Aécio Neves apresenta nova agenda para direcionar mudanças essenciais ao Brasil

Foto George Gianni/PSDB
Foto George Gianni/PSDB

Diante de um auditório lotado na Câmara, o presidente nacional do PSDB, senador Aécio Neves (MG), apresentou o documento Para mudar de verdade o Brasil – Confiança, cidadania e prosperidade, com as bases da peqnova agenda que o partido pretende propor ao Brasil em 2014. De acordo com o tucano, esses três valores devem ser restabelecidos para pautar a mudança. O texto reúne 12 temas levantados e discutidos durante os encontros regionais realizados pelo PSDB ao longo do ano. Ele será um norte para o debate de reivindicações, cobranças e expectativas dos cidadãos.

Segundo Aécio, o texto busca interpretar o sentimento dos brasileiros ouvidos de norte a sul do país. “O que apresentamos hoje é fruto de uma caminhada profunda pelo Brasil real que se contrapõe ao Brasil virtual da propaganda oficial. O Brasil precisa iniciar um novo ciclo. Queremos propor ao país uma grande virada de página”, disse. Continuar lendo

Minas investe R$ 65 milhões para fortalecer atendimento básico de saúde na RMBH

Em Betim, o governador Antonio Anastasia autorizou a construção de 33 Unidades Básicas de Saúde (UBS). Contagem receberá 18 unidades. Foto Osvaldo Afonso/Imprensa MG
Em Betim, o governador Antonio Anastasia autorizou a construção de 33 Unidades Básicas de Saúde (UBS). Contagem receberá 18 unidades. Foto Osvaldo Afonso/Imprensa MG

Betim e Contagem, na Região Metropolitana de Belo Horizonte (RMBH), receberão, até o fim de 2014, um conjunto de 51 Unidades Básicas de Saúde (UBS) – Padrão Minas. O governador Antonio Anastasia esteve nos dois municípios, nesta terça-feira (17/12), onde anunciou o investimento de R$ 65 milhões do Sistema Único de Saúde (SUS) e assinou termo de parceria com os municípios.

O objetivo é reforçar a estrutura da atenção primária em Minas Gerais. Serão implantadas, até o final de 2014, mais de 300 outras UBS Padrão Minas em todo o Estado, totalizando cerca de R$ 350 milhões em recursos para a saúde pública.

“Estamos lançando um programa que é pioneiro na área da saúde pública. Ressalto a relevância deste projeto, primeiro pela sua concepção arquitetônica inovadora, segundo pelo material que utiliza, o nosso aço mineiro, e terceiro pelo seu fundamental conteúdo no apoio à atenção básica à saúde, abrigando as equipes do Programa de Saúde da Família. Teremos essas construções realizadas em poucos meses, melhorando muito o atendimento à saúde”, disse o governador Anastasia, lembrando a importância de políticas públicas voltadas para a melhoria da saúde, atuando “naquilo que temos de mais importante, que é a vida, nossa primeira preocupação”, completou. Continuar lendo

Com receio de perder o uso político do Bolsa Família, governo do PT quer barrar sua institucionalização

Dep.Luiz Henrique (PSDB)
Dep.Luiz Henrique (PSDB)

Ao transformar os programas assistenciais em instrumento eleitoreiro, o governo do PT esconde a verdade sobre a origem do Bolsa Família e engana a população. Além de negar que o programa foi uma construção histórica iniciada em 1995, na gestão de Fernando Henrique Cardoso, o PT quer agora barrar a incorporação do Bolsa Família na Lei Orgânica de Assistência Social (Loas).

A incorporação é uma proposta do senador Aécio Neves (PSDB-MG) que visa dar mais segurança e tranquilidade aos beneficiários do Bolsa Família. A medida, porém, tem esbarrado no receio de lideranças petitas de perder o controle do uso eleitoreiro dos programas de transferência de renda. “A proposta do senador Aécio Neves vai encontrar resistência do PT, pois, se aprovada, acabará com a exploração política que vem sendo feita do Bolsa Família”, afirmou o deputado Luiz Henrique (PSDB). Continuar lendo

Pesquisas eleitorais, por Rodrigo de Castro

Artigo do deputado federal Rodrigo de Castro (PSDB-MG) publicado no jornal Estado de Minas – 17/12/13

rodrigo de castroNo país em que inúmeros torcedores de futebol também se consideram técnicos para decidir quem serão os 11 jogadores em campo, não é de se estranhar que haja tanto especialista em outro domínio: os resultados de pesquisas eleitorais.

Há uma diferença fundamental, entretanto. Enquanto a motivação para escalar o time nasce de uma legítima paixão nacional, a interpretação dos números dos institutos de opinião pública muitas vezes atende meramente à manipulação cometida por torcidas político-partidárias organizadas. Com o crescimento da relevância da internet e das redes sociais, o fenômeno virou corriqueiro e onipresente.

Faço essas considerações, pois, por mais óbvio que possa parecer, as pesquisas eleitorais deveriam servir sobretudo para que os cidadãos tivessem uma melhor compreensão das tendências em curso na opinião pública e nas intenções de voto. Entretanto, há um nítido esforço de propaganda para apresentar a candidata Dilma Rousseff praticamente como presidente vitoriosa nas próximas eleições. E no primeiro turno! Continuar lendo

Destaque na imprensa: Erenice Guerra atua no TCU em nome de estatal sob influência do PT

Matéria publicada no jornal O Estado de S.Paulo – 17/12/13

No TCU, Erenice defende, informalmente, interesses da Ceagesp, comandada pelo PT

A ex-ministra da Casa Civil Erenice Guerra atuou no Tribunal de Contas da União (TCU) em nome de uma estatal sob influência política do PT. Vinculada ao Ministério da Agricultura, a Companhia de Entrepostos e Armazéns Gerais de São Paulo (Ceagesp) recorreu informalmente à ex-ministra para tratar de processo no qual a estatal foi proibida de prorrogar contrato com uma empresa de coleta e tratamento de lixo, cujo dono é ligado ao partido. Para a corte, os serviços poderiam ter custado R$ 876 mil a menos por ano.

Erenice, que deixou o governo em 2010 sob suspeitas de tráfico de influência, vem atuando no TCU desde o no passado. Embora não advogue oficialmente para a Ceagesp nem seja parte no processo, ela levantou informações sobre o caso com a equipe do ministro José Múcio em 25 de novembro. Continuar lendo

Orçamento vai a votação; Domingos Sávio cobra seriedade e aplicação justa de recursos

Dep.Domingos Sávio (PSDB-MG)
Dep.Domingos Sávio (PSDB-MG)

Coordenador do PSDB na Comissão de Mista de Orçamento, o deputado Domingos Sávio (PSDB-MG) afirmou que os integrantes do colegiado estão acertando os últimos detalhes para a votação do Orçamento de 2014, nesta terça-feira (17). O tucano destacou a importância da peça orçamentária para o país.

“Nós da oposição estamos tomando uma atitude republicana, de olhar o interesse do país e relevar algumas questões, uma atitude de responsabilidade. O Orçamento não é uma peça para servir ao governo, mas para servir aos interesses de todos”, disse durante pronunciamento em plenário. “Esperamos poder aprovar o Orçamento sem fazer oposição ao país, cobrando seriedade e uma aplicação mais justa dos recursos”, completou.

O parlamentar afirmou que os recursos previstos não têm sido executados de forma democrática. “Com frequência vemos o Orçamento ser utilizado sem o espírito republicano que deve permear a ação de quem governa o país. O exemplo disso é que Minas Gerais tem sido relegada ao descaso absoluto. O metrô de Minas nos últimos anos deixou de receber quase R$ 1 bilhão. O governo desvia esse dinheiro desprezando o interesse do povo mineiro”, criticou.

Domingos Sávio defendeu o orçamento impositivo e a execução das emendas parlamentares. “Queremos ver garantidos recursos para compensar os estados, especialmente Minas Gerais quanto à Lei Kandir. Queremos garantir que as emendas feitas para atender o transporte escolar e a área da saúde sejam contempladas”, destacou.

Fonte: Diário Tucano