Marcus Pestana faz balanço do governo do PSDB em Minas

No plenário da Câmara, na tarde desta terça-feira (10/12), o deputado federal Marcus Pestana (PSDB-MG) destacou as ações governamentais e os investimentos em infraestrutura do Governo de Minas Gerais, liderado pelo PSDB, tendo à frente Aécio Neves e Antonio Anastasia, nos últimos 11 anos, em contraste com a ineficiência do Governo do PT, no plano federal.

“Governo é julgado não pela intenção dos atores, não pela retórica vazia ou pelo marketing oficial, mas sim por resultados,” afirmou Pestana.

Na área de transportes, por exemplo, o parlamentar tucano destacou ações de infraestrutura no Governo de Minas, como o programa Caminhos de Minas, que prevê a pavimentação de trechos rodoviários de mais de 300 municípios mineiros.

O deputado criticou a forma de atuação da presidente Dilma Rousseff, que caracterizou como “intervencionismo desorganizador”. Afirmou que é preciso reinventar a federação brasileira, isto é “ter coragem de entender o Brasil continental, com seus contrastes e diferenças.” Para ele, o governo precisa propor políticas públicas descentralizadas. “Nunca vi o Obama distribuindo retroescavadeira. Estadista mexe com macroeconomia e com política externa”. Assista ao pronunciamento:

Leia entrevista de Aécio – Assuntos: STF, doações de campanha, código da mineração, dívida dos estados

Foto George Gianni/PSDB
Foto George Gianni/PSDB

Entrevista coletiva do senador Aécio Neves, presidente do PSDB – Brasília (DF) – 10/12/13

Assuntos: STF, doações de campanha, código da mineração, dívida dos estados

Sobre pedido do STF de inconstitucionalidade de doações de empresas às campanhas eleitorais. O Congresso se omitiu em não fazer a reforma política?

Acho que é de responsabilidade do Congresso sim a ausência de uma reforma política no Brasil. Uma reforma política que aproximasse o eleitor, o cidadão, dos seus representantes. Isso poderia ter passado pelo voto distrital misto, pelo fim das coligações proporcionais, na nossa avaliação, pelo fim da reeleição. Em razão até do mau exemplo que a atual presidente da República vem dando na utilização do cargo para construir as suas alianças em favor da sua reeleição. Não gosto muito deste ativismo político do Supremo Tribunal Federal. Nas vezes em que decidiu, não decidiu a favor, infelizmente, do aperfeiçoamento do processo político brasileiro. Foi assim no final da cláusula de desempenho, a chamada cláusula de barreira. Foi assim quando permite a portabilidade do tempo de televisão e da parcela do fundo partidário quando o parlamentar migra para um novo partido. E em relação ao financiamento de campanhas, o que temos de estabelecer é a transparência absoluta. É saber quem doou e para quem doou, para que não possamos, até a pretexto de estarmos criando limites, estar estimulando o caixa 2, que é o que me parece que pode acontecer. Continuar lendo

Ex-assessores de Mantega terão de explicar propina

Mosaico

A Comissão de Meio Ambiente, Defesa do Consumidor e Fiscalização e Controle (CMA) chamará Marcelo Estrela e Humberto Barreto Alencar Fiche, ex-assessores do ministro da Fazenda, Guido Mantega, para esclarecer denúncias da revista Época de recebimento de propina em contrato com a empresa Partnersnet Comunicação Empresarial, que presta serviço de assessoria de imprensa ao ministério.

O requerimento propondo a oitiva foi apresentado pelos senadores do PSDB Aloysio Nunes (SP) e Alvaro Dias (PR) e foi aprovado nesta terça-feira (10) pela CMA. Também deverá ser convidada a falar aos senadores Anne Paiva, ex-secretária da empresa, que teria procurado a revista para apresentar documentos que comprovariam a existência do esquema, conforme informam os senadores, na justificação do requerimento.

Conforme a Época, Estrela e Alencar – respectivamente, ex-chefe de gabinete e ex-chefe da assessoria técnica e administrativa de Mantega – serão investigados pela Polícia Federal.

Fonte: Liderança do PSDB no Senado

PSDB protocola requerimentos para ouvir Tuma Jr e convocar ministro Gilberto Carvalho

Dep. Carlos Sampaio (SP), líder do PSDB na Câmara. Foto Alexssandro Loyola
Dep. Carlos Sampaio (SP), líder do PSDB na Câmara. Foto Alexssandro Loyola

O líder do PSDB na Câmara, Carlos Sampaio (SP), protocolou nesta terça-feira (10) requerimentos para a realização de audiência pública com o ex-secretário nacional de Justiça Romeu Tuma Jr e de convocação do ministro Gilberto Carvalho (Secretaria-Geral da Presidência) na Comissão de Segurança Pública e Combate ao Crime Organizado.

Os pedidos também são assinados pelo presidente da comissão, deputado Otavio Leite (RJ), e pelo líder da Minoria, Nilson Leitão (MT). Na Comissão de Fiscalização Financeira e Controle, requerimento de convite a Tuma Jr foi protocolado pelos deputados Vanderlei Macris e Vaz de Lima, ambos do PSDB de São Paulo.

Continuar lendo

Eduardo Azeredo participa da Conferência Internacional contra o Cibercrime

eduardo azeredo - conferencia

O deputado Eduardo Azeredo (PSDB-MG) participou da Conferência Internacional de Cooperação contra o Cibercrime (Octopus Conference Cooperation against Cybercrime), realizada pelo Conselho da Europa, em Estrasburgo, na França. O tucano integrou mesa de debates sobre os avanços e desafios da cibersegurança.

O deputado falou da experiência brasileira, destacando a aprovação das leis de combate aos delitos digitais, em 2012. Também relatou as medidas que o país adotou após os episódios de espionagem norte-americana. “Após as notícias de que cidadãos e órgãos brasileiros foram espionados pela Inteligência norte-americana, Brasil e Alemanha, onde isso também aconteceu, também elaboraram um documento com essas preocupações, cuja lista de adeptos tem crescido consistentemente. Dos iniciais dez copatrocinadores, o documento já chega a 50 adeptos”, acrescentou Azeredo durante o evento ocorrido na última semana.

A Octopus Conference reúne especialistas em segurança digital de todo o mundo. Esta é quarta vez que Azeredo participa da conferência, por seu envolvimento com o assunto no Parlamento brasileiro e em outros cargos que ocupou no serviço público e na iniciativa privada.

Fonte: Diário Tucano

ITV: O PT pôs para funcionar uma máquina de triturar reputações

itv-logo534

A prevalecerem as revelações feitas por um graduado ex-funcionário da gestão Lula, está provado que há uma engrenagem azeitada e organizada dentro do próprio governo para difamar adversários. O partido que produziu a compra de votos em escala industrial também desenvolveu uma linha de montagem para fabricar dossiês e falcatruas em série e pôs para funcionar uma máquina de triturar reputações. A coerção vil está no modus operandi petista, ressalta o Instituto Teotônio Vilela (ITV), órgão de estudos e formação política ligado ao PSDBContinuar lendo