Aécio critica silêncio do governo brasileiro após Venezuela vetar Jobim na missão que acompanhará eleições

aecio-plenario

O presidente do PSDB, senador Aécio Neves, reforçou nesta terça-feira (20/10), as críticas de parlamentares da oposição ao silêncio do governo brasileiro diante da decisão da Venezuela de vetar o ex-presidente do TSE, Nelson Jobim, na missão da Unasul (União das Nações Sul-americanas) que acompanhará as eleições legislativas marcadas para dezembro no país vizinho.

Diante da recusa do governo venezuelano e da falta de garantias de que a missão poderá de fato acompanhar as fases do processo eleitoral e verificar se existe igualdade na disputa, o TSE desistiu de participar da missão da Unasul.
Continuar lendo

Ao contrário do que alardeou na campanha, Pimentel corta investimentos e não prioriza hospitais regionais

jeitoPT

Mais uma promessa de campanha do então candidato do PT ao Governo de Minas, Fernando Pimentel, está sendo desmascarada. Além de mentir durante a campanha, afirmando que as obras dos hospitais regionais estavam paralisadas, o então candidato petista afirmou na propaganda eleitoral o seguinte: “Dinheiro para terminar as obras existe, sim. É preciso priorizar os investimentos”.

Uma vez eleito, Pimentel agiu como sua companheira de partido Dilma Rousseff: esqueceu a promessa. No orçamento de 2015, enviado por ele à Assembleia Legislativa, foi feita uma previsão de gastos nos hospitais regionais de R$ 347,5 milhões. Entretanto, passados mais de 10 meses de governo, apenas 30% desse valor foi executado pelo governo petista. E o pior: para o ano que vem, a previsão é que este valor caia para apenas R$ 150 milhões, ou seja, a menos da metade da previsão (não cumprida) de 2015.

A verdade é que, entre 2003 e 2014, os governos do PSDB em Minas viabilizaram a abertura das seguintes unidades hospitalares, localizadas em várias regiões do Estado: hospital regional de Uberlândia, no Triângulo Mineiro, hospital Municipal Dr. Moisés de Magalhães Freire, em Pirapora, no Norte de Minas, hospital São Camilo em Coronel Fabriciano, no Vale do Aço, e hospital Municipal de Ibirité, na Região Metropolitana de Belo Horizonte. Continuar lendo

Defesa de Fernando Pimentel pede quebra de sigilo telefônico de jornalista ao STJ e volta atrás

pimentel_O globo

O governador Fernando Pimentel (PT), alvo de investigações da Polícia Federal no âmbito da operação Acrônimo, pediu ao Superior Tribunal de Justiça (STJ) a quebra do sigilo telefônico de um repórter do jornal “O Globo”. A solicitação foi feita pela defesa do petista para apurar o vazamento de informações sigilosas da operação.

A Acrônimo tem como foco a apuração de desvio de recursos para a campanha de Pimentel, em 2014, e suspeita de pagamento de propina no período em que ele era ministro da Indústria, Desenvolvimento e Comércio Exterior, no primeiro mandato da presidente Dilma Rousseff.

As informações são do jornal “O Globo”, nesta terça-feira (20/10). Continuar lendo

Dilma parece viver em outro mundo ao alegar inexistência de escândalos em seu governo

piada-prontaDeputados do PSDB receberam com espanto a declaração da presidente Dilma dada nesta terça-feira (20/10) durante entrevista coletiva na Finlândia. “Meu governo não está envolvido em escândalo de corrupção”, afirmou a petista sem qualquer pudor. Para tucanos, a petista parece viver em outro mundo e debocha dos brasileiros com a sua fala, que ignora até mesmo o petrolão.

Para o deputado Luiz Carlos Hauly (PSDB-PR), o governo de Dilma é o mais corrupto, superando até mesmo o de Lula. “Nunca antes na história do Brasil vimos dois governos tão incompetentes e corruptos”, apontou. “Vivemos hoje um momento trágico e cômico, com uma presidente da República caricata, disfarçada, dissimulada, que deixa o seu povo sofrendo. Ela não merece respeito”, completou Hauly.

Ao que parece, a presidente se esqueceu que, apenas na Petrobras, a perda com a corrupção foi de R$ 6,2 bilhões entre 2004 a 2012, segundo a própria estatal. Paralelamente, a Operação Lava Jato está desvendando os tentáculos do esquema que tomou a estatal de assalto durante os governos Lula e Dilma com a participação de diretores da empresa. “Não precisa ter muita inteligência pra ver que os maiores escândalos de corrupção da história do Brasil aconteceram nos 13 anos de governo do PT, e principalmente no governo dela”, destacou o deputado Rocha (PSDB-AC). Continuar lendo

Reportagem do HOJE EM DIA mostra “lado perverso” do aumento promovido pelo governador Pimentel

De acordo com a matéria, aumento de 7% na conta de luz será na verdade de 9% dos consumidores comerciais

jeitoPTReportagem publicada nesta terça-feira (20/10) no jornal “Hoje em Dia” mostra o lado “perverso” do aumento do ICMS promovido pelo governador Fernando Pimentel, do PT, em Minas Gerais. A matéria mostra que cálculo “por dentro” dos 7% de aumento do ICMS terá efeito de 9% na conta de energia dos consumidores comerciais.

Isso significa que em uma conta cujo o custo da energia é R$ 1.000, o ICMS de 25% não representará R$ 250, como era de se esperar. Neste caso, o imposto será de R$ 333,33. O montante é R$ 113,83 superior, ou 51,8% maior do que os R$ 219,50 pagos atualmente a cada R$ 1.000, com a alíquota na casa dos 18%.

“O aumento do ICMS da classe comercial de energia surpreendeu o mercado, já que reduzir o tributo era uma promessa de campanha de Pimentel”, destaca a publicação. Continuar lendo

Protocolo de pedido de impeachment na Câmara dos Deputados é adiado para as 10 horas de quarta-feira

Manifestação contra Dilma neste ano em Brasília; maioria da população defende impeachment, apontou pesquisa Datafolha
Manifestação em Brasília; maioria da população aprova impeachment, apontou pesquisa Datafolha

O protocolo do pedido de impeachment contra a presidente Dilma previsto para ocorrer nesta terça-feira, às 10 horas, na Câmara dos Deputados, foi transferido para amanhã, quarta-feira (21/10), no mesmo horário. A mudança foi necessária para a inclusão de dados e informações no pedido, que é assinado pelos juristas Hélio Bicudo, Miguel Reale Júnior e Janaína Conceição Paschoal e tem como anuentes os Movimentos Brasil Livre, Contra a Corrupção e Vem Pra Rua.

Leia abaixo matéria publicada no Diário Tucano Continuar lendo