Presidência ainda não pagou aluguel de limusines de viagem de Dilma aos EUA em julho

carro3

“O brasileiro que é proprietário de uma empresa de limusines em San Francisco (EUA) disse que entrará na Justiça americana contra o governo brasileiro se não receber os US$ 100 mil pelos serviços de transporte prestados durante a viagem oficial de Dilma Rousseff à Califórnia, em julho.

O cônsul-geral em San Franciso confirmou que o valor não foi pago, mas considerou “normal” o “atraso”. É o que informa reportagem publicada sobre o assunto no jornal Folha de S.Paulo, nesta terça-feira (18/8).

De acordo com a matéria, “segundo Eduardo Marciano, dono da NS Highfly Limousine, a comitiva contratou 25 motoristas, dois ônibus, um caminhão, três vans e 19 limusines. Ele disse que usou US$ 40 mil de recursos próprios para custear parte das diárias dos 25 motoristas e das vans, que ele sublocou.”

O jornal relata ainda que ” a história surgiu em um site de blogueiros que é veiculado pela rede CNN.”

“Ainda não recebemos os recursos de Brasília. Não sei exatamente a razão. Deve ser algum problema orçamentário, então a gente não pôde ainda realizar o pagamento”, disse Eduardo Prisco Paraiso Ramos à Folha.

Leia a íntegra 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s