PSDB-MG e aliados intensificam diálogo com os mineiros

Movimento Minas Mostra o Caminho prepara encontros regionais “Conversa com os Mineiros” com participação do senador Aécio Neves
Movimento Minas Mostra o Caminho prepara encontros regionais “Conversa com os Mineiros” com participação do senador Aécio Neves

O PSDB de Minas Gerais e os partidos que integram a base aliada do Governo Antonio Anastasia se reuniram, na noite desta segunda-feira (07/10), em Belo Horizonte, para definir as ações do “Movimento Minas mostra o Caminho”. O movimento suprapartidário foi criado com o objetivo de preparar a série de encontros Conversa com os Mineiros, que reunirá lideranças de todas as regiões de Minas com o presidente do PSDB, senador Aécio Neves.

Uberlândia (Triângulo) será a sede do primeiro encontro a ser realizado no dia 28 de outubro. No dia 11 de novembro o encontro acontece em Poços de Caldas (Sul de Minas). O terceiro encontro será em Montes Claros (Norte de Minas), no dia 2 de dezembro.

Durante a reunião na Casa de JK, sede do diretório estadual do PSDB-MG, os representantes dos partidos discutiram a dinâmica e o formato dos encontros. A ideia é garantir maior participação de todos os setores da sociedade.

“A ideia é permitir que lideranças da sociedade civil das diversas regiões possam levantar questões e debater com o senador Aécio Neves. Além disso, vamos distribuir um documento mostrando a transformação de Minas após a implantação do Choque de Gestão e os avanços sociais obtidos por Aécio e Anastasia”, explicou o presidente do PSDB-MG, deputado federal Marcus Pestana.

Diretas

O PSDB de Minas Gerais prepara uma homenagem especial para o encontro de Poços de Caldas. A data celebrará três décadas da “Declaração de Poços de Caldas”, que marcou o início do movimento pela redemocratização brasileira, as Diretas.

“A cidade tem um significado especial. Estaremos comemorando os 30 anos da assinatura do primeiro documento defendendo as Diretas. Na época, os governadores de São Paulo, Franco Montoro, e de Minas Gerais, Tancredo Neves, assinaram em Poços de Caldas uma nota defendendo uma ação conjunta a favor das eleições diretas no país”, lembrou Marcus Pestana.

Investigação do deputado Rogério Correia (PT-MG) por crime de improbidade administrativa está parada há dois anos

Encontra-se parado, há cerca de dois anos, no Ministério Público Estadual de Minas Gerais (MPE) o processo que investiga denúncia de improbidade administrativa contra o deputado estadual Rogério Correia (PT-MG).

A investigação deveria esclarecer as reais ligações do deputado com o falsário Nilton Antônio Monteiro, atualmente preso por falsificação de documentos e suspeito de aplicar golpes que somam 1,3 bilhão.

O deputado até hoje não deu os devidos esclarecimentos sobre a atuação dele no episódio da “Trama dos Falsários”, denunciado pela Revista Veja, em dezembro de 2011, que mostra o deputado Rogério Correia e seu principal assessor parlamentar Simeão de Oliveira, em horário de expediente, dando apoio e orientação ao falsário Nilton Monteiro em busca de modelos de assinaturas de parlamentares e de ex-dirigente da Estatal Furnas Elétricas SA, mais tarde utilizadas em documentos falsificados.

Escuta realizada pela Polícia Federal, com autorização judicial, gravou o próprio deputado em diálogo como o falsário. Além de orientar Monteiro, os petistas também discutiam com ele benefícios e facilidades em negócios em instituições federais, como Banco do Brasil, Caixa Econômica Federal e BNDES.

Além de escalar seu assessor parlamentar para auxiliar o falsário, o deputado Rogério Correia é acusado, ainda, de escalar advogado do corpo de assessores da bancada do PT na Assembleia para defender Nilton Monteiro em horário de expediente, além de usar sua verba de representação para ajudar o falsário.

Portos abandonados e investimento pífio destoam do discurso de modernização do governo federal

Dep.Eduardo Azeredo (PSDB-MG)
Dep.Eduardo Azeredo (PSDB-MG)

O deputado Eduardo Azeredo (PSDB-MG) afirmou nesta segunda-feira (7) que a saída do ministro da Secretaria de Portos, Leônidas Cristino, e a pífia execução da pasta são provas da ineficiência do governo e indicam que o Planalto não está preocupado com uma área fundamental para o desenvolvimento do país. O abandono dos portos e a execução zero de obras de melhorias soam como contraditórios diante do discurso da presidente Dilma de que pretendia modernizar a área.

Cristino deixou o governo na última semana sem ter gasto, em nove meses, um real do orçamento da pasta com obras para este ano. Ele não executou nenhum dos compromissos para melhorar a gestão dos portos assumidos pelo governo com o setor privado em dezembro do ano passado no lançamento do novo marco regulatório do setor.

“Ao criar a Secretaria de Portos, o governo disse que faria isso para modernizar o país, mas o que vimos foi que essa criação serviu apenas para fazer uma composição política e não deu nenhuma força ao setor”, critica Azeredo. A secretaria com status de ministério foi criada em 2007. Ouça entrevista

Objeto desconhecido Continuar lendo

Paulo Abi-Ackel comandará audiência sobre Rádio Digital

O deputado Paulo Abi-Ackel é o presidente da Comissão de Ciência e Tecnologia, Comunicação e Informática
O deputado Paulo Abi-Ackel é o presidente da Comissão de Ciência e Tecnologia, Comunicação e Informática da Câmara dos Deputados

O deputado federal Paulo Abi-Ackel (PSDB-MG) comanda, neste terça-feira, a audiência pública da Comissão de Ciência e Tecnologia, Comunicação e Informática sobre o relatório final da Subcomissão Especial que estudou e avaliou o modelo de rádio digital a ser adotado no Brasil

Foram convidados para a reunião representantes do ministério das Comunicações, da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), da Empresa Brasil de Comunicação (EBC), da Associação das Rádios Públicas do Brasil (Arpub), da Associação Mundial de Rádios Comunitárias (Amarc), da Associação Brasileira de Rádio e Televisão (Abratel) e da Associação Brasileira de Emissoras de Rádio e Televisão.

Para o deputado Paulo Abi-Ackel, presidente da CCTCI, o debate auxiliará os parlamentares a formular um melhor juízo sobre a situação. “O que nós percebemos, na verdade, é uma grande dificuldade do governo federal em coordenar processos importantes para o país. Como um vácuo de direcionamento por parte de quem deveria conduzir o processo, nós precisamos tomar a frente dessa questão”. Continuar lendo

Confira “Transposição do descaso”: o maior retrato a céu aberto de descaso e má gestão do governo petista

o tempo 1

O jornal O Tempo iniciou a publicação neste domingo (06/10) de uma reportagem especial “Transposição do descaso”, mostrando como está hoje a obra de transposição do rio São Francisco, iniciada pelo ex-presidente Lula, em 2007, como solução de seca no Nordeste.

Ela é hoje o retrato a céu aberto de descaso e má gestão do governo petista, que já gastou R$ 3,5 bilhões a mais que o previsto com a obra, que apresenta falhas técnicas, está abandonada e comprometida pela ação do tempo.

A reportagem mostra também  a vida sofrida do sertanejo naquela região, que vê morrer, diariamente, seus animais de sede.

Leia reportagem especial “Transposição do descaso”

Confira também Descaso do governo faz R$ 8,2 bilhões virarem poeira

Cemitério de obras inacabadas

aecio neves - transposicao

No programa nacional do PSDB, que foi ao ar nas emissoras de rádio e TV no dia 19 de setembro, o senador Aécio Neves, presidente do partido, alertava que o Brasil havia se transformado num cemitério de obras inacabadas. Ele foi até ao município de Mauriti (CE), mostrou o desperdício de dinheiro público com a obra de transposição do rio São Francisco e  conversou com o sr. Francisco, agricultor cearense, que sofre com a seca. “Não há desperdício maior do dinheiro público que começar uma obra, investir recursos nela e não terminá-la, porque aí o benefício não chega”, afirmou Aécio Neves.

Confira o programa do PSDB

ITV: nunca foram tão fortes as manifestações contrárias à perpetuação do PT no poder

itv-logo534

Falta um ano para as eleições presidenciais e, nesta altura dos acontecimentos, a única coisa que se pode afirmar, sem medo de errar, é que nunca foram tão fortes as manifestações contrárias à perpetuação do PT no poder. O ciclo do partido de Lula, Dilma e José Dirceu parece fadado a terminar em 2014. Aproxima-se a eleição da mudança, e quanto mais alternativas para a construção de um novo Brasil, melhor para nossa democracia, analisa o Instituto Teotônio Vilela (ITV) em sua Carta de Formulação e Mobilização Política desta segunda-feira (07/10). Confira íntegra abaixo:

Continuar lendo

O cenário político: nova etapa rumo a 2014, por Marcus Pestana

Artigo do deputado federal Marcus Pestana, presidente do PSDB-MG, publicado no jornal O Tempo – 07/10/14

Como dizia a velha raposa política, “o único prazo que político respeita é o legal”. O jogo político tem disso, parece às vezes um balé entre os diversos atores, um xadrez cheio de sutilezas, uma esgrima refinada, onde momentaneamente a versão é mais importante do que os fatos, o gesto superior a mil palavras, o silêncio é eloquente. A arte da política implica na administração correta do tempo. Não se abre o jogo logo de primeira. O ensaio no teatro de operações implica em balões de ensaio, blefes legítimos, insinuações reticentes. Mas quando o prazo legal vence é inevitável colocar parte das cartas sobre a mesa.

Os movimentos subjetivos no teatro político, é claro, não substituem as bases objetivas da realidade. Continuar lendo