Em 2015, sob governo do PT, casos de dengue em Minas aumentaram 146% em relação a todo ano de 2014

denguewpp

Secretaria de Saúde culpa população, mas não faz campanhas de prevenção. Dados do SIAFI-MG mostram que investimentos no combate à dengue caíram 95,03% após o PT assumir o governo do Estado

Agora é a saúde que sofre com o (des) governo do PT em Minas Gerais. E quem paga a conta, mais uma vez, é a população. De acordo com o Informe Epidemiológico da Dengue emitido pela Secretaria de Estado de Saúde no último dia 11/09, em 2015 já foram confirmados 121.747 casos de dengue no estado, fora outros 50.866 casos que foram considerados suspeitos.

Os números representam um crescimento de mais de 146% com relação aos casos registrados em todo o ano de 2014, quando foram notificados 49.360 mil casos de dengue. E ainda faltam mais de três meses para o final do ano, justamente o período considerado mais crítico para o aparecimento da doença por causa das chuvas. Continuar lendo

Em minoria, oposição segue em obstrução para impedir aumento de impostos em Minas

IMG_5633

Com base governista orquestrada, Pimentel espera aprovação do projeto já na próxima semana, o que pode gerar fechamento de empresas e desemprego

Para aumentar a carga tributária no Estado e fazer caixa para custear gastos com a máquina pública, o governo de Minas convocou sua base para aprovar o Projeto 2.817/15 a toque de caixa na Assembleia Legislativa de Minas Gerais. Mesmo com maioria na Casa, o governo tem esbarrado num grande obstáculo: o esforço da oposição ao longo de toda a semana para barrar o projeto. Os deputados de oposição declararam que dariam início a uma “verdadeira cruzada” contra o aumento de impostos. Para tentar combater este prejuízo aos mineiros, mesmo sendo minoria, a oposição está utilizando todas as ferramentas regimentais para travar a votação.

O PL, encaminhado pelo governador Fernando Pimentel, aumenta de 18% para 25% a alíquota do ICMS da energia da classe comercial e de serviços, o que representa uma alta de 38% no valor do imposto. Este reajuste para clientes comerciais, como definido pela Aneel, abrange, por exemplo: associações e entidades filantrópicas (incluindo hospitais como a Santa Casa), empresas de telecomunicação, condomínios (área de uso comum, como elevadores e iluminação), templos religiosos nas condições não abrangidas pela isenção estadual, Apaes e asilos. Continuar lendo

Antonio Anastasia e Domingos Sávio reúnem-se com lideranças que estão se filiando ao partido

informacao_2

Na próxima segunda-feira (28/9), o senador Antonio Anastasia e o presidente do PSDB-MG, deputado federal Domingos Sávio, reúnem-se na sede estadual do partido (Rua Ouro Preto, 846 – Barro Preto – BH) com lideranças municipais que estão se filiando à legenda no estado.

A reunião, que contará também com as presenças de parlamentares estaduais e federais, será às 10 horas da manhã. Na sequência, às 10h30, Antonio Anastasia e Domingos Sávio concederão entrevista coletiva à imprensa, quando falarão sobre a preparação do PSDB-MG com vistas às eleições de 2016.

AGENDA

Coletiva de imprensa do presidente do PSDB-MG, deputado federal Domingos Sávio, e do senador Antonio Anastasia

Data: 28/09/2015

Horários:

10 horas: Reunião com lideranças que estão se filiando ao PSDB-MG

10h30: Coletiva de Imprensa

Local: Sede estadual do partido (Casa JK – Rua Ouro Preto, 846 – Barro Preto – Belo Horizonte/MG).

 

PSDB pede a Teori que, assim como Lula, a presidente Dilma seja investigada na Lava Jato

carlos-sampaio-

O líder do PSDB na Câmara dos Deputados e vice-presidente jurídico do partido, Carlos Sampaio (SP) (foto), protocolou, nesta sexta (25/9), petição junto ao STF (Supremo Tribunal Federal) para que o ministro Teori Zavascki, relator dos casos da Lava Jato, autorize a Polícia Federal a ouvir a presidente Dilma Rousseff nas investigações sobre o Petrolão.

A petição PSDB tem por base relatório da PF entregue ao STF em que o delegado Josélio Azevedo de Souza pede autorização para que o ex-presidente Lula seja investigado no inquérito da Lava Jato por ele estar na condição de presidente no período em que os fatos apurados ocorreram.

No mesmo documento, o delegado ressalta que as mesmas condições de participação de Lula também se aplicam à presidente Dilma. No entanto, na interpretação do delegado, por força de dispositivo da Constituição – art. 86, § 4º -, Dilma não poderia ser investigada enquanto ocupar o cargo de presidente. Continuar lendo

Presidente Dilma transformou o Palácio da Alvorada em um balcão de negócios, afirma Aécio

aecio-neves-pr

O presidente do PSDB, senador Aécio Neves, reafirmou, nesta quinta-feira (24/9), em Cascavel (PR), que a oposição tem cumprido seu papel com responsabilidade na crise de governabilidade enfrentada pelo governo Dilma Rousseff.

Em entrevista coletiva, Aécio Neves afirmou que o governo federal tem aberto mão de governar em momentos importantes para o país e que a presidente da República transformou acordos com a base aliada do governo no Congresso Nacional em um verdadeiro “balcão de negócios”.

“Ao invés de aproveitar as oportunidades para requalificar a máquina pública, colocar pessoas qualificadas em cada uma das áreas, sobretudo aquelas que dizem respeito à vida cotidiana das pessoas, como a Saúde, a presidente Dilma transforma o Palácio da Alvorada em um balcão de negócios. Está trocando pastas importantes, como a Saúde e a Infraestrutura, por 20, 30 votos na Câmara dos Deputados. Esse, a meu ver, é o fim de um governo que não tem mais um projeto para o país, a não ser a sua própria sobrevivência”, afirmou Aécio. Continuar lendo