Aécio Neves: Brasil quer mudança

"Estive em muitos estados nos últimos meses e afirmo: o sentimento hoje é de mudança”, diz Aécio. Foto George Gianni
“Estive em muitos estados nos últimos meses e afirmo: o sentimento hoje é de mudança”, diz Aécio. Foto George Gianni

O presidente nacional do PSDB, senador Aécio Neves, afirmou, nesta segunda-feira (09/12), em Florianópolis (SC), que os brasileiros querem mudanças e que o partido é quem melhor representará esse sentimento no próximo ano. Pela manhã, Aécio participou de encontro com empresários na Federação das Indústrias de Santa Catarina (FIESC). À tarde, esteve com prefeitos, deputados, vereadores e militantes catarinenses.

Durante o ato político com cerca de 200 lideranças, Aécio Neves destacou que o PSDB representará, no próximo ano, o projeto da mudança com segurança.

“Dizem que a força do governo é muito grande e que a máquina pública estará a seu serviço. Mas teremos algo que eles não terão. A consciência para com o Brasil. Temos os melhores quadros e teremos as melhores propostas. Estive em muitos estados nos últimos meses e afirmo: o sentimento hoje é de mudança. Há a percepção crescente de que precisamos encerrar esse ciclo para iniciarmos outro, de desenvolvimento sustentável. Nós podemos representar a mudança segura”, disse o senador.

Aécio Neves foi recebido pelo presidente do PSDB-SC, senador Paulo Bauer; do presidente do ITV-SC, do ex-governador Leonel Pavan; do prefeito de Blumenau, Napoleão Bernardes; e do deputado federal e ex-governador Esperidião Amin (PP), entre outros prefeitos, deputados, vereadores e lideranças. Durante o encontro, foram empossadas as novas comissões locais do PSDB Mulher, PSDB Jovem e do Tucanafro. Continuar lendo

Centro-Oeste mineiro ganha coordenadoria regional do PSDB Sindical

A Coordenadoria da Região Centro-Oeste de Minas Gerais do PSDB Sindical foi criada em Itaúna
A Coordenadoria da Região Centro-Oeste de Minas Gerais do PSDB Sindical foi criada em Itaúna nesta segunda-feira (24/09)

O Secretariado Sindical do PSDB de Minas Gerais ampliou suas bases no Estado com a criação da Coordenadoria da Região Centro-Oeste. Em reunião na Câmara dos Vereadores de Itaúna, nesta segunda-feira (23/09), o presidente do PSDB Sindical, Rogério Fernandes, indicou os nomes para integrar a coordenação provisória e afirmou que o grande desafio é modernizar o mundo do trabalho e ampliar a presença do trabalhador dentro do partido.

“Estamos aqui para criar uma musculatura maior dentro do partido e contamos com a sensibilidade do senador Aécio Neves para discutir os problemas sociais”, afirmou.

Fazem parte da coordenação da Região Centro-Oeste a presidente do Sindicato da Saúde de Itaúna, Maria Inésia Campos; o diretor da Federação dos Bancários, Rozenil Barcelos; e o representante do Sindicato dos Calçados de Nova Serrana, Divino Oscar.

Participaram do encontro, o prefeito do município, Osmando Pereira (PSDB), o presidente do partido no município, Alex Artur da Silva, além de sindicalistas e filiados.

A criação da coordenadoria foi muito elogiada pelo prefeito Osmando Pereira. “A ideia de um núcleo sindical no partido demonstra mudanças”, afirmou.

Para o presidente da Juventude Tucana, Nesval Júnior, o PSDB está cada vez maior e esse momento demonstra que quer se fortalecer ainda mais no Estado.

Vandeir Messias, secretário-geral do núcleo em Minas, lembrou da criação do PSDB Sindical, em 2011, e as coordenadorias já criadas ampliaram a força do núcleo sindical no partido.

A representante do PSDB Mulher e presidente da OAB de Itaúna, Suzana Madalena, afirmou que as organizações sindicais são a melhor e mais rápida forma de se chegar à população.

“O Estado está para servir ao povo. Tenho certeza que a coordenação do nosso município será um sucesso”, afirma.

Tucanos elogiam Programa Nacional do PSDB

970466_515921415160135_730390173_n

Parlamentares tucanos elogiaram o Programa Nacional do PSDB, exibido em rede nacional, na noite desta quinta-feira (19). Eles também aprovaram o bate-papo com o presidente nacional do PSDB, senador Aécio Neves (MG),  transmitido, ao vivo, pela internet, logo após a exibição do programa partidário.

No  site www.conversacombrasileiros.com.brAécio falou com convidados sobre temas de interesse da sociedade e respondeu a perguntas enviadas por internautas.

Confira a seguir as declarações:

“O programa atingiu seu objetivo que é chegar até à sociedade. Foi um programa politicamente correto. O discurso dele deu na veia dos anseios da população, pois falou de questões do cotidiano e de empreendedorismo. Foi uma conversa.  É a ideia bem sucedida porque é o que o país espera.” Presidente nacional do Instituto Teotônio Vilela (ITV), deputado Sérgio Guerra (PSDB-PE)

“Gastar menos com o governo para investir mais nas pessoas foi a mensagem mais marcante a meu ver. Se um governo não puder ajudar, que pelo menos não atrapalhe;  porque, afinal, quem muda o Brasil é o brasileiro. “  Senador Cássio Cunha Lima (PSDB-PB)

“O senador Aécio Neves, presidente nacional do PSDB, abordou o que é a realidade. A inflação está voltando e promessas do governo federal não estão sendo cumpridas, a exemplo da transposição das águas do rio São Francisco e da Transnordestina.” Deputado federal Ruy Carneiro (PSDB-PB)

“A linguagem foi na linha certa: apresentando um Aécio descontraído, trabalhador e que conhece os problemas do dia a dia. A conversa na internet, depois do programa, também foi ótima. Foi algo inédito.” Presidente da Juventude do PSDB em Minas Gerais, Caio Nárcio.

“Gostei muito do programa sob todos os pontos de vista, desde a questão técnica, até o tom coloquial usado pelo presidente nacional, Aécio Neves, ao tratar de questões graves que atingem a todos, como a inflação e a carência de infraestrutura , um entrave ao desenvolvimento do país. Líder do PSDB no Senado, Aloysio Nunes (SP) 

“As pessoas estão preocupadas porque o Estado não está dando as respostas que elas anseiam, como a oportunidade de acesso a uma saúde pública com qualidade. A ausência de políticas públicas competentes angustia a população.” Presidente nacional do PSDB Mulher, Solange Jurema.

“Acho que o presidente nacional, Aécio Neves, foi muito feliz no programa quando ele ‘Vamos conversar’. É isso, temos de conversar e, sobretudo, ouvir. É importante ouvir todos os segmentos da sociedade. As manifestações de junho no país mostraram que todos querem ser ouvidos. É exatamente isso que o PSDB se dispõe a fazer.  Vamos conversar.” Presidente do Núcleo Sindical do PSDB, Antônio Ramalho.

“O PSDB mostra que está sintonizado com as recentes manifestações populares e conectado com a voz das ruas. É preciso ouvir a população, e conhecer seus problemas de perto. O Conversa com os brasileiros é uma ferramenta essencial na busca de soluções para os problemas do Brasil. ” Ex-governador do estado de Santa Catarina, Leonel Pavan.

Fonte: Site PSDB

PSDB Mulher realiza, na sexta-feira, Encontro Regional em Maceió

Logo_PSDB_MulherNa sexta-feira (20), o Secretariado Nacional do PSDB Mulher realiza mais uma edição dos encontros regionais, em Maceió (AL). A atividade tem como objetivo abordar os desafios da representação política feminina no país e fortalecer o segmento.

Prevista para às 9 horas, a abertura contará com a presença do governador tucano Teotônio Vilela Filho (AL), da presidente do Secretariado Nacional do PSDB Mulher, a alagoana Solange Jurema, do prefeito de Maceió, Rui Palmeira, da presidente do PSDB Mulher/AL, Sonaly Bastos, e dos presidentes estadual e municipal do PSDB-AL, Pedro Vilela e Marco Antônio Fireman.

Para Solange Jurema, o evento regional é uma oportunidade de promover maior integração e conhecer políticas implementadas nos estados. “Vamos reunir lideranças, vereadoras, presidentes de secretariados para falar de política, trocar ideias sobre as políticas do partido e as específicas das mulheres. É importante para todos que entendam o programa da legenda, a história, as políticas de Fernando Henrique para que, quando forem defender as ideias do partido, façam isso com segurança”, diz.

E completa: “Quanto mais entrosarmos as mulheres tucanas, mais temos chances de angariar candidatas nas próximas eleições, aumentando a representatividade feminina no PSDB e na política como um todo.”

Confira a programação: Continuar lendo

“Superar a pobreza, não administrá-la para fins eleitorais”, por Solange Jurema

Artigo da presidente nacional do PSDB Mulher,  Solange Jurema

psdb mulher logoNão interessa muito à população carente que recebe ajuda do Estado a discussão sobre quem começou ou não os programas assistenciais no país, embora a História registre que os programas recentes surgiram no governo tucano de Fernando Henrique Cardoso.

O que interessa aos milhões de brasileiros que ainda estão na faixa da miséria absoluta e dependem quase que exclusivamente do apoio estatal é a garantia de que isso não lhes faltará até que possam caminhar com as próprias pernas.

O PSDB, desde a sua fundação, sempre se preocupou com o que comumente se chama “porta de saída” para os beneficiários dos programas sociais. Nunca os usou para manter os atendidos em uma rede que os aprisionasse por anos e anos, garantindo sua subsistência e a troca pelo voto. Continuar lendo

Secretariado nacional do Tucanafro será fundado oficialmente em novembro com posse da primeira diretoria

Representantes de 22 estados, reunidos em Belo Horizonte, escolheram nova a diretora do futuro Secretariado Nacional da Militância Negra do PSDB, o Tucanafro
Representantes de 22 estados, reunidos em BH, escolheram a nova diretora do futuro Secretariado Nacional da Militância Negra do PSDB, o Tucanafro

O mais novo núcleo temático do PSDB, o Tucanafro, será transformado em secretariado nacional, em novembro deste ano, durante o Congresso Nacional da Militância Negra do PSDB. No encontro, será empossada a primeira diretoria, eleita no último fim de semana em Belo Horizonte, durante o 1º Simpósio da Militância Negra. O presidente será o atual coordenador nacional, Juvenal Araújo.

“Agradeço a escolha feita pelos 22 representantes de estados que participaram do 1º Simpósio Nacional da Militância Negra do PSDB. É uma honra e uma grande responsabilidade estar à frente desse mais novo secretariado nacional do partido. Por meio do Tucanafro, o PSDB aponta por mudanças e vai mostrar caminhos para que o nosso partido seja vanguarda e garanta a inserção política, econômica e social da população negra”, afirmou Juvenal que também é presidente do Tucanafro de Minas Gerais. Continuar lendo

Lideranças femininas de Minas Gerais reforçam participação da mulher na política brasileira

Abertura foi feita pelo deputado João Leite, pela vice-presidente do PSDB Mulher MG, Eliana Piola, pelo representante da Fundação Konrad Adenauer do Brasil, Felix Dane, e pela vice-presidente nacional do PSDB Mulher, Thelma de Oliveira
Abertura foi feita pelo deputado João Leite, pela vice-presidente do PSDB Mulher MG, Eliana Piola, pelo representante da Fundação Konrad Adenauer do Brasil, Felix Dane, e pela vice-presidente nacional do PSDB Mulher, Thelma de Oliveira

O PSDB Mulher de Minas Gerais encerrou o seminário “Formação Política para Multiplicadoras”, nesta sexta-feira (02/08), em Belo Horizonte. Durante dois dias de palestras e debates, 100 lideranças tucanas de várias regiões do Estado discutiram temas de interesse do partido e do Brasil e confirmaram que as mulheres realmente estão preparadas para participar da vida política do país.

A presidente do PSDB Mulher de Minas Gerais, Lenita Noman, destacou a importância do quarto encontro realizado em parceria com a Fundação Konrad Adenauer (KAS), instituição alemã voltada para a educação política.

“Realizamos mais um grande encontro onde tivemos mulheres representantes de vários municípios mineiros. Daqui para frente, todas têm a missão de levar para os seus municípios, seus secretariados as informações discutidas nesses dois dias. Desta forma, renovamos nossas forças para ampliar ainda mais a participação feminina no debate dos problemas enfrentados pela sociedade”, afirmou.

Mobilização

A coordenadora de projetos da Fundação Konrad Adenauer no Brasil, Aline Soares, disse que ficou surpresa com o preparo das lideranças tucanas. Segundo ela, para garantir maior participação na política do país, as mulheres precisam mostrar a capacidade de liderança que têm.

“Com apenas 9% das mulheres no poder, não temos representação. Precisamos mudar esta prática. Muitas dessas lideranças já estão preparadas para participar da vida política do país. Estamos dando um passo importante. A nossa missão é capacitar ainda mais as mulheres, mas se elas não se mobilizarem, nada muda. Não podem aceitar apenas o papel de panfletagem nas ruas. Elas têm de participar mais”, afirmou.

Redes sociais

O seminário foi realizado no auditório do PSDB-MG, em Belo Horizonte
O seminário foi realizado no auditório do PSDB-MG, em Belo Horizonte

Criado para capacitar mulheres, difundir os ideais da socialdemocracia e as principais bandeiras sociais do partido, o seminário serviu para as lideranças se atualizarem sobre a conjuntura política no país e, até mesmo, para entenderem como funcionam as ferramentas das redes sociais.

A presidente do Sindicato dos Cabeleireiros de Belo Horizonte, Eliana Ribeiro, afirmou que o encontro mostrou a força das lideranças femininas no Estado. Filiada ao partido há oito anos, Eliana representa 23 mil cabeleireiros da capital mineira.

“Tivemos palestras importantes e um debate adequado com linguagem que atingiu todas as lideranças. Todos tiveram a liberdade de se expressar. Depois de participar da palestra sobre redes sociais, cheguei à conclusão de que eu era uma multiplicadora e não sabia. Só estar na política não basta, precisamos participar e estar atentas ao que o partido pensa e oferece a todos nós”, disse.

A vice-presidente do PSDB Contagem, Gê Nogueira, destacou a elevada qualidade dos debates promovidos pelo PSDB de Minas.

“O PSDB tem preocupado em trazer essas discussões fora do período eleitoral. O encontro foi excelente para trocarmos experiências, aproximar as lideranças e fortalecer o debate. As mulheres estão mais preparadas, articuladas e com liderança para ir à luta”, disse.

O seminário contou com a presença da vice-presidente nacional do PSDB Mulher, Thelma de Oliveira; do representante da Fundação Konrad Adenauer do Brasil, Felix Dane; do deputado João Leite; além dos cientistas políticos Helcimara Telles, Fábio Wanderley Reis e Cláudia Feres; além dos advogados Rodolfo Pereira, José Luiz Horta, Maninana Andrade de Barros; e a educadora Sílvia Rita Souza.