Aécio dispara na intenção de votos para presidente em Minas Gerais

Aécio Neves vence em todas as simulações feitas pela primeira pesquisa encomendada pelo jornal “Estado de Minas”
Aécio Neves vence em todas as simulações feitas pela primeira pesquisa encomendada pelo jornal “Estado de Minas”

Se dependesse somente do votos dos mineiros, o senador Aécio Neves estaria eleito presidente do Brasil pelos próximos quatro anos. A primeira rodada da pesquisa MDA/EM Data, encomendada pelo jornal Estado de Minas, mostra o tucano na dianteira da disputa presidencial, com 43,8% das intenções de voto, seguido da presidente e candidata à reeleição Dilma Rousseff (PT), com 31,9%. O ex-governador de Pernambuco Eduardo Campos (PSB) aparece na terceira colocação, com 4,3%. Pastor Everaldo (PSC) recebeu a indicação de 1,8% daqueles que responderam ao levantamento.

Na avaliação do diretor do MDA/EM Data, Marcelo Costa Souza, a preferência dos mineiros por Aécio Neves é reflexo da boa avaliação do tucano nos pouco mais de sete anos em que governou Minas Gerais (2003 a 2010).

A implantação do programa Choque de Gestão é sua principal marca como governador, hoje uma referência fundamental para a administração pública no Brasil. A iniciativa saneou e modernizou a administração estadual, abrindo caminho para investimentos em escala inédita na história de Minas Gerais.

Durante praticamente todo o primeiro mandato, Aécio obteve índices de cerca de 90% de aprovação popular. Foi reeleito, em 2006, no primeiro turno com cerca de 77% dos votos válidos, a maior votação da história de Minas.

Pesquisas do Instituto DataFolha, feitas em março e dezembro de 2009, mostraram que Aécio era o governador com melhor avaliação no Brasil.

Ao se candidatar ao Senado, em 2010, foi o senador mais votado por Minas Gerais, recebendo 7.565.377 votos.

Pesquisa

Um ponto que chamou a atenção na pesquisa é o baixo número de indecisos (7,1%) e daqueles que manifestaram a intenção de votar em branco ou nulo (9,7%). Uma explicação apresentada pelo diretor do instituto de pesquisa é o fato de Aécio Neves e Dilma Rousseff serem bem conhecidos no estado.

A pesquisa MDA/EM DATA foi realizada entre os dias 22 a 26 de junho com 2.002 eleitores de 80 municípios. A margem de erro é de 2,2 pontos percentuais para mais ou para menos.

Leia matéria completa

Moradores e lideranças políticas da RMBH recebem Pimenta da Veiga, em grande encontro em Sabará

Foto Leo Lara/PSDB
Foto Leo Lara/PSDB

O presidente do Instituto Teotônio Vilela de Minas Gerais (ITV-MG) e líder do Movimento Todos por Minas, Pimenta da Veiga, participou, nesta quinta-feira (15/05), de encontro com lideranças políticas em Sabará, na Região Metropolitana de Belo Horizonte. Vereadores, moradores e líderes de diversas comunidades da cidade histórica e de outros municípios da RMBH lotaram o Clube Cravo Vermelho para apresentar as propostas ao pré-candidato do PSDB ao Governo de Minas.

No encontro, Pimenta da Veiga destacou os avanços conquistados em Minas nos últimos 12 anos nas áreas da saúde, educação, infraestrutura e gestão administrativa.

“Primeiro, foi o Choque de Gestão e os funcionários públicos passaram a ser remunerados pelo seu desempenho. Isso foi fundamental, porque, quando o estado ganha eficiência, todos os setores se beneficiam”, disse.
Continuar lendo

Legado de Minas, por Antonio Anastasia

antonio anastasia

Artigo do governador Antonio Anastasia publicado no jornal Estado de Minas – 03/04/14

Choque de gestão nada mais é do que o aprimoramento da máquina pública para enfrentar gargalos que entravam o desenvolvimento

Antonio Anastasia
Governador do Estado de Minas Gerais

Despedida não é coisa fácil. Mas essa hora é gratificante quando deixamos um legado, fruto do dever cumprido com ética e probidade. É assim que me sinto ao entregar o governo de Minas ao meu sucessor. Trabalharei agora a fim de que a rica experiência que desenvolvemos nos últimos anos no estado – hoje referência nacional e internacional em boa governança – contribua para a construção de um país mais eficiente e mais próspero.

Durante estes quatro anos – três anos e três meses do segundo mandato e nove meses do primeiro –, tive 20 milhões de parceiros. É ao povo de Minas, pela confiança traduzida, até o final, em altos índices de aprovação, que devo primeiramente agradecer.

Quem acompanha minha trajetória sabe que sou, antes de tudo, um servidor público – um professor de direito administrativo dedicado à gestão pública. Não sou um político de origem tradicional – mas um técnico que apostou no poder transformador da política. Sempre acreditei que a máquina pública deveria se modernizar para oferecer às pessoas o máximo retorno social pelos tributos pagos. Continuar lendo

Minas mostra seus bons exemplos no Fórum Econômico Mundial, em Davos

Palavra do Governador 2

Reunião das principais lideranças políticas e econômicas do mundo, o Fórum Econômico Mundial está conhecendo as experiências de governança implementadas em Minas Gerais nos últimos anos. O governador Antonio Anastasia está em Davos, na Suíça, onde apresenta os resultados alcançados por Minas Gerais desde que foi implantado o chamado Choque de Gestão. No painel dessa quarta-feira (22), “o novo contexto da América Latina”, o governador abordou, em sua palestra, o tema da inovação como fator de desenvolvimento. Além disso, em conversas com lideranças mundiais e empresariais, Anastasia tem mostrado o esforço do Governo de Minas para melhorar a infraestrutura, com o objetivo de atrair mais empresas e negócios para o Estado e gerar empregos de qualidade. A participação de Minas no Fórum Econômico Mundial é o tema do Palavra do Governador desta semana.

“Estamos em um grande esforço, cada dia maior, para internacionalizar Minas Gerais. O Fórum Econômico Mundial de Davos, na Suíça, é considerado o principal acontecimento econômico do mundo. Estão presentes chefes de Estado, chefes de Governo, das principais nações de toda a Terra. É muito importante, portanto, a presença de Minas. Ficamos muito honrados com o convite que recebemos para comparecer, participar dos debates, interagir com as lideranças econômicas do mundo, especialmente com os grandes empresários, muitos dos quais já têm negócios em Minas e outros tantos que pretendemos trazer”, afirma o governador

Para Anastasia, a presença de Minas, pela primeira vez, no encontro é fundamental porque coloca o Estado como uma grande oportunidade de negócios para grandes empreendimentos internacionais. Além disso, Minas Gerais tem se destacado no Brasil em relação a dois grandes temas que estão sendo discutidos no fórum: saúde e meio ambiente.

“Na América Latina percebe-se que temos dois temas que são muito relevantes, a saúde e o meio ambiente, que, aliás, são temas muito vinculados entre si. Ao discutirmos saúde, nós teremos condições de mostrar bons exemplos que fizemos em nosso Estado, como, por exemplo, a rede de urgência e emergência já presente na maior parte de Minas. A área ambiental em um Estado como Minas, que é um Estado muito rico em biodiversidade, é fundamental, porque nós temos que estimular a produção, garantir o crescimento econômico, mas sempre tendo muita preocupação com a sustentabilidade dessas iniciativas, ou seja, preservar o nosso patrimônio ecológico e ambiental para garantirmos o futuro das gerações”, defende o governador.

O Palavra do Governador pode ser reproduzido por qualquer veículo de imprensa, sem ônus. O programa é disponibilizado todas as quintas-feiras nas modalidades texto, áudio e vídeo (em qualidade HD). O endereço é www.agenciaminas.mg.gov

Modelo de Gestão mineiro é referência nacional e internacional

O Governo de Minas vem consolidando seu modelo de gestão pública como referência nacional e internacional. Cerca de 40 comitivas de diferentes países, Estados, prefeituras e instituições visitaram Minas Gerais em 2013 para conhecer destaques como a evolução do Choque de Gestão e o modelo de compras públicas. Entre as comitivas, estiveram os Governos Republicanos da Indonésia e de Moçambique, a Universidade de Princeton e os Governos dos Estados do Rio Grande do Sul, Espírito Santo, Rio de Janeiro, Tocantins, Mato Grosso, Rondônia e Mato Grosso do Sul.

Leia matéria completa na Agência Minas

Anastasia destaca avanços obtidos com o Choque de Gestão

No lançamento, Anastasia ressaltou a importância de que as administrações públicas tenham gestões eficientes e racionais. Foto Gil Leonardi/Imprensa MG
No lançamento, Anastasia ressaltou a importância de que as administrações públicas tenham gestões eficientes e racionais. Foto Gil Leonardi/Imprensa MG

O crescimento do Produto Interno Bruto de Minas Gerais acima da média nacional, na última década, o salto dos indicadores educacionais do Estado e a queda da taxa de mortalidade infantil no Estado são alguns dos resultados apresentados no livro “Do Choque de Gestão à Gestão para a Cidadania – 10 Anos de Desenvolvimento em Minas Gerais”, publicação lançada pelo governador Antonio Anastasia, nesta quinta-feira (19/12), no Banco de Desenvolvimento de Minas Gerais, em Belo Horizonte.

Em pronunciamento, Anastasia relembrou a implantação do Choque de Gestão e ressaltou a importância de que as administrações públicas tenham gestões eficientes e racionais.

“Em 2003, ao mesmo tempo em que se iniciava um procedimento de mudança e modernização do Estado, o modelo teve um fundamento de demonstrar que a gestão é um tema central no dia a dia dos governos. No Brasil, acostumamos, durante muito tempo, a ter muito governo e pouca administração. Mas devemos ter mais administração, mais racionalidade, mais conhecimento técnico, mais carreiras, mais meritocracia para que o governo consiga alcançar os seus resultados de diretrizes governamentais e políticas legítimas, referendadas pelas urnas, mas que precisam de um arcabouço, de uma estrutura administrativa, que é exatamente a gestão”, afirmou Anastasia.

livro-detalha-processos-e-registra-avancos-alcancados-por-minas-gerais-nos-dez-anos-nos-choque-de-gestaoAo documentar o percurso cumprido pelo Governo do Estado desde 2003, a obra mostra as três fases do modelo: Choque de Gestão (2003 a 2006), Estado para Resultados (2007 a 2010), e Gestão para Cidadania/Estado em Rede (a partir de 2011).

Além da consolidação da cultura do planejamento, a publicação destaca as mudanças feitas pelo Governo de Minas na gestão do capital humano, essencial para a modernização gerencial. Isso ocorreu com a valorização de gestores e com a formação de lideranças. De forma inédita no país, a meritocracia ganhou espaço no serviço público estadual.
Continuar lendo

Anastasia entre os melhores governadores do país

antonio-anastasia3

O governador de Minas Gerais Antonio Anastasia (PSDB) está entre os administradores mais bem avaliados do país, segundo pesquisa CNI-Ibope divulgada nesta sexta-feira (13/12). Anastasia aparece no levantamento entre os cinco governantes com maior popularidade.

Aprovam sua forma de governar 63% dos entrevistados, enquanto 60% demonstram confiança no governador do Estado. A pesquisa também mostra que 49% dos mineiros consideram seu governo ótimo ou bom.

Antonio Anastasia mantém a melhor avaliação entre os governadores do Sudeste em relação à pesquisa divulgada em julho, que mediu a popularidade dos governos de 11 estados. Pela primeira vez a Confederação Nacional da Indústria (CNI) encomendou ao Ibope a avaliação de todos os governadores. Continuar lendo