Núcleos negros do PSDB, PSB e DEM discutem promoção da igualdade racial

Na reunião, foi lançada a caravana “Moreno não, sou negro” que percorrerá 19 cidades mineiras
Na reunião, foi lançada a caravana “Moreno não, sou negro” que percorrerá 19 cidades mineiras

Os núcleos de militância negra do PSDB, PSB e DEM de Minas Gerais discutiram, nesta quinta-feira (27/02), na sede do PSDB-MG, em Belo Horizonte, a “Carta dos Partidos Políticos Brasileiros Para uma Sociedade Não Racista”, documento em que as agremiações se comprometem com a institucionalização da promoção da igualdade racial. A carta será agora apresentada às militâncias dos partidos para assinatura.

O presidente do Tucanafro, núcleo da militância negra do PSDB, Juvenal Araújo, adiantou que haverá mais duas reuniões com os núcleos dos partidos aliados.

“Esse foi o primeiro passo do nosso projeto, que é fazer com que os partidos combatam o racismo, bem como promovam e restaurem os direitos humanos da população etnicamente excluída”.

Além do presidente do Tucanafro, a reunião foi coordenada também pela presidente do núcleo negro do DEM, Viviane de Castro, e do PSB, Igor Frederico de Oliveira. Continuar lendo

ITV: O fim do mensalão é só o começo

itv-logo534

Nada muda o cômputo final do julgamento do maior esquema de corrupção da história política do país. Nada altera a conclusão, proferida pela mais alta corte de Justiça do país, depois de meses de discussões, debates e votações, de que o mensalão existiu, foi montado pelo PT, corrompeu parlamentares e objetivou dar sustentação política ao governo Lula. Os petistas ainda têm muito a esclarecer perante a Justiça brasileira. O fim do mensalão é só o começo, analisa a Carta de Formulação e Mobilização Política, desta sexta-feira (28/02), do Instituto Teotônio Vilela (ITV). Confira íntegra abaixo: Continuar lendo

Novos investimentos impulsionam o desenvolvimento econômico e social de Três Corações

Antonio Anastasia assinou a autorização da licitação das obras do terminal aeroportuário. Foto Osvaldo Afonso/Imprensa MG
Antonio Anastasia assinou a autorização da licitação das obras do terminal aeroportuário. Foto Osvaldo Afonso/Imprensa MG

O município de Três Corações comemorou nesta quinta-feira (27) mais um passo para a concretização da ampliação e melhoramento do Aeroporto Melo Viana e o anúncio das obras de reforma em escolas estaduais. Em visita à cidade, o governador Antonio Anastasia assinou a autorização da licitação das obras do terminal aeroportuário, que garantirão mais desenvolvimento ao Sul de Minas, e entregou as chaves de três novas viaturas à Polícia Militar. Acompanhado pela secretária de Estado de Educação, Ana Lúcia Gazzola, o governador destacou a liberação de R$ 1,25 milhão para reformas de escolas estaduais da cidade.

Leia matéria completa na Agência Minas

Confira também Estado libera R$ 160 milhões para infraestrutura na região de Varginha

Para líder do PSDB na Câmara dos Deputados, resultado do PIB de 2013 “é sofrível”

lider-psdb

O líder do PSDB na Câmara dos Deputados, Antonio Imbassahy (BA), classificou o crescimento de 2,3% do PIB no ano passado como sofrível, já que está bem abaixo da necessidade do país e até do que esperava o próprio governo. Ele afirmou ainda que esse resultado consolida as marcas do governo Dilma Rousseff: pibinhos, juros e inflação altos, desindustrialização, deterioração das contas externas e desvalorização do patrimônio público.

“Já está mais do que provado que a política econômica da presidente não funciona e, pior, compromete o futuro. Qual é a fotografia do governo Dilma? Pibinhos, inflação acima da meta, taxa de juros com aumentos sucessivos, contas externas deterioradas, credibilidade em baixa em virtude do excesso de intervenção e do não cumprimento de metas e previsões. Além disso, há o desmonte do patrimônio público, cujo principal retrato é a Petrobras, e o enfraquecimento da indústria nacional. Esse ambiente inibe investimentos e, sem eles, o país não cresce, não gera empregos de qualidade. No último ano do seu melancólico governo, Dilma vai deixar uma herança perversa para o país”, afirmou. Continuar lendo

Tucanafro promove encontro e lança Caravana “Moreno não, sou Negro”

tucanafro

O Secretariado Estadual da Militância Negra de Minas Gerais – Tucanafro MG realiza, hoje (27/02), às 19 horas, reunião com os núcleos de militância negra do PSDB e dos partidos aliados da base do Governo de Minas para discutir temas relacionados à Promoção da Igualdade Racial em Minas Gerais. O encontro será realizado na Casa de JK, sede do PSDB-MG (Rua Ouro Preto, 846 – Barro Preto – Belo Horizonte).

Entre os temas está a formulação de propostas de ações afirmativas e ações efetivas que serão apresentadas como sugestão para o Plano de Governo do futuro candidato do PSDB ao Governo de Minas; discussão sobre a inclusão das questões raciais nos partidos políticos, através de planos, projetos e programas, para combater o racismo, inserindo e melhorando as condições políticas, econômicas, sociais dos negros em Minas; apresentação dos trabalhos desenvolvidos no Estado pela Coordenadoria Estadual de Promoção à Igualdade Racial; apresentação dos trabalhos desenvolvidos em Minas pelo Conselho Estadual de Promoção da Igualdade Racial.

Durante a reunião, será apresentada aos representantes dos partidos da base aliada a “Carta dos Partidos Políticos Brasileiros Para Uma Sociedade Não Racista”. Segundo o presidente do Tucanafro, Juvenal Araújo, a assinatura da carta reforçará o respeito aos direitos humanos e às liberdades fundamentais para todos, sem distinção de qualquer tipo, seja de raça, cor, sexo, religião e opinião.

“Temos observado com grande preocupação que os objetivos de três décadas de combate ao racismo e à discriminação racial não foram alcançados e que um número incontável de seres humanos continua, até o presente momento, a serem vítimas de várias formas de racismo, discriminação racial, xenofobia e intolerância correlata”, disse.

Durante o evento, acontece também o primeiro Encontro Regional da Militância Negra do PSDB, quando será lançada a caravana “MORENO NÃO, SOU NEGRO”, a ser realizada a partir de março pelo Tucanafro. O secretariado percorrerá 19 cidades, onde serão formados os pólos regionais do Tucanafro em Minas Gerais. Além de Belo Horizonte, serão visitadas as cidades de Montes Claros, Barbacena, Diamantina, Governador Valadares, Ponte Nova, Teófilo Otoni, Patos de Minas, Unaí, Paracatu, Divinópolis, Juiz de Fora, Passos, Alfenas, Poços de Caldas, Pouso Alegre, Varginha, Uberlândia e Uberaba.

Governo Anastasia investe R$ 570 milhões em Prêmio por Produtividade aos servidores

No Governo de Minas, os bons resultados conquistados são méritos de todos. Por isso, serão investidos R$ 570 milhões para o pagamento do Prêmio por Produtividade, que beneficiará mais de 360 mil servidores em atividade na administração direta e indireta do estado. Os servidores receberão o prêmio pelo cumprimento de metas pactuadas em 2012 pelas equipes em suas áreas de atuação – educação, saúde, desenvolvimento social, transportes, entre outras.

O bônus, anunciado na última terça-feira (25/02) pela Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão (Seplag), será pago em duas parcelas, nas folhas de março e junho, que são creditadas no quinto dia útil de abril e julho respectivamente. Cada servidor pode receber até o valor de um salário como bonificação.

As metas dos servidores, a cada ano, são pactuadas em duas etapas do Acordo de Resultados. Na primeira etapa, os secretários e dirigentes de órgãos pactuam as metas com o governador. Na segunda etapa, cada equipe ou unidade gerencial, como escolas e hospitais, pactua as metas com o dirigente da secretaria ou órgão. Em 2012 foram cerca de 1.200 metas específicas, entre indicadores e produtos.

Os prêmios são pagos de acordo com os índices de participação, de acordo com a quantidade e com o percentual de resultados alcançados. Os servidores alcançam diferentes resultados e o valor final do bônus considera também os dias efetivamente trabalhados. O desempenho médio dos órgãos avaliados, em 2012, foi de 88%.
Para o deputado João Leite (PSDB) o pagamento do Prêmio por Produtividade mostra o reconhecimento dos servidores ”Nosso governador Anastasia e nosso vice, Alberto Pinto Coelho, fazem muito bem ao reconhecer a importância do servidor público. Isso mostra o compromisso do governo de Minas Gerais com os servidores e o reconhecimento do trabalho fundamental que esses servidores realizam no nosso Estado”, ressaltou.

Prêmio por Produtividade é pago pelo Governo de Minas desde 2004, com a consolidação do sistema de metas a serem alcançadas pelas equipes dos órgãos e secretarias, por meio da assinatura do Acordo de Resultados. Desde que foi implantado, o Prêmio por Produtividade passou por aprimoramentos contínuos e, em 2008, foi ampliado para o conjunto de servidores do Executivo mineiro.

A criação e ampliação do prêmio são, para o deputado Rômulo Viegas (PSDB) a consolidação do trabalho iniciado através do Choque de Gestão. “Desde que o governo do PSDB assumiu o governo do Estado, com Aécio Neves, foi implantado o Choque de Gestão cujo o objetivo era dar respostas positivas à sociedade e valorizar o servidor público, principalmente aqueles que realmente produzem e trabalham. O governo, então, por meio do equilíbrio das suas contas públicas, vai, este ano, pagar mais de 360 mil servidores. Nós queremos parabenizar o governador Anastasia e toda a sua equipe de governo por esta demonstração de eficiência, de transparência e bons resultados”, ressaltou.

Leia matéria completa no Minas Transparente

ITV: Cadê o ‘pibão grandão’, presidente?

itv-logo534

Deu o esperado: o PIB brasileiro cresceu 2,3% no ano passado, coroando um triênio sofrível para a economia brasileira. Começamos 2013 com Dilma Rousseff prometendo um “pibão grandão”, mas chegamos ao fim do ano com mais um pibinho de sua lavra, lembra o Instituto Teotônio Vilela (ITV). A petista já figura no panteão dos presidentes que menos fizeram o país avançar em toda a República. Passará para a história como responsável por uma obra medíocre, sem nenhum “pibão grandão”, Leia, abaixo, íntegra da Carta de Formulação e Mobilização Política desta quinta-feira (27/02). Continuar lendo

Antonio Anastasia fala sobre visita oficial que fará à China nos próximos dias

Palavra do Governador 2

Promover a internacionalização de Minas Gerais, estreitar parcerias e atrair mais investimentos para o Estado são os objetivos da viagem oficial à República Popular da China que o governador Antonio Anastasia comandará a partir da próxima semana. Principal parceiro comercial de Minas Gerais, o país asiático recebeu, no ano passado, 34,9% das exportações mineiras e enviou, para o Estado, 14,9% do total de importações. Esta semana, a visita é o tema do programa Palavra do Governador.

“A China ocupa, agora, um patamar econômico muito importante, uma posição de muito destaque, como a terceira potência econômica do mundo. Temos de nos aproximar da China. A viagem tem esse objetivo: de manter a internacionalização de Minas Gerais, como já fizemos com outros países, agora com um país que é tão estratégico para o nosso Estado”, destaca o governador Anastasia.

Está programada uma série de visitas a companhias chinesas e de palestras em fóruns e espaços acadêmicos, nas quais Minas será apresentada como um destino de investimentos. A comitiva do governador – que inclui, dentre outros, os presidentes da Federação das Indústrias de Minas Gerais (Fiemg), Olavo Machado, da Federação de Agropecuária do Estado de Minas Gerais, Roberto Simões, e do Banco de Desenvolvimento de Minas Gerais (BDMG), Matheus Cotta – passará por três cidades chinesas: Pequim, Xangai e Nanjim.

“Nessas três cidades, vamos encontrar diversas empresas que produzem bens de capital, maquinários, veículos, equipamentos pesados, além de empresas de tecnologia. Queremos, de fato, vender nosso Estado e trazer mais investimentos. Em Nanjim, vamos assinar um acordo de cooperação com a província de Jiangsu, que permite também o intercâmbio de estudantes e técnicos nas áreas agropecuária e industrial”, informa o governador.

O governador ressalta, ainda, que a missão oficial à China faz parte de um grande esforço empreendido pelo Estado para atrair novos negócios, agregar valor aos produtos mineiros e modificar o perfil econômico de Minas Gerais. “Conseguimos, de fato, atrair negócios importantes para o nosso Estado e eu fico feliz em perceber como Minas avança. E avança por quê? Porque nós temos o que oferecer. Temos um capital humano que é o melhor do Brasil; temos a melhor educação pública; oferecemos o modelo de governança do Estado, que é muito aplaudido. E tudo isso se transformou em um bom ativo para termos mais investimentos em Minas”, resume Antonio Anastasia.

O Palavra do Governador pode ser reproduzido por qualquer veículo de imprensa, sem ônus. O programa é disponibilizado todas as quintas-feiras nas modalidades texto, áudio e vídeo (em qualidade HD). O endereço é www.agenciaminas.mg.gov.br

Fonte: Agência Minas

Aécio e bancada mineira reúnem-se em Brasília para cobrar descaso do governo federal com o Estado

O senador Aécio Neves (PSDB-MG) e a bancada de Minas Gerais no Congresso reuniram-se nesta quarta-feira (26/02), em Brasília, com o governador Antonio Anastasia para discutir as reivindicações dos mineiros que não foram atendidas pelo governo federal nos últimos dez anos. Aécio e os parlamentares de vários partidos destacaram as principais demandas do Estado que aguardam decisão do governo federal. Entre elas: as novas regras de exploração mineral, as obras de duplicação de rodovias federais e a ampliação do metrô de BH.

Aécio Neves criticou o governo federal por não atender a necessidades fundamentais para os mineiros, durante dez anos, como a ampliação do metrô, a duplicação da BR-381, conhecida como “rodovia da morte” e a votação no Congresso do novo código de mineração que corrigirá o valor pago hoje aos municípios e estados que sofrem atividade mineral. Continuar lendo

Eduardo Barbosa cobra posição sobre crise na Venezuela e critica investimento em Cuba

Dep.Eduardo Barbosa (PSDB-MG). Foto Alexssandro Loyola
Dep.Eduardo Barbosa (PSDB-MG). Foto Alexssandro Loyola

O PSDB reassumiu nesta quarta-feira (26) o comando da Comissão de Relações Exteriores e Defesa Nacional (Creden) com a eleição do deputado Eduardo Barbosa (PSDB-MG) para comandar o colegiado e de Duarte Nogueira (PSDB-SP) para a 1ª vice-presidência. Os também tucanos Emanuel Fernandes (SP) e Carlos Alberto Leréia (GO) estiveram à frente da comissão em 2010 e em 2011, respectivamente. No exercício do quinto mandato parlamentar, o tucano cobra do governo Dilma posicionamento sobre a crise na Venezuela e critica aporte de US$ 682 milhões do BNDES na construção de um porto recém-inaugurado em Cuba enquanto a infraestrutura brasileira sofre com a falta de investimentos.

Ainda no que diz respeito à relação com o governo da ilha caribenha, o parlamentar alerta para a relação trabalhista diferenciada no Mais Médicos. Apesar de exercerem a mesma função dos profissionais de outros países, os cubanos recebem menos e amargam várias restrições nas relações sociais por imposição da ditadura dos irmãos Castro – tudo com a concordância da gestão petista.

Nesta entrevista exclusiva ao Diário Tucano, Eduardo Barbosa manifesta entusiamo com a função. “É uma comissão extremamente importante não apenas porque trata de assuntos de interesse de todos os brasileiros, mas também por abordar assuntos relacionados ao posicionamento do Brasil diante do mundo”, destacou. Entre os temas debatidos pelo colegiado, estão a política externa brasileira, tratados e acordos internacionais, política de defesa nacional, administração das Forças Armadas e conflitos externos. Confira abaixo a íntegra: Continuar lendo