O governo do PT desmoralizou a reeleição no Brasil, avalia Aécio

Aecio28.05

O senador Aécio Neves (PSDB-MG) voltou a defender, hoje (28/05), o fim da reeleição para cargos do Poder Executivo. Aprovada em 1º turno na Câmara dos Deputados nesta semana, a emenda feita à PEC da reforma política acaba com a possibilidade de segundo mandato consecutivo para os cargos de presidente da República, governador e prefeito.

Em entrevista à imprensa, Aécio Neves afirmou que o PSDB trabalhará no Congresso para que a proposta, defendida por ele desde 2006, também seja aprovada no Senado. O texto ainda precisa ser votado em 2º turno na Câmara antes de seguir para apreciação dos senadores.

“Acho que a presidente da República acabou por desmoralizar a reeleição. A utilização sem limites, irresponsável, diria criminosa, da máquina pública foi, a meu ver, um grande estímulo para que cerca de 400 parlamentares na Câmara dos Deputados votassem pelo fim da reeleição. Tivemos a experiência da reeleição. Não nos arrependemos dela, mas é preciso que tenhamos a capacidade de avaliar se foi boa e se foi ruim. Acho que o fim a reeleição neste momento permite o surgimento de novas lideranças políticas e impede o uso abusivo, repito, criminoso da máquina pública como ocorreu na campanha do PT”, afirmou. Continuar lendo