Três das mais importantes cidades do Vale do Aço deverão ter candidatos do PSDB nas eleições do ano que vem 

cel.fabriciano

Ipatinga, Coronel Fabriciano e Timóteo terão candidatos tucanos à prefeitura, adiantou o presidente do PSDB-MG, Domingos Sávio

O PSDB vai lançar candidatura própria nas três mais importantes cidades do Vale do Aço: Ipatinga, Coronel Fabriciano e Timóteo. O anúncio foi feito pelo presidente do PSDB de Minas Gerais, deputado federal Domingos Sávio, durante encontros no último fim de semana no Vale do Aço.

Em Coronel Fabriciano, Domingos Sávio se reuniu com mais de 300 lideranças do município. Além de tucanos históricos, estiveram presentes também presidentes de partidos aliados e mais de cem novos filiados ao PSDB, entre eles o ex-vice-prefeito e empresário, Antônio Eugênio. Um dos pontos altos dessa reunião ocorreu durante a fala de Marcos Vinícius da Silva Bizarro, quando ele, que é um dos médicos mais queridos de Coronel Fabriciano, foi aclamado pela militância tucana como futuro pré-candidato do partido a prefeito do município.

Em Timóteo, a reunião aconteceu na Câmara Municipal e contou com a presença de quatro ex-prefeitos, diversos vereadores e pré-candidatos. Na oportunidade, assumiu a presidência do PSDB no município o ex-prefeito Sérgio Mendes, que é cotado como forte candidato à prefeitura em 2016. Também participou desta reunião o atual vice-prefeito de Ipatinga, Coronel Alfredo Ramalho, que está em diálogo com o PSDB por comungar com o sentimento de mudanças que o partido defende para o Vale do Aço.

Ações visam fortalecer PSDB nos municípios

Os encontros fazem parte das ações que serão desenvolvidas pelo PSDB no estado visando as eleições municipais do ano que vem. O partido pretende lançar candidatura própria no maior número de municípios mineiros. O partido possui hoje no estado 137 prefeitos e 114 vice-prefeitos, além de 967 vereadores.

As reuniões foram as primeiras que Domingos Sávio participou na região após a convenção estadual que o elegeu, em junho, presidente da Executiva Estadual para um período de dois anos. Uma das metas da nova Executiva é a interiorização do partido em Minas e a aproximação da estrutura partidária das representações municipais.

A Executiva pretende criar coordenadorias regionais em 12 macrorregiões do estado, escolhidas de acordo com critérios geográficos e políticos. Cada regional será gerida por um conselho político formado pelos presidentes dos diretórios e comissões provisórias municipais.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s