Presidente Dilma transformou o Palácio da Alvorada em um balcão de negócios, afirma Aécio

aecio-neves-pr

O presidente do PSDB, senador Aécio Neves, reafirmou, nesta quinta-feira (24/9), em Cascavel (PR), que a oposição tem cumprido seu papel com responsabilidade na crise de governabilidade enfrentada pelo governo Dilma Rousseff.

Em entrevista coletiva, Aécio Neves afirmou que o governo federal tem aberto mão de governar em momentos importantes para o país e que a presidente da República transformou acordos com a base aliada do governo no Congresso Nacional em um verdadeiro “balcão de negócios”.

“Ao invés de aproveitar as oportunidades para requalificar a máquina pública, colocar pessoas qualificadas em cada uma das áreas, sobretudo aquelas que dizem respeito à vida cotidiana das pessoas, como a Saúde, a presidente Dilma transforma o Palácio da Alvorada em um balcão de negócios. Está trocando pastas importantes, como a Saúde e a Infraestrutura, por 20, 30 votos na Câmara dos Deputados. Esse, a meu ver, é o fim de um governo que não tem mais um projeto para o país, a não ser a sua própria sobrevivência”, afirmou Aécio.

Ao lado do governador Beto Richa, o presidente do PSDB participou do ato de filiação de 35 prefeitos, 10 vice-prefeitos e diversas outras lideranças tucanas. Antes, em Goiânia, o PSDB recebeu mais de 500 novos filiados. Os dois encontros do partido fazem parte da campanha de filiações realizada desde agosto pelo PSDB em todo país.

Aécio destacou que o PSDB é hoje o maior partido de oposição e, para a maioria dos brasileiros, a principal alternativa para encerrar o ciclo de mais de dez anos de governo do PT.

“Quando se tem uma eleição, alguns vencem e outros perdem. Os que vencem têm a responsabilidade de governar, o que esse governo vem fazendo muito mal, inclusive em alguns momentos se abstendo de fazer, transferindo para o Congresso a responsabilidade de fazer cortes ou gerar receitas que ele não teve a coragem de fazer. Cabe à oposição fiscalizar as ações do governo, denunciar as irregularidades do governo e discutir, no âmbito do Congresso Nacional, as medidas que sejam importantes para o país. É o que nós estamos fazendo, com absoluta responsabilidade”, afirmou o senador.

Privatização da Petrobras

O presidente do PSDB criticou ainda a condução que o governo da presidente Dilma tem feito na Petrobras, que levou a empresa a ser uma das mais endividadas no mundo. Aécio destacou que a privatização da empresa que agora o governo petista propõe tem como objetivo a sobrevivência da estatal, com um endividamento de cerca de US$ 60 bilhões.
“A Petrobras é hoje a mais endividada das empresas no mundo, fora o sistema financeiro. E o que vem ocorrendo é que ela perdeu a capacidade de diminuir esse endividamento. A privatização que está em curso na Petrobras, anunciada por esse governo, é maior do que a privatização de todo setor de telecomunicações conduzido no governo do presidente Fernando Henrique. Curioso que justamente por aqueles que antes nos acusavam de privatistas”, afirmou Aécio.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s