Nova bancada na Câmara dos Deputados debate planejamento estratégico

reuniao

Menos de 24 horas após a posse dos deputados, o líder do PSDB na Câmara dos Deputados, Carlos Sampaio (SP), reuniu a bancada na manhã desta segunda-feira (02/02) no Plenário 12 para debater o planejamento estratégico para este ano. Com presença maciça dos tucanos, o encontro colocou em pauta temas prioritários para o país e deixou claro que o partido fará dura oposição ao governo petista, em sintonia com os anseios de milhões de brasileiros.

De acordo com Sampaio, o tom da atuação dos tucanos na legislatura recém-iniciada espelha o sentimento das ruas: “Foram 51 milhões de eleitores ao lado de Aécio Neves. Com as medidas impopulares de Dilma, acredito que hoje sejam 60, 70 milhões de brasileiros, pois muitos se somaram a esses 51 milhões e sentiram que foram enganados pela presidente”, disse o líder ao citar medidas tomadas pela petista contrárias às promessas de campanha, como corte no orçamento da Educação e restrições nos direitos trabalhistas. “Temos que deixar claro que ela comanda um governo corrupto e mentiroso”, resumiu. Um dos momentos em que isso ocorrerá é no debate das medidas provisórias 664 e 665, que modificam tais diretos.

Novas CPIs

Uma das prioridades da oposição, fortalecida nesta legislatura, é a instalação de cinco Comissões Parlamentares de Inquérito na Câmara: Petrobras, setor elétrico, BNDES, fundos de pensão e Pronaf, além de uma nova CPI Mista para continuar apurando o petrolão. “Muita coisa tem que ser investigada. O Brasil quer saber quem são os agentes políticos envolvidos com isso. É obrigação mostrar à população quem assaltou os cofres de Petrobras”, disse Sampaio ao defender a retomada das investigações no Parlamento. No ano passado o parlamentar do PSDB foi autor de relatório paralelo no qual pediu o indiciamento de 61 pessoas envolvidas no escândalo.

O nomo líder destacou ainda outros temas importantes, como a luta contra a proposta petista de regulação da mídia, crise da energia elétrica, reforma política e mudanças no Estatuto da Criança e do Adolescente.

Durante o encontro, parlamentares novatos e reeleitos puderam manifestar aos colegas tucanos seus anseios e expectativas. Duras críticas ao desempenho do governo Dilma e elogios à qualidade da bancada foram aspectos citados em vários pronunciamentos. O deputado Vitor Lippi (PSDB-SP) estará à frente dos trabalhos de planejamento.

Delgado marca presença

Candidato apoiado pelo PSDB, Julio Delgado participou do começo da reunião tucana. Terceiro candidato mais bem votado no domingo, obteve 100 votos na disputa que acabou com o Palácio do Planalto colhendo uma grande derrota. Delgado foi apoiado por um bloco formado por PSDB, PPS, PSB e PV, totalizando 106 parlamentares. Tendo como bandeira principal a necessidade de mudança na imagem do Parlamento, ele agradeceu os votos que obteve.

Fonte: Diário Tucano

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s