Pimenta da Veiga valoriza alianças partidárias

Pimenta da Veiga durante encontro de lideranças do PMN, em Belo Horizonte, um dos partidos que compõem a aliança que apoia sua pré-candidatura ao Governo de Minas. Foto Rafael Fernandes
Pimenta da Veiga durante encontro de lideranças do PMN, em Belo Horizonte, um dos partidos que compõem a aliança que apoia sua pré-candidatura ao Governo de Minas. Foto Rafael Fernandes

O pré-candidato do PSDB ao Governo de Minas, Pimenta da Veiga, destacou a adesão de quatro partidos políticos à pré-candidatura do senador Aécio Neves (PSDB-MG) à Presidência da República. Durante encontro realizado, nesta quarta-feira (04/06), em Brasília, PMN, PTdoB, PTC e PTN formalizaram o apoio ao senador.

As quatro legendas também fazem parte da aliança que pretende eleger para o Governo de Minas o presidente do Instituto Teotônio Vilela (ITV-MG), Pimenta da Veiga. PMN, PTdoB, PTC e PTN integram o movimento Todos por Minas, que reúne, além do PSDB, 19 partidos, na maior coligação já formada no estado. Continuar lendo

PTN, PMN, PTC e PTdoB anunciam apoio à pré-candidatura de Aécio Neves

Foto Orlando Brito/PSDB
Foto Orlando Brito/PSDB

O pré-candidato do PSDB à Presidência da República, senador Aécio Neves (MG), recebeu o apoio de mais quatro legendas: PTN, PMN, PTC e PTdoB. A adesão dos novos aliados foi confirmada, nesta quarta-feira (04/06), durante encontro em Brasília.

“São apoios que estão vindo com naturalidade, de pessoas que estão compreendendo com a nossa candidatura pode efetivamente significar a mudança verdadeira e corajosa que o Brasil precisa viver”, afirmou o senador.

O anúncio foi feito pelos presidentes do Partido da Mobilização Nacional (PMN), Telma Ribeiro, do Partido Trabalhista do Brasil (PTdoB), Luis Tibé, do Partido Trabalhista Cristão (PTC), Daniel Tourinho, e do Partido Trabalhista Nacional (PTN), Renata Abreu. Também participaram do encontro lideranças tucanas e das quatro legendas.

Aécio Neves destacou que os apoios que o PSDB vem recebendo têm como base as propostas apresentadas pelos tucanos para o país, o que não tem ocorrido com o PT.

“Eu vejo um esforço enorme da Presidência da República, distribuindo espaços de poder a rodo como jamais se fez antes da história do Brasil, em contrapartida de alguns segundos na propaganda eleitoral. Faz isso distribuindo diretorias de bancos, ministérios públicos, sem qualquer constrangimento. Acho até que a presidente levará alguns segundos de alguns desses partidos, mas não levará a alma, o coração e a consciência daqueles, que mesmo nesses partidos, sabem que o Brasil precisa viver um processo rápido de mudança”, disse Aécio.

A presidente do PMN, Telma Ribeiro, afirmou que a aliança do partido com o PSDB representa “a busca por um país com mais oportunidades e novos rumos para o Brasil”. O deputado federal Carlos Alberto (PMN) lamentou a situação do país. “Eu nunca vi o Estado brasileiro em tão más condições como está hoje. Vamos trabalhar para reverter esse quadro.”

Leia entrevista do senador Aécio Neves

Governo Dilma tem avaliação negativa de 39,5% em Minas

O governo da presidente Dilma Rousseff tem avaliação negativa de 39,5% em Minas Gerais, conforme pesquisa do Instituto DataTempo, realizada em todo o estado.

O número de eleitores mineiros que desaprovam o governo Dilma Rousseff é maior do que o daqueles que aprovam a gestão: 39,5% dos moradores do Estado consideram a atual administração “muito ruim” (25,3%) ou “ruim” (14,2%). Entre os eleitores entrevistados, 32,4% avaliaram como regular o governo da petista. Somente 15,1% consideraram “bom” e 12,7% “muito bom”.

Foram realizadas 2.062 entrevistas em 110 cidades do estado, entre 23 e 27 de maio. A margem de erro do levantamento é de 1,98 ponto percentual. A pesquisa foi contratada pela Sempre Editora, realizada pela CP2 – Consultoria, Pesquisa e Planejamento Ltda. e registrada Justiça eleitoral.

ITV: Quando novembro chegar

itv-logo534

Dilma tem razão quando afirma que a situação do país vai melhorar quando novembro chegar. Sim, vai melhorar porque o eleitor terá decidido por ponto final à experiência de governo do PT. O país atravessa uma de suas mais graves crises de confiança, atestada pela pesquisa do Pew Research. O brasileiro olha para a governante no Planalto e não enxerga nela quem possa lhe conduzir a um amanhã melhor. Afinal, foi ela mesma quem nos trouxe a este presente penoso, analisa a Carta de Formulação e Mobilização Política do Instituto Teotônio Vilela (ITV). Confira: Continuar lendo

Bonifácio Andrada lança “Direito Constitucional Moderno e a Nova Revisão da Constituição”

Dep.Bonifácio Andrada (PSDB-MG)
Dep.Bonifácio Andrada (PSDB-MG)

O deputado Bonifácio Andrada (PSDB-MG) lança, nesta quarta-feira (4), o livro “Direito Constitucional Moderno e a Nova Revisão da Constituição”. Autor de 20 obras e parlamentar constituinte, o tucano está em seu nono mandato como deputado federal e traz uma abordagem crítica a respeito da Constituição de 1988 e os dias atuais. O lançamento será às 17 horas, no Espaço do Servidor, na Câmara dos Deputados em Brasília.

Na obra, o professor e deputado federal destaca aspectos da Constituição Brasileira de 1988. Ele traz algumas histórias da sua elaboração, mas defende uma ampla revisão constitucional, sobretudo no que diz respeito às relações entre os poderes da República e à ampla modificação da medida provisória, que considera a matéria de conteúdo antidemocrático e de riscos para a representação popular. Continuar lendo