Pimenta diz que uso descarado dos Correios na campanha torna ilegítima a candidatura do PT

Em visita a Ceasa, Pimenta lembrou que Mensalão também teve origem em fraudes na estatal e anuncia que vai à Justiça contra uso da máquina pública a favor de petistas
Em visita a Ceasa, Pimenta lembrou que Mensalão também teve origem em fraudes na estatal e anuncia que vai à Justiça contra uso da máquina pública a favor de petistas

O PT protagonizou mais um escândalo de corrupção nos Correios, dessa vez, em Minas Gerais. A edição eletrônica do jornal “O Estado de S. Paulo” publicou, nesta terça-feira (30/09), um vídeo em que o deputado Durval Ângelo (PT), durante reunião com dirigentes dos Correios em Minas, atesta que a presidente Dilma Rousseff só chegou a “40%” das intenções de votos no Estado porque “tem dedo forte dos petistas dos Correios”. Nesta quarta-feira (01/10) este novo escândalo que envolve o PT foi classificado por Pimenta da Veiga como “uso descarado da máquina pública”.

Em encontro com produtores, realizado nesta quarta-feira (01/10) nas Centrais de Abastecimento de Minas Gerais (Ceasa Minas), em Contagem, na região metropolitana, Pimenta se disse estarrecido com esse novo escândalo. “É algo nunca vista antes. É o uso descarado da máquina pública em favor de uma candidatura, que se tornou absolutamente ilegítima. Vamos acionar a Justiça, é nosso dever, porque é uma coisa escrachada, é o uso descarado de uma empresa séria, como os Correios. É a prática petista: desmoralizaram a Petrobras e estão desmoralizando os Correios. É o segundo ato de abuso nos Correios, o primeiro gerou o Mensalão”, lembrou Pimenta. Continuar lendo