Pimentel punirá aliados que votaram contra aumento de impostos

O governador de Minas Gerais, Fernando Pimentel, do PT, vai punir os deputados da base aliada na Assembleia Legislativa que votaram contra o projeto que aumentou diversos impostos no Estado. A informação foi relevada na coluna do jornalista Orion Teixeira publicada na edição desta sexta-feira (23/10) do jornal Hoje em Dia, cuja íntegra está reproduzida abaixo.

De acordo com o colunista, o castigo virá no pagamento de emendas parlamentares.No estilo “toma lá, dá cá”, que já se tornou uma tônica dos governos do PT, quem votou a favor do projeto de aumento de impostos terá direito a indicar benefícios e obras até R$ 3 milhões, dos quais R$ 1,5 milhão em emendas ordinárias e a outra parte em ações de saúde. “Quem não foi fiel fará uso só da primeira parte”, informa o jornalista.

Orion Teixeira lembra que o deputado governista Fábio Avelar, do PTdoB, que se absteve de votar o aumento de impostos, chegou a ser impedido de participar de um café da manhã que Pimentel ofereceu no Palácio da Liberdade no início de outubro para agradecer aos deputados que votaram a favor de seu pacote de maldades tributárias (veja foto).

banner-comemoracao (1)

Continuar lendo