Governador Anastasia anuncia conjunto de ações em infraestrutura rodoviária

Anúncio faz parte do programa Caminhos de Minas e envolverá cerca de 3,1 mil quilômetros de estradas em todas as regiões do Estado. Foto Gil Leonardi / Imprensa MG
Anúncio faz parte do programa Caminhos de Minas e envolverá cerca de 3,1 mil quilômetros de estradas em todas as regiões do Estado. Foto Gil Leonardi / Imprensa MG

Em Minas Gerais, o trabalho para contribuir com a melhoria da infraestrutura do Brasil deu um passo importante nesta quinta-feira (13/03). O governador Antonio Anastasia anunciou, no Palácio Tiradentes, na Cidade Administrativa, em Belo Horizonte, o início de um conjunto de ações do programa Caminhos de Minas em diversos trechos rodoviários em todas as regiões do Estado. O governador autorizou a abertura de licitações de obras de asfaltamento e melhorias em 37 trechos, totalizando 1.248,3 quilômetros e investimento de R$ 2,04 bilhões.

Na mesma cerimônia, Anastasia deu ordem de início para elaboração de projetos de engenharia para 54 trechos, correspondentes a 1.487,5 quilômetros. A estimativa de investimento é de R$ 80 milhões na elaboração dos projetos. O governador autorizou, ainda, a abertura de licitações para elaboração de projetos de engenharia em dez trechos do Caminhos de Minas, totalizando a 415,2 quilômetros e estimativa de investimento de R$ 22,5 milhões na elaboração dos projetos. Antonio Anastasia também deu ordem de início para obra de melhoramento do acesso secundário à cidade de Itaúna, no Centro-Oeste do Estado, com 1,2 quilômetro de extensão e investimento de R$ 5 milhões.

O governador ressaltou que sem uma infraestrutura eficiente para escoar a produção, de nada adiantará, por exemplo, uma safra recorde de agricultura e uma produção industrial ou mineral pujante.

“A abertura de estradas significa ampliação da mobilidade, a valorização da propriedade, o escoamento da produção, a melhoria da educação através do acesso da zona rural, da região beneficiada pelo asfalto, às sedes das cidades. Isso significa redução do custo de vida pela queda do valor do frete e do transporte. O Caminhos de Minas veio dar sequencia ao ProAcesso e se unir ao ProMG exatamente com o objetivo de estabelecermos ligações de asfalto tão importantes”, disse Anastasia.

O prefeito de Divinópolis (Centro-Oeste), Vladimir Azevedo, falou em nome dos prefeitos presentes e afirmou que o programa proporcionará diversos ganhos para a população.

“O Caminhos de Minas vem realizar um sonho de tantas cidades. São acessos entendidos por alguns como secundários, mas, para nós, que estamos nas cidades, sabemos que são acessos fundamentais para o novo ciclo de desenvolvimento nesse mundo cada vez mais competitivo”, destacou o prefeito.

Também participaram da solenidade o vice-governador Alberto Pinto Coelho, secretários de Estado, parlamentares e prefeitos.

Caminhos de Minas

Lançado pelo Governo Anastasia em 2010, o programa tem como objetivo ampliar e melhorar a infraestrutura logística dos municípios e regiões. É o maior programa rodoviário da história de Minas Gerais, envolvendo a implantação de cerca de oito mil novos quilômetros de rodovias, distribuídos por 247 trechos, beneficiando diretamente 307 municípios e 7,3 milhões de mineiros.

O Caminhos de Minas possibilita maior integração ao encurtar distâncias e diminuir custos de transporte, com reflexo direto no desempenho da economia mineira. A redução no tempo de deslocamento de pessoas, bens e cargas é fator determinante para a melhoria da qualidade de vida dos moradores das regiões beneficiadas, dos que visitam o Estado ou daqueles que precisam utilizar a infraestrutura rodoviária mineira.

O programa também impulsiona a comunicação nas diversas regiões do Estado e entre uma e outra, além de desviar tráfego das rodovias troncais, fazendo com que aqueles que trafegarem por todas as rodovias mineiras façam com mais segurança, tranquilidade e rapidez.

Autorização de abertura de procedimentos licitatórios para contratação de obras

Trecho

Extensão (km)

Valor da obra (R$ milhões)

Bom Sucesso – São Tiago

45

63

Bonfinópolis de Minas (entroncamento MG-181) – Entroncamento Natalândia

68

95,2

Brasilândia de Minas (entroncamento MG-181) – Entroncamento BR-365

110,5

154,7

Capelinha – Setubinha

50

70

Carmo da Cachoeira – Três Pontas

36

50,4

Carneirinho (entroncamento MGC-497) – Distrito de Estrela da Barra e distrito de Estrela da Barra – Porto Santa Fé de Minas

56

78,4

Conceição das Alagoas (entroncamento Capelinha do Barreiro) – Entroncamento LMG-427

4,5

6,3

Conselheiro Pena – Distrito de São José do Itueto

24

33,6

Contorno de São Vicente de Minas

4

6

Contorno de Unaí

5

7

Corinto – Distrito de Andrequicé

59

82,6

Curral de Dentro – Entroncamento Berizal

20

28

Distrito de São Pedro da Garça – São João da Ponte (entroncamento LMG-631)

4

5,6

Divinópolis – São Sebastião do Oeste

13,9

19,46

Dom Joaquim – Senhora do Porto

26

36,4

Frutal – Vila Barroso

41

57,4

Ibertioga – Piedade do Rio Grande

17

23,8

Itabirito (entroncamento distrito de São Gonçalo do Bação – distrito de Miguel Burnier)

32

44,8

MG-050: Duplicação Mateus Leme – Divinópolis

37,2

200

Monte Carmelo – Povoado de Chapada de Minas

27

37,8

Nova Era (entroncamento BR-381) – Entroncamento BR-120

11,2

15,68

Nova União – Distrito de Ipoema

19

26,6

Ouro Preto (distrito de Santo Antônio do Leite – distrito de Engenheiro Corrêa)

8

3,18

Papagaios – Pompéu

40

56

Paraguaçu – Distrito de Pontalete – Três Pontas

35

49

Paula Cândido – Divinésia (entroncamento MG-124)

16

22,4

Pedra Dourada – Vieiras

14

19,6

Pedras de Maria da Cruz – São Francisco

98

137,2

Pintópolis – Urucuia

78

109,2

Ponto Chique – São Romão (entroncamento MG-202)

42

58,8

Resende Costa – São Tiago

37

51,8

Rio Pardo de Minas – Mato Verde (entroncamento LMG-635)

34

47,6

Santa Fé de Minas – Distrito de Cachoeira do Manteiga

40

56

Santa Margarida – Entroncamento BR-116

9

17

Sete Lagoas – Entroncamento MG-010 (Subtrecho: Entroncamento LMG-800 – Sete Lagoas, Contorno de Matozinhos e Contorno de Prudente de Morais)

35

200

Uberaba (BR-262) – Distrito de Almeida Campos (entroncamento LMG-798)

34

47,6

Varginha – Entroncamento BR-381

18

25,2

Ordem de início de elaboração de projetos de engenharia

Trecho

Extensão (km)

Albertina – Andradas

20,4

Alfenas – Fama

9,2

Alpinópolis – Passos

31

Alvarenga – Conselheiro Pena

56

Araguari – Divisa de Minas Gerais com Goiás

24,3

Araújos – Moema

30,6

Ataléia – Divisa de Minas Gerais com Espírito Santo

18,5

Barão do Monte Alto – Entroncamento BR-116

24,9

Barra Longa – Ponte Nova

27

Bias Fortes – Pedro Teixeira

14

Bom Jesus do Galho – Córrego Novo

13

Brás Pires – Cipotânea

18,4

Brumadinho – Distrito de Casa Branca

18,4

Bueno Brandão – Monte Sião

20,8

Caeté – Distrito de Morro Vermelho – Raposos

22

Camacho – Candeias

24

Caparaó – Entroncamento Espera Feliz (Parque Nacional do Caparaó)

11

Capitão Enéas – São João da Ponte

60

Caputira – Raul Soares

36

Carlos Chagas (entroncamento MG-418) – Divisa de Minas Gerais com Espírito Santo

33,5

Cipotânea – Rio Espera

13,8

Coluna – Paulistas

28

Conceição das Pedras – Natércia

14

Coromandel – Distrito de Santa Rosa dos Dourados

34

Dom Silvério – Entroncamento São Domingos do Prata

38,2

Entroncamento MGC-251 – Coração de Jesus – Distrito de São João da Vereda – Montes Claros (entroncamento BR-365)

62

Entroncamento Juruaia – Distrito de Mata do Sino

11,4

Ervália – Araponga

28

Felixlândia – Três Marias (represa)

11

Fortaleza de Minas – Jacuí

17

Francisco Dumont – Jequitaí

29

Fruta de Leite – Taiobeiras

52,3

Guapé – São José da Barra

57

Itabirinha – São João do Manteninha (entroncamento BR-381)

53

Jaboticatubas – Distrito de Almeida – Entroncamento MG-010

13,5

Leopoldina – Volta Grande

34,7

Mar de Espanha – Divisa de Minas Gerais com Rio de Janeiro

25

Marilac – Nacip Raydan

20

Monte Santo de Minas – Divisa de Minas Gerais com São Paulo

15,5

Morro do Pilar – Santo Antônio do Rio Abaixo

19,4

Mutum – Distrito de Penha do Capim – Entroncamento BR-474

38

Muzambinho – Divisa de Minas Gerais com São Paulo

21

Natalândia – Entroncamento BR-251

23

Pedro Leopoldo – Entroncamento BR-040 (Ribeirão das Neves)

17,8

Perdões – Distrito de Machado

11

Piranga – Senhora de Oliveira

20

Pouso Alegre – Ouro Fino – Divisa de Minas Gerais com São Paulo

94,5

Rio Pardo de Minas – Vargem Grande do Rio Pardo

40,8

Sabará – Distrito de Ravena (entroncamento BR-381)

12,1

Santa Rita do Sapucaí – São Sebastião da Bela Vista

22

São Gonçalo do Pará – Entroncamento BR-494

12,5

São Gotardo – Serra da Saudade

44

São Sebastião do Paraíso – Distrito de Guardinha

12

Veríssimo – Entroncamento distrito de Patrimônio (rodovia Uberlândia – Campo Florido)

29

 

Autorização de abertura de procedimentos licitatórios

para elaboração de projetos de engenharia

Trecho

Extensão (km)

Aiuruoca – Alagoa

30

Araçaí – Sete Lagoas

36,2

Arapuá – Tiros

26

Capelinha – Itamarandiba

52

Dom Viçoso – Maria da Fé

30

Entroncamento MGC-251 – Coração de Jesus – Distritos de Luiz Pires de Minas, Mato Verde, Brejão, Fonseca e Brejinho – Montes Claros (entroncamento BR-365)

60

Itamarandiba – Senador Modestino Gonçalves

47

Jacutinga – Monte Sião

22

Miravânia – Manga (entroncamento BR-135)

59

Santana de Pirapama – Presidente Juscelino (entroncamento BR-259)

53

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s