Aderir a sistema partidário mais enxuto é caminho natural, explica Pestana

Dep. Marcus Pestana (PSDB-MG)
Dep. Marcus Pestana (PSDB-MG)

Para o deputado Marcus Pestana (PSDB-MG), representante tucano no grupo de trabalho que analisa a reforma política, as medidas aprovadas na reunião desta quinta-feira (10) ajudarão a sanar a questão da pulverização de partidos. De acordo com a proposta, só terão acesso a tempo de rádio e TV, fundo partidário, funcionários e espaço físico os partidos que obtiverem pelo menos 3% dos votos no país e 3% dos votos em nove estados.

Apesar de restringir os benefícios a legendas menores, o texto simplifica a criação de novos grupos, pois reduz a exigência de assinaturas de 0,5% para 0,25% dos eleitores. “É natural que progressivamente iremos caminhando para um sistema partidário mais enxuto. Vamos até facilitar a criação de novos partidos, mas eles ficam como associação de âmbito da sociedade civil. Se o deputado se eleger, mas o partido não atingir a cláusula de desempenho, ele fica como um deputado avulso de um partido que ainda não se viabilizou”, explicou. Continuar lendo

Paulo Abi-Ackel discute com ministro das Comunicações implantação da internet 4G

paulo abi-ackel

A implantação da internet 4G no Brasil foi tema de uma audiência, ontem, entre integrantes da Comissão de Ciência e Tecnologia, Comunicação e Informática (CCTCI), presidida pelo deputado Paulo Abi-Ackel (PSDB-MG), e o Ministro das Comunicações, Paulo Bernardo.

Por determinação do governo, os serviços de telefonia e internet móveis no sistema de 4ª Geração terão de ocupar a radiofrequência na faixa de 700 MHz.

O problema é que essa parte do espectro compreende os canais de 52 a 69 do UHF, que são destinados, hoje, em maioria, a emissoras abertas do campo público, como as TVs Câmara, Senado e Assembleia e a Empresa Brasil de Comunicação (EBC). Continuar lendo

Copom, inflação e redução de empregos: para líder do PSDB, economia está sem rumo

O quinto aumento consecutivo na taxa de juros, a inflação de 5,8% em 12 meses e a quarta queda consecutiva no nível de empregos na indústria revelam que a economia brasileira está sem rumo e que a gestão populista e voluntarista dos governos do PT armaram verdadeiras armadilhas para o país. Essa é a opinião do líder do PSDB na Câmara, Carlos Sampaio (SP).

Segundo ele, o cenário econômico é extremamente preocupante. “A desorientação dos governos do PT na condução da economia armou armadilhas para o país: aumento de juros em um momento em que a economia cresce pouco e a inflação segue alta e persistente. O resultado da conjunção desses fatores é a queda no número de empregos. É o pior dos mundos”, disse. Continuar lendo

“Nosso maior legado é esse novo modo de governar”, afirma Anastasia

Em encontro com lideranças do comércio e dos trabalhadores, governador apresenta resultados do trabalho de planejamento realizado pelo Governo de Minas. Foto Renato Cobucci / Imprensa MG
Em encontro com lideranças do comércio e dos trabalhadores, governador apresenta resultados do trabalho de planejamento realizado pelo Governo de Minas. Foto Renato Cobucci / Imprensa MG

O governador Antonio Anastasia esteve, nesta quinta-feira (10/10) na Câmara de Dirigentes Lojistas de Belo Horizonte (CDL-BH), para apresentar aos diretores e integrantes das câmaras e conselhos da entidade, além de representantes dos trabalhadores, o trabalho desenvolvido pelo Governo de Minas para atração de investimentos e melhoria da qualidade de vida dos mineiros. O governador explicou que os resultados entregues pelo Governo nos últimos anos só foram possíveis graças a uma nova cultura de planejamento inserida nos serviço público em Minas Gerais desde 2003.

“Nós tentamos incutir, inocular em Minas Gerais uma cultura do planejamento o que também não é fácil porque existe na consciência coletiva da sociedade uma sofreguidão por resultados imediatos. Nós sabemos que as políticas públicas mais consistentes demoram até algumas décadas para consolidarem. Eu não estou dizendo nada de novo, basta abrir a janela para o mundo e ver o que aconteceu em alguns países do Extremo Oriente que avançaram com certa rapidez. Mas a certa rapidez de Cingapura levou 40 anos. A mesma coisa ocorreu na Coreia do Sul”, lembrou o governador, reafirmando que os resultados a serem conquistados daqui para frente tendem a ser ainda mais auspiciosos. Continuar lendo

Mais um título conquistado por Dilma: Brasil volta a ter a maior taxa de juro real do mundo

Leia matéria publicada no portal Estadão

Selic sobe e Brasil volta a ter o maior juro real do mundo

O Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central elevou nesta quarta-feira, pela quinta vez seguida, a taxa básica de juros da economia, a Selic. A alta de 0,5 ponto porcentual, para 9,5% ao ano, foi adotada em decisão unânime. Com a elevação, o Brasil volta a ter o maior juro real (descontada a inflação) do mundo, de 3,5%, segundo cálculos do economista Jason Vieira.

O ciclo de maior aperto monetário promovido pelo governo Dilma Rousseff teve início em abril deste ano, quando a taxa passou de 7,25% para 7,5%. Desde então, a taxa já subiu 2,25 pontos porcentuais. Continuar lendo

Juros e inflação nas alturas

itv-logo534

No início do mandato, Dilma Rousseff prometeu aos brasileiros que iríamos crescer em velocidade de cruzeiro, o juro iria ficar baixinho, a inflação não incomodaria e a gerentona iria botar para quebrar realizando as obras que acelerariam o país. Uma a uma, suas promessas foram ficando pelo caminho. Se a carestia já se tornou nosso drama de todo dia, ressuscitada pelo PT, os juros altos são a mais recente frustração deste rol, lembra a Carta de Formulação e Mobilização Política do Instituto Teotônio Vilela (ITV), orgão de estudos ligado ao PSDB. Leia íntegra: Continuar lendo

Anastasia entrega reforma da fábrica-escola do Instituto Cândido Tostes e assina convênios

Com investimentos de cerca de R$ 33 milhões para construção, ampliação e reforma de hospitais, sete municípios passam a integrar a Rede de Urgência e Emergência Macro Sudeste. Foto Omar Freire/Imprensa MG
Com investimentos de cerca de R$ 33 milhões para construção, ampliação e reforma de hospitais, sete municípios passam a integrar a Rede de Urgência e Emergência Macro Sudeste. Foto Omar Freire/Imprensa MG

O governador Antonio Anastasia participou nesta quarta-feira (09/10), em Juiz de Fora, da cerimônia oficial de entrega da reforma da fábrica-escola do Instituto de Laticínios Cândido Tostes e autorização para liberação de recursos nas áreas da saúde e de infraestrutura. Em evento no Hotel Premier, o governador de Minas participou de assinatura de convênios com sete hospitais que passam a integrar a rede de resposta da Rede de Urgência e Emergência Macro Sudeste, em um investimento de cerca de R$ 33 milhões.

Para Antonio Anastasia, a gestão em rede é um caminho para avançar na resposta ao atendimento na área de urgência e emergência. “Na saúde, o investimento nunca é feito em uma cidade só, porque todo o sistema de saúde está concebido de modo integrado e harmônico, no qual as esferas federal, estadual e municipal estão em cooperação, inclusive mediante consórcios. Temos, aqui, a macrorregião Sudeste de Urgência e Emergência, capitaneada por Juiz de Fora, que é a cidade polo, e, por isso, atenderá diversos municípios. Estamos alocando recursos não só para unidades hospitalares de Juiz de Fora, mas também de outras cidades. Faremos uma rede para dar atendimento necessário à população”, disse o governador, que estava acompanhado do secretário de Saúde, Antônio Jorge.

Antonio Anastasia descerrou placa alusiva à entrega da reforma da fábrica-escola do Instituto de Laticínios Cândido Tostes, referência nacional na área de pesquisa da cadeia produtiva do leite. Durante a solenidade, o governador ainda assinou convênios com a prefeitura de Juiz de Fora para construção de cinco postos de saúde e de cinco unidades do programa Farmácia de Minas. Com o Consórcio Intermunicipal de Saúde para Gerenciamento da Rede de Urgência e Emergência da Macro Sudeste (Cideste), o governador de Minas determinou à SEScelebração de convênio para a aquisição de equipamentos, mobiliários, medicamentos e veículos, no valor de R$ 6 milhões, por meio do Fundo Estadual de Saúde.

O Governo de Minas, por intermédio da Secretaria de Estado de Transportes e Obras Públicas (Setop), e o município de Juiz de Fora assinaram convênio de cooperação técnica e financeira para repasse de R$ 20 milhões, por meio da Companhia de Desenvolvimento Econômico de Minas Gerais (Codemig), para a realização de obras de reestruturação e melhoramento do sistema viário do município.

Campos das Vertentes

Recursos são para reforma e ampliação do Hospital Geral, aquisição de equipamentos médicos e para compra de medicamentos. Foto Carlos Alberto
Recursos são para reforma e ampliação do Hospital Geral, aquisição de equipamentos médicos e para compra de medicamentos. Foto Carlos Alberto/Imprensa MG

A população de Barbacena e de diversos municípios da região terá mais qualidade no atendimento à saúde. Nesta quarta-feira (09/10), o governador Antonio Anastasia esteve na cidade e autorizou o repasse de R$ 16,8 milhões do Governo de Minas para reforma e ampliação do Hospital Geral de Barbacena Dr. José Américo. Com a reforma e ampliação, o hospital passará dos 71 leitos atuais, quatro salas de cirurgia e ambulatórios para 250 leitos e oito salas de cirurgia, em uma concepção mais moderna e funcional para atender a Rede de Urgência e Emergência da região.

“Fico muito feliz de voltar a Barbacena e cumprir o compromisso que assumimos de abrir o Hospital da Fhemig, alocando cerca de R$ 16 milhões para que a unidade possa servir e servir bem à população não só de Barbacena, mas de todos os municípios que estão sobre o seu raio de influência”, ressaltou o governador Anastasia.

O hospital é referência regional no atendimento de nível secundário e terciário, em clínica médica, clínica ortopédica, de traumas, buco-maxilo-facial, cirurgia geral e Centro de Terapia Intensiva (CTI) para adultos em uma região compreendida por 50 municípios e aproximadamente 720 mil habitantes. Inaugurado em setembro de 2005, conta com 44 leitos de internações em clínica médica, 17 de clínica cirúrgica e dez leitos de terapia intensiva para adultos cadastrados no Sistema Único de Saúde (SUS).

Leia matéria completa na Agência Minas

Pestana: PSDB contribui para aprimorar o Mais Médicos em defesa da saúde da população

Durante a discussão da Medida Provisória 621/13, que cria o programa Mais Médicos, na noite de terça-feira (08/10), o deputado federal Marcus Pestana (PSDB-MG) subiu à tribuna da Câmara para ressaltar as contribuições do PSDB para o aprimoramento do programa, sem deixar de apontar os problemas que ainda remanescem na discussão. O texto da MP foi aprovado na terça-feira, mas os parlamentares votaram na quarta-feira os destaques com temas específicos da matéria. (Saiba mais)

Segundo o tucano, o partido defendeu a necessidade de revalidação do diploma do médico estrangeiro, a introdução da carreira nacional do SUS e a prioridade para os médicos brasileiros no edital do Mais Médicos.

“Esse episódio é eivado de equívocos e distorções, uma politização extrema com viés eleitoral, mas o PSDB entende que a saúde é prioritária, que a população deseja mais médicos, e procuramos agir como maior partido de oposição para interferir e aprimorar a política pública,” afirmou Pestana.

Em seu discurso, o deputado criticou a falta de diálogo entre governo e demais setores da sociedade durante a construção do programa, enfatizando que a sua criação por meio de Medida Provisória foi um equívoco. Além disso, lamentou que os médicos tenham sido “demonizados” e jogados contra a população. “Os médicos são centrais na atenção à saúde e no SUS. Não se faz um bom SUS tencionando e radicalizando os profissionais médicos,” ressaltou.

Para ele, ademais, remanescem alguns problemas essenciais: a situação precária dos médicos cubanos e a defesa dos 10% dos recursos federais para o SUS. “É preciso Mais diálogo e mais preocupação com a qualidade de atenção à saúde das pessoas.”

Fonte: Assessoria de Imprensa do deputado Marcus Pestana

Líderes querem informações sobre uso de helicóptero de socorro da PRF pela ministra Ideli

O líder do PSDB na Câmara, Carlos Sampaio (SP), e o líder da Minoria, Nilson Leitão (PSDB-MT), protocolaram requerimentos pedindo informações a autoridades sobre o uso de helicóptero da Polícia Rodoviária Federal pela ministra das Relações Institucionais, Ideli Salvatti. Ela usou a aeronave durante compromissos em Santa Catarina, sua base eleitoral, entre 2011 e 2013.

Os tucanos querem explicações do ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, e da própria ministra. Sampaio solicita a lista das requisições do helicóptero com data, horário e integrantes da tripulação dos voos realizados por Ideli.

Segundo reportagem do “Correio Braziliense”, o equipamento é conveniado ao Serviço de Atendimento Médico de Urgência (Samu) e conta com maca, tubo de oxigênio e materiais de primeiros socorros. À disposição de Ideli, o helicóptero tem os equipamentos retirados e a escala de atendimento de urgência suspensa. “O PT insiste em confundir sua atuação como governo e suas campanhas políticas e isso pode ser tolerado”, explica o deputado. Continuar lendo

Anastasia responde a perguntas de cidadãos da RMBH, do Norte e do Sul de Minas

Palavra do Governador

Perspectivas e ações para agricultura, segurança pública e transporte coletivo, temas de interesse de cidadãos mineiros de todo o Estado, são a pauta da edição desta semana do Palavra do Governador. No programa, o governador Antonio Anastasia volta a responder diretamente a perguntas formuladas por moradores de diversas regiões de Minas Gerais.

Continuar lendo