Fernando Pimentel é vaiado em Ouro Preto

ouro-preto

A cerimônia do 21 de abril na Praça Tiradentes, em Ouro Preto, é marcada por protestos de professores, servidores em geral e trabalhadores sem-terra contra o governo Fernando Pimentel, do PT. O governador discursou em meio a gritos de “traidor” e vaias de aliados históricos.

O protesto veio de movimentos que tradicionalmente estão ao lado do Partido dos Trabalhadores, como a Central Única dos Trabalhadores (CUT), o Sindicato Único dos Trabalhadores em Educação (SindUte) e o Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST). A cada momento que o petista aparecia no telão ou o nome dele era anunciado, recebia vaias dos manifestantes.

Os protestos não ficaram restritos a Ouro Preto. Em Belo Horizonte, na Praça Tiradentes, líderes de movimentos sociais e simpatizantes do ato de repúdio ao PT e ao governo Dilma protestaram contra a corrupção e a crise econômica no país. Uma hora depois, foi a vez do grupo apartidário Padecendo no Paraíso, formado por mães, pedir a reforma política e defender maior participação das mulheres nos rumos do país.

Protesto em Belo Horizonte
Protesto em Belo Horizonte
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s