Marcus Pestana: na atual crise, CPI dos Fundos de Pensão não tem o direito de produzir uma “pizza”

pestana

Em reunião na CPI dos Fundos de Pensão, na última terça (10/11), o deputado Marcus Pestana (PSDB-MG) (foto) ressaltou a importância em estabelecer focos nos trabalhos e perseguir uma decisão coletiva na comissão, que foi prorrogada por mais 60 dias.

“O Brasil vive um momento delicadíssimo, a credibilidade das instituições está em xeque, e é preciso um acordo suprapartidário, de que doa a quem doer,” afirmou.

Segundo o deputado e subrelator da CPI, o rombo nos fundos de pensão das três principais estatais, exceto a Previ, somam quase R$ 20 bilhões. “E obviamente já está claro que houve procedimentos inusuais, há claras evidências de tráfico de influências, operações fraudulentas de propina”, revelou. Para ele, é preciso um pacto e levar a fundo os trabalhos, “a não ser que se queira coletivamente produzir uma pizza e mais descrédito no Congresso Nacional”.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s