Fala de Dilma sobre combate a mosquito mostra abismo entre discurso e prática

zika-dilmaA falta de planejamento em áreas essenciais na saúde deixa o Brasil numa situação delicada frente às condições sanitárias e ações de prevenção no combate ao Aedes aegypti adotadas em âmbito mundial. Para se ter uma ideia do descaso, Dilma foi à TV para pedir empenho da população na guerra ao mosquito enquanto o número de visitadores sanitários, agentes que verificam existência de focos do mosquito nas residências, despencou ao longo de 2015 no Brasil.

Divulgados pelo jornal “O Tempo”, números do DataSus, do Ministério da Saúde, mostram que ao longo do ano passado houve houve uma queda substancial no número de visitadores sanitários em serviço. De 35.183 que estavam na ativa em fevereiro, apenas 13.596 permaneciam atuando em dezembro.

Leia matéria completa no PSDB na Câmara

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s