Aécio pede agilidade ao Senado no julgamento do processo de impeachment

“O Brasil não pode ficar parado em um hiato, paralisado por mais esse período”, afirmou hoje (19/04) o presidente do PSDB, senador Aécio Neves, ao defender agilidade nos procedimentos de instalação e nos trabalhos da Comissão Especial do Senado que julgará a aceitação do pedido de impeachment da presidente da República, aprovado pela Câmara dos Deputados no último domingo (17/04).

Em entrevista coletiva após reunião com líderes dos partidos, Aécio Neves disse que as oposições trabalham para votar o pedido do impeachment em plenário até 10 de maio e falou que a reforma política, com a redução do número de partidos no país, foi um dos temas da reunião com o vice-presidente Michel Temer, ontem, em São Paulo.

“O Senado tem um número excessivo de partidos políticos e eu disse ontem ao vice-presidente da República que, se assumir a Presidência da República, uma das questões essenciais a ser enfrentadas na largada do seu eventual governo é apresentar uma proposta de reforma política que restabeleça a cláusula de barreira. Não é possível você administrar o Brasil, com a complexidade das decisões que temos que tomar, com 25 partidos na Câmara e esse também número excessivo de partidos no Senado Federal”, afirmou Aécio.

Assista:
PSDB cobra agilidade no andamento do processo de impeachment

Reforma política

 

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s