Aécio Neves: Lula expõe fragilidade do governo Dilma ao antecipar candidatura

aecio-neves-corrupcao

“Lula colocar seu nome, menos de um ano do segundo mandato da presidente Dilma, só escancara a fragilidade desse governo. Acho que os brasileiros prefeririam ouvir do ex-presidente, ou dos dirigentes do PT, as razões pelas quais estamos perdendo 1,5 milhão de postos de trabalho este ano”, disse o senador Aécio Neves (PSDB-MG) à Rádio Itatiaia, nesta sexta-feira (28/08). Confira abaixo íntegra da entrevista:

“É preciso que fique claro que para as oposições qualquer desfecho para essa crise se dará estritamente dentro daquilo que prevê a Constituição. As investigações que ocorrem em relação à conduta da presidente da República, seja no TCU, seja em relação à eventual utilização de dinheiro da propina da Petrobras na campanha da reeleição, investigação essa já em condição de ser aberta no TSE, se dá única e exclusivamente por ações desse governo e não das oposições.

Caberá a nós das oposições garantir qualquer desfecho se dê, respeitando as regras do jogo. E se a presidente conseguir fazer a roda da economia voltar a girar e se defender adequadamente dessas acusações, o calendário será 2018 e as oposições estarão prontas disputar lá as eleições.

O fato de o presidente Lula colocar seu nome como alternativa, vejo como algo absolutamente natural. Mas, ao fazer isso agora, menos de um ano do segundo mandato da presidente Dilma, só escancara a fragilidade desse governo.

Acho que os brasileiros prefeririam ouvir do ex-presidente, ou dos dirigentes do PT, as razões pelas quais estamos perdendo 1,5 milhão de postos de trabalho este ano. Por que estamos, por exemplo, tendo a inflação já em torno de 10% tirando comida da mesa do trabalhador brasileiro. Faria melhor o PT, e o ex-presidente, se explicassem porque as taxas de juros na estratosfera estão fazendo com que mais de 55 milhões de brasileiros estejam com suas contas atrasadas.

Lamentavelmente, o governo do PT colocou o Brasil na maior e mais grave crise da sua história, com recessão, inflação, e o que é mais grave, a perda de esperança e de expectativas em relação ao futuro. O PSDB e as oposições continuarão firmes defendendo a população brasileira dos desmandos do PT.”

Rádio Gaúcha

Durante entrevista concedida também nesta sexta-feira à Rádio Gaúcha, de Porto Alegre, Aécio Neves comentou sobre a queda do PIB do país no segundo trimestre, sobre as últimas declarações do ex-presidente Lula e sobre impeachment da presidente Dilma.

“O que contribui para todo esse pessimismo, essa perda de confiança que impacta nos investimentos, no resultado da economia, é o desgoverno, a mentira que prevaleceu na campanha eleitoral”, afirmou o senador. Clique AQUI e leia trechos da entrevista

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s