Minas começa a sentir o “caos” da gestão de Fernando Pimentel

Pimentel adota no estado mesmo modelo implantado por ele quando ministro do governo Dilma e que resultou na maior desindustrialização do Brasil
Fernando Pimentel adota no estado mesmo modelo implantado por ele quando ministro do governo Dilma e que resultou na maior desindustrialização do Brasil

“Está um caos”, resume um empresário mineiro sobre a Copasa, que desde a posse do petista Fernando Pimentel deixou de efetuar pagamentos a inúmeras empresas que executam, desde o ano passado, obras contratadas pela estatal em diversos municípios do Estado. O valor total do “calote” não foi mensurado, mas tem gerado prejuízos e diversas demissões por todo o Estado, destaca reportagem desta quinta-feira (14/05) do jornal O Tempo. Leia

O motivo da suspensão dos pagamentos alegado pela Copasa é a necessidade de reavaliação do processo decisório interno e adequação do sistema. Tradução: falta de gestão – que é uma das características das administrações do PT e que agora os mineiros começam a sentir.

Segundo o mesmo empresário, que não quis ser identificado na reportagem por medo de retaliações, o “apagão” na empresa não é só do pagamento de obras já feitas. A Copasa ainda não assinou nenhum contrato de licitação neste ano. “As empresas ganham a licitação, o contrato vai para a diretoria, e eles não assinam”, contou.

A reportagem mostra ainda que o governo do PT no estado estuda abrir mão da subsidiária Águas Minerais de Minas, responsável por envasar e comercializar as principais águas minerais do Sul de Minas: Cambuquira, Lambari e Caxambu e também a de Araxá.

“Gestão Pimentel”

Lamentavelmente, esse não é um caso isolado do resultado nefasto na vida dos mineiros da paralisia do governo de Fernando Pimentel. A produção industrial em Minas caiu acima da média nacional. O recuo no Estado foi de 2,5% em março comparado com o mês anterior, ante queda de 0,8% no país. Os dados são do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Saiba mais

Minas sofre agora os efeitos da “gestão Pimentel”, a mesma praticada por ele enquanto ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior do primeiro governo Dilma Rousseff.

Como ministro, Pimentel foi autor de diversas promessas, entre elas o fantasioso Programa de Desenvolvimento da Produção, que continha metas imaginárias para as exportações brasileiras, investimentos inexistentes em inovação e competitividade ou o aumento da exportação de manufaturados.

Os resultados estão aí: Pimentel foi o ministro que mais desindustrializou o Brasil nas últimas décadas. Sua passagem pelo ministério deixou como legado uma indústria brasileira com a mesma participação no PIB que tinha na década de 1950. Os dados foram levantados pela Federação das Indústrias de São Paulo, a Fiesp.

Foi sob a mesma administração do ministro Pimentel que o Brasil apresentou déficit (exportações menos importações) de US$ 3,930 bilhões na balança comercial, fato que não ocorria no Brasil há 14 anos.

Infelizmente, completados quase seis meses do seu quase governo, Pimentel mostra aos mineiros que o tripé do modelo de gestão no Estado será o mesmo que ele adotou como ministro: Raciocínios genéricos + promessas vazias + ver o tempo passar. Equação que resulta em ausência de resultados, quando não em falência.

Leia também Com “apagão de gestão”, Pimentel insiste em críticas e nenhuma novidade

Anúncios

4 thoughts on “Minas começa a sentir o “caos” da gestão de Fernando Pimentel

  1. Magno 15/05/2015 / 14:32

    Tudo tem lógica neste partido, estão tirando as empreiteiras, para colocarem as deles.

  2. Harry Rutman 16/05/2015 / 15:53

    “Necessidade de reavaliação” – significa, em português claro: “cadê o meu”? O PT forma um bando corajoso… para roubar mais.

  3. Jccabalzar 17/05/2015 / 10:06

    Não adianta chorar o leite derramado.
    Votaram nesse cidadão, agora tem que aquentar 4 anos.
    Vao inchar a máquina desse governo, empregando os cumpanheiros.
    Minas tem o governo que merece.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s