir a total recuperação do setor, que tem níveis muitos altos de endividamento. A Audiência foi muito importante para podermos pontuar as dificuldades e debater possíveis soluções”, afirmou o deputado. Continuar lendo

Rodrigo de Castro propõe trabalho conjunto entre Legislativo e Executivo para incentivar a distribuição de energia solar

rodrigo-de-castro

O presidente da Comissão de Minas e Energia, da Câmara dos Deputados, Rodrigo de Castro (PSDB-MG), defendeu nesta quarta-feira (09/09) um esforço conjunto, entre Legislativo e Executivo, para incentivar a mini e a microgeração distribuída de energia solar. A defesa aconteceu durante audiência pública convocada pelo próprio parlamentar e pelos deputados João Fernando Coutinho e José Stédile.

“Num universo de 70 milhões de consumidores brasileiros, apenas 821 estão conectados ao sistema de energia fotovoltaica distribuída. Para um país com tanta incidência solar quanto o Brasil, isso ainda é ridículo. É um número pífio e chega a ser vergonhoso. Temos iniciativas neste sentido, mas são passos muito pequenos na direção do lugar que queremos chegar. Precisamos de um esforço conjunto. Estamos numa corrida e, infelizmente, estamos muito atrás. Países com muito menos potencial solar do que o nosso, como a Alemanha, estão anos luz à nossa frente. Lá, o correspondente a 1/4 do nosso uso energético vem de painéis solares”, defendeu. Continuar lendo

A pedido de Rodrigo de Castro, Minas e Energia debaterá incentivos à geração de energia solar

rodrigo-de-castro

Por solicitação do deputado Rodrigo de Castro (PSDB-MG), a Comissão de Minas e Energia da Câmara vai realizar audiência pública para debater o incentivo à geração de energia solar distribuída. Requerimento do tucano com esse objetivo foi aprovado nesta quarta-feira (26/8) pelo colegiado.

O parlamentar, que preside a comissão, destaca que a mini e microgeração distribuída representa importante mecanismo para investimentos privados em projetos de geração de energia. “A finalidade da audiência é debater as políticas públicas de incentivo a micro e minigeração distribuída Solar Fotovoltaica, que representa uma oportunidade de democratização da geração de eletricidade para a sociedade brasileira”, explica Rodrigo. Continuar lendo

Rodrigo de Castro defende investimentos e estímulo ao uso da energia eólica no Brasil

Audiência Pública na CME debateu as vantagens da energia vinda dos ventos e como o Brasil pode aumentar a utilização dessa fonte energética. Foto Antonio Augusto / Agência Câmara
Audiência Pública na CME debateu as vantagens da energia vinda dos ventos e como o Brasil pode aumentar a utilização dessa fonte energética. Foto Antonio Augusto / Agência Câmara

O deputado federal Rodrigo de Castro (PSDB-MG)  presidiu, nesta quarta-feira (19/8), audiência pública da Comissão de Minas e Energia que debateu o uso da energia eólica no Brasil. Os dados apresentados indicam que a participação da energia vinda dos ventos na matriz energética brasileira tem aumentado, mas que ainda há um grande potencial a ser explorado.

“O Brasil é privilegiado por ter bons ventos em diversas regiões, especialmente no Nordeste, e não pode perder a oportunidade de estimular as pesquisas e os investimentos no setor. A energia eólica tem um custo mais baixo que as termelétricas e é bem menos agressiva ao meio ambiente. Só há vantagens na sua utilização”, destacou o deputado. Continuar lendo

Rodrigo de Castro promove debate sobre o incentivo ao uso da energia eólica

Rodrigo-de-Castro13-1170x687

O presidente da Comissão de Minas e Energia, deputado federal Rodrigo de Castro (PSDB-MG), preside nesta quarta-feira (19/8), a partir das 10 horas, audiência pública para debater o uso da energia eólica no Brasil. O requerimento para a realização da reunião foi apresentado pelo próprio Rodrigo de Castro e pelo deputado João Fernando Coutinho e tem como objetivo discutir o incentivo ao uso da energia vinda dos ventos, que é mais barata e causa menos danos ao meio ambiente.

“O Brasil tem excelentes áreas para a captação dos ventos. Precisamos estimular as pesquisas e os investimentos na geração de energia eólica, uma forma de energia que tem enormes vantagens e é uma fonte inesgotável. Não podemos desperdiçar o potencial brasileiro”, explicou o deputado. Continuar lendo

Minas e Energia debaterá preço da energia e inadimplência do setor elétrico

rodrigo-de-castro-300x279A Comissão de Minas e Energia aprovou nesta quarta-feira (12) dois requerimentos de autoria de seu presidente, o deputado Rodrigo de Castro (PSDB-MG) (foto), para que sejam debatidos assuntos relacionados ao preço da energia elétrica. Os dois pedidos foram apresentados em conjunto com o deputado Fabio Garcia. Um deles propõe a discussão em torno do desligamento de usinas termelétricas e os efeitos disso no valor da conta de luz e outro tem como objetivo discutir o impacto e possíveis soluções para a inadimplência com relação à conta de energia.

“Estaremos ao lado da população brasileira porque o aumento nas contas de luz deste ano passou do limite suportável. Estamos atentos a essas questões, queremos saber o impacto disso na tarifa de energia, mas também queremos ter certeza de que as termelétricas poderiam ter sido desligadas e que o nível dos reservatórios que abastecem as hidrelétrica nos trazem realmente tranquilidade”, definiu Rodrigo de Castro. Continuar lendo

Rodrigo de Castro debate recuperação da indústria naval

 

Em audiência pública com o ministro Mercadante, Rodrigo de Castro discute soluções para salvar os empregos do setor e como reduzir as perdas dos fundos de pensão
Em audiência pública com o ministro Aloizio Mercadante, Rodrigo de Castro discute soluções para salvar os empregos do setor e como reduzir as perdas dos fundos de pensão

O deputado Rodrigo de Castro (PSDB-MG) presidiu nesta quarta-feira (05/08) audiência pública da Comissão de Minas e Energia que debateu com o ministro-chefe da Casa Civil, Aloizio Mercadante, a crise na indústria naval brasileira. Somente em janeiro deste ano, foram 3 mil demissões nos estaleiros. Apesar de admitir que há uma forte crise no setor, agravada pelas revelações e prisões da Operação Lava Jato, Mercadante não apresentou nenhum planejamento do governo para a retomada dos investimentos e garantia dos empregos. Atualmente, são 69 mil empregados no setor naval brasileiro, mas esse número já chegou a 82 mil.

“Infelizmente, a previsão é de que em 2015 teremos um cenário ainda pior para os empregos na indústria naval. Pela apresentação do próprio ministro, há uma previsão de que menos contratos sejam firmados nos próximos anos, além de haver uma diminuição dos recursos disponíveis para o financiamento dos projetos. Mesmo diante de tantas dificuldades, percebemos que o governo da presidente Dilma não tem um plano de trabalho para tentar salvar os milhares de empregos da indústria naval” afirmou Rodrigo de Castro. Continuar lendo