Assim como juiz Sérgio Moro, PSDB defende a aprovação das 10 medidas contra a corrupção

Em audiência pública realizada no dia 4 de agosto, o juiz Sérgio Moro defendeu a aprovação das 10 medidas contra a corrupção. Ainda em junho, em debate no Plenário sobre o tema, o líder do PSDB, Antonio Imbassahy (BA), já havia destacado o apoio do partido às propostas endossadas por mais de 2 milhões de brasileiros. É mais uma demonstração de sintonia com os anseios da população, assim como ocorreu com o impeachment de Dilma. Confira:

Anúncios

Aécio Neves é reconhecido como um dos “cabeças” do Congresso Nacional pelo sexto ano consecutivo

aecio-neves-bandeira

O senador Aécio Neves (PSDB-MG) mais uma vez foi reconhecido pelo Departamento Intersindical de Assessoria Parlamentar (DIAP) como um dos “cabeças” do Congresso Nacional em 2016. Pelo sexto ano consecutivo o senador mineiro está entre os parlamentares mais influentes e atuantes do país, destacando-se no combate à corrupção e na defesa da democracia e dos interesses de Minas e do Brasil.

A lista dos 100 parlamentares avaliados pelo DIAP, no primeiro semestre deste ano, foi divulgada, nessa quarta-feira (03/8), e inclui ainda outros seis parlamentares de Minas, entre eles, o senador Antonio Anastasia e os deputados federais Domingos Sávio (presidente do PSDB-MG), Marcus Pestana e Paulo Abi-Ackel. Os “cabeças” do Congresso Nacional são os parlamentares que conseguem se diferenciar pela capacidade de formalizar propostas, articular e conduzir debates, entre outros atributos. (Confira: PSDB de Minas emplaca cinco parlamentares na lista dos 100 “cabeças do Congresso Nacional 2016”, elaborada pelo DIAP)
Continuar lendo

Aécio Neves pede urgência do Senado na discussão da reforma política

aecio--02.8.16

O presidente nacional do PSDB, senador Aécio Neves, defendeu, nesta terça-feira (02/8), que o Senado agilize neste segundo semestre a votação de projetos relacionados à reforma política.

Em pronunciamento na retomada dos trabalhos no Senado, Aécio Neves pediu atenção especial para a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) nº 36/2016, que prevê mudanças importantes nas regras para eleição de vereadores, deputados estaduais e federais e restabelece a cláusula de desempenho, que condiciona o acesso de partidos aos recursos do fundo partidário e ao tempo gratuito no rádio e TV a uma votação mínima no território nacional.

“Ou nós enfrentamos com coragem uma necessária e urgente reforma política no país ou vamos ter todos os demais problemas agravados, porque, sem ela, a discussão de temas extremamente sensíveis ao país, como as reformas estruturantes no campo previdenciário, trabalhista, entre outros, será dificultada imensamente”, afirmou o senador Aécio Neves no plenário do Senado.

Aécio também chamou atenção para o excessivo número de obras não concluídas pelo governo da presidente afastada Dilma Rousseff.

Confira trechos do pronunciamento

Reforma Política

Obras inacabadas na gestão do PT

Leia, a seguir, o pronunciamento do senador Aécio Neves:

Continuar lendo