Oposição pedirá a ministro do STF investigação contra a presidente Dilma Rousseff

reuniao oposicao

O senador Aécio Neves, se reuniu, nesta terça-feira (17/03), no Senado Federal, com lideranças do PSDB, PSB, DEM, PPS, PP, PMDB e Solidariedade. Os parlamentares reforçarão junto ao ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Teori Zavascki, o pedido de abertura de investigação feito pelo PPS para apurar o envolvimento da presidente Dilma Rousseff no escândalo de corrupção na Petrobras.

“Amanhã, a partir de uma iniciativa do PPS através dos deputados Jungman e Roberto Freire, os partidos de oposição estarão buscando se encontrar com o ministro Teori para, com base em jurisprudência do próprio Supremo Tribunal Federal que, por duas vezes, já decidiu nesta direção, as oposições, em razão das citações nos depoimentos da delação premiada, vai pedir que se abra investigação em relação à presidente da República”, afirmou Aécio Neves em entrevista à imprensa.

O pedido de investigação contra a presidente Dilma ocorre dias depois de o Ministério Público Federal (MPF) denunciar o tesoureiro do PT, João Vaccari Neto, por corrupção, lavagem de dinheiro e formação de quadrilha no escândalo da Petrobras. Segundo a denúncia, Vaccari indicava contas de diretórios que deveriam receber propina disfarçada de doação para campanhas do PT. 

Para Aécio, a denúncia contra o tesoureiro do PT é extremamente grave. “Se comprovado, teremos um quadro até do ponto de vista jurídico diferente no país. Repito à presidente da República a indagação que fiz durante a campanha eleitoral. Eu perguntei a ela: a senhora confia no tesoureiro do seu partido. Ela dizia que sim. Será que ainda continua confiando?”, questionou.

Crise

Durante o encontro dos partidos da oposição, os parlamentares fizeram avaliação das manifestações populares ocorridas em todo o Brasil no último domingo.

De acordo com Aécio, a constatação dos líderes é de que o país vive uma crise política e econômica, agravada pela inépcia do governo diante das reivindicações da sociedade. O presidente do PSDB chamou de patética a entrevista do ministro Miguel Rossetto, que atribuiu aos eleitores dele os protestos do 15 de Março.

“Se isso fosse verdade, se as pessoas que estão indignadas hoje por todo o Brasil e se manifestando de todas as formas, fossem as que votaram em mim, como candidato à Presidência da República, certamente o Brasil teria um outro governo, e nós seríamos poupados de uma manifestação tão patética como essa do ministro sobre os protestos”, afirmou.

Aécio também ironizou a declaração da presidente da República em que ela chama a corrupção de uma “velha senhora”. “A presidente da República tem razão apenas em uma questão: quando ela diz que a corrupção é uma velha senhora no Brasil, uma senhora idosa. É verdade. Só que essa velha senhora nunca se vestiu tão bem, nunca esteve tão assanhada como nesses tempos de PT. Na verdade, essa velha senhora hoje veste Prada e usa uma estrela vermelha no peito”, declarou o presidente do PSDB.

Assista trecho da entrevista

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s