PSDB-MG pede que TRE aprofunde investigação da relação da Operação Acrônimo com campanha do PT de 2014

Bimotor apreendido pela Polícia Federal Operação Acrônimo
Bimotor apreendido pela Polícia Federal na Operação Acrônimo

O PSDB de Minas Gerais encaminhou nesta quarta-feira (03/06) notícia crime ao Procurador Regional Eleitoral pedindo o aprofundamento das investigações da Operação Acrônimo, deflagrada pela Polícia Federal na semana passada, que possam fazer relação com outras irregularidades já denunciadas pelo partido referentes à campanha de Fernando Pimentel ao governo de Minas.

Em dezembro do ano passado, o PSDB já havia protocolado junto à Procuradoria Regional Eleitoral representação pedindo apuração sobre uso irregular de aeronaves e helicópteros na campanha do PT ao governo de Minas. Os candidatos teriam usado aeronaves e não registraram nas respectivas prestações de contas.

Por meio da notícia crime, o PSDB solicita também que seja investigado se a aeronave apreendida na Operação Acrônimo – bimotor turboélice de prefixo PR-PEG – foi utilizada em favor da campanha do PT, uma vez que não há registro na prestação de contas, assim como se houve uso de outras aeronaves que podem ter sido utilizadas de forma irregular no período.

Leia AQUI íntegra da notícia crime protocolada pelo PSDB-MG

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s