Deputados rechaçam CPMF e dizem que Planalto transfere conta da incompetência aos brasileiros

mais-impostos1Deputados tucanos criticam as soluções que o governo federal anunciou nessa segunda-feira (14/9) para tentar conter a crise e recuperar a economia. Entre as medidas estão o aumento de impostos – inclusive a volta da CPMF, cortes em ações vendidas na campanha como prioridades, congelamento de concursos públicos e mudanças no Sistema S. Segundo os parlamentares, Dilma quer que os brasileiros paguem a conta das irresponsabilidades de sua gestão. Na tribuna e nas redes sociais, tucanos expressaram repúdio ao aumento dos tributos.

“O central no ajuste proposto por Dilma e PT é o aumento de impostos! Ou seja, eles erram por anos e você paga a conta”, lamentou Marcus Pestana (PSDB-MG).

Os concursos públicos que estavam previstos para 2016 serão suspensos. O aumento salarial dos servidores públicos será adiado de janeiro para agosto. Também será o fim do abono permanência, concedido a servidores que continuam trabalhando após atingir os requisitos de aposentadoria. O programa Minha Casa, Minha Vida, até então financiado integralmente pelo governo federal, será coberto também pelo Fundo de Garantia de Tempo de Serviço (FGTS), uma economia de R$ 4,8 bilhões ao Executivo.

Leia matéria completa no Diário Tucano

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s