Utilização política do Minha Casa, Minha Vida põe em risco credibilidade do programa, diz deputado

O deputado federal Vanderlei Macris (PSDB-SP) criticou a utilização política do programa habitacional Minha Casa, Minha Vida pelo governo federal. Macris cobrou esclarecimentos sobre a denúncia de que líderes comunitários filiados ao PT usam critérios políticos para gerir a maior parte dos R$ 238,2 milhões repassados pelo projeto. “É lamentável a utilização política de um programa dessa natureza que devia ser absolutamente democrático. Precisamos de esclarecimentos sobre esse financiamento com verba pública. Isso coloca em risco a credibilidade da iniciativa”, disse.

De acordo com o jornal O Estado de S.Paulo, 11 das 12 entidades com projetos aprovados pelo Ministério das Cidades são dirigidas por filiados ao PT. Quem marca presença em protestos e até ocupações ganha prioridade na fila da casa própria em São Paulo, segundo a reportagem.

Ouça Boletim de Rádio

Macris criticou o aparelhamento da máquina pública. “Os últimos anos de governo do PT mostram claramente esse aparelhamento. O programa é usado politicamente pelo governo. Não é possível mais conviver com esse tipo de postura em um país que precisa ser democrático e republicano”, ponderou.

Leia também

Líder tucano pede apuração de benefício a grupos políticos no Minha Casa, Minha Vida

Destaque na imprensa: Minha Casa para os meus

Fonte: Com informações do Diário Tucano

PSDB Sindical realiza encontro nacional em Betim

Convite PSDB Sindical

O Núcleo Sindical do PSDB realiza no dia 24, em Betim, o segundo encontro nacional. O evento terá como tema a nova agenda do mundo do trabalho e contará com a presença de lideranças do partido, como o prefeito de Betim, Carlaile Pedrosa (PSDB), deputados federais e estaduais. A expectativa dos sindicalistas tucanos é reunir trabalhadores de mais de 20 estados e representantes de diferentes categorias.

Integrantes de centrais como Força Sindical, União Geral dos Trabalhadores (UGT) e da Nova Central Sindical dos Trabalhadores (NCST) também deverão participar. A programação inclui palestras e debates.

Segundo o presidente do PSDB Sindical de Minas Gerais, Rogério Fernandes, o encontro tem como objetivo aproximar as lideranças sindicais das diversas demandas apresentadas pela sociedade – e que, não necessariamente, têm ligação direta com o universo trabalhista. “Vimos, nos últimos meses, as pessoas indo para as ruas protestarem por mais saúde, educação, mobilidade; enfim, uma pauta ligada à nossa Constituição. É isso que queremos trazer para o Núcleo Sindical do PSDB”, declarou.

Para ele, os 10 anos de gestão do PT no governo federal são caracterizados pelo distanciamento entre o Planalto e as demandas das categorias. “A presidente Dilma Rousseff tem um problema muito sério com os movimentos sociais. Ao longo de todo o seu mandato não atendeu uma reivindicação sequer dos trabalhadores. Ao contrário: loteou o Ministério do Trabalho para ONGs que se aproveitaram do dinheiro dos trabalhadores”, disse.

Rogério criticou ainda as contradições que marcam o governo petista: “Quando era sindicalista, Lula foi um grande opositor do fator previdenciário. Mas como presidente vetou a sua derrubada”.

Acrescentou que a social democracia, ideologia que formou o PSDB, tem um histórico de contribuições para o universo dos trabalhadores, das quais os sindicalistas precisam estar cientes.

“Nós queremos um PSDB cada vez mais próximo do mundo do trabalho. Ajudaremos a construir isso neste encontro de Betim, assim como fizemos em outras atividades que desempenhamos nos últimos anos”, resumiu.

Continuar lendo

Governador Anastasia autoriza licitação para obra do Caminhos de Minas na Zona da Mata

O governador Antonio Anastasia estará, neste sábado (05/10), em Alto Rio Doce, na Zona da Mata, quando assina autorização de licitação para a pavimentação do trecho da MG-280, entre Alto Rio Doce e Dores do Turvo, inserido no programa Caminhos de Minas. O investimento estimado é de R$ 44,3 milhões, nos 26 quilômetros do trecho.

O Caminhos de Minas, lançado em 2010 pelo Governo do Estado, tem como objetivo ampliar e melhorar a infraestrutura logística dos municípios e regiões. É o maior programa rodoviário da história de Minas Gerais, envolvendo a implantação de 7,8 mil novos quilômetros de rodovias, distribuídos por 242 trechos, beneficiando diretamente 307 municípios e 7,3 milhões de mineiros.

O governador também entrega oficialmente o trecho da MG-132, entre Alto Rio Doce e Desterro do Melo, asfaltado por meio do Programa de Pavimentação de Ligações e Acessos Rodoviários aos Municípios (ProAcesso), do Governo de Minas.

Ainda em Alto Rio Doce, Anastasia assina com a prefeitura da cidade convênio, por meio do ProMunicípio, liberando R$ 300 mil para melhoramento de vias públicas. O ProMunicípio foi lançado pelo Governo do Estado, em abril deste ano, com o objetivo de fomentar o desenvolvimento municipal por meio de investimentos em infraestrutura viária, máquinas e equipamentos rodoviários, veículos, ações de saúde e educação. Somente neste ano, serão investidos cerca de R$ 2,1 bilhões.

O governador também entrega, em Alto Rio Doce, as obras de reforma da Escola Estadual São José que vai beneficiar cerca de 1.000 alunos dos anos finais do ensino fundamental, ensino médio e Educação de Jovens e Adultos, inaugura a quadra poliesportiva Walter Martins e entrega um veículo para a Polícia Militar.

Continuar lendo

Cidades de estados governados pelo PSDB lideram ranking de saneamento no Brasil

tratamento_agua_esgotoCidades de estados de Minas Gerais,  Paraná e São Paulo, governados pelo PSDB, lideram o ranking dos municípios com as melhores condições de saneamento básico no Brasil. É o que mostra levantamento divulgado pelo instituto Trata Brasil, de São Paulo, segundo reportagem veiculada no site UOL.

O estudo, divulgado desde 2007, tem como parâmetro dados do Sistema Nacional de Informações sobre Saneamento Básico (SNIS), publicado pelo Ministério das Cidades. O resultado da pesquisa reforça, na avaliação de parlamentares do PSDB, a principal marca do partido: a eficiência na gestão pública aliada à preocupação com o bem-estar da população.

Para o deputado Paulo Abi-Ackel (PSDB-MG), esta foi uma preocupação elementar do governo do PSDB, principalmente após a posse de Aécio Neves no Governo de Minas. E explica: “Os investimentos em infraestrutura urbana em Minas, incluindo saneamento, sem dúvida estão muito acima da média nacional, sobretudo no interior do estado. As regiões sul e central sempre tiveram uma taxa muito elevada, mas no norte do estado, incluindo o Vale do Jequitinhonha, a preocupação de Aécio era promover um investimento maior na área de saneamento básico.”

Segundo Abi-Ackel, trata-se de algo que impacto na saúde, na expectativa de vida da população e na questão ambiental, mas, principalmente para as crianças, que, tendo uma boa condição de infraestrutura, podem se preparar melhor e ter uma qualidade de vida melhor. “Só quem conhece Minas, com uma topografia acidentada, pode imaginar o quanto é representativo esses índices elevados de boa infraestrutura de saneamento básico”, ressalta.
Continuar lendo

“Governo do PT empurra Petrobras para o buraco”, diz líder do PSDB

Dep.Carlos Sampaio, líder do PSDB na Câmara
Dep.Carlos Sampaio, líder do PSDB na Câmara

“É o resumo da gestão petista: no dia em que celebra 60 anos, a Petrobras sofre duro golpe em sua reputação, empurrada para o buraco pelo governo Dilma”, disse o líder do PSDB na Câmara, Carlos Sampaio (SP) sobre o rebaixamento da nota da dívida da estatal, anunciado pela agência de classificação de risco Moody’s.

“É também muito grave que, a despeito do anúncio da autossuficiência no setor feita pelo ex-presidente Lula, o país se defronta hoje com déficits comerciais gigantescos na sua balança comercial de petróleo e derivados”, ressaltou o líder.

De acordo com o líder tucano, infelizmente a notícia não surpreende. “Era previsível, dado o nível de aparelhamento e utilização eleitoreira da Petrobras e até mesmo de Agências Reguladoras pela gestão petista. E o mesmo se repete no governo federal, como prova o rebaixamento também da perspectiva para os títulos do Tesouro Nacional”, ressaltou. Continuar lendo

O viés é de baixa na economia brasileira, alerta o Instituto Teotônio Vilela

itv-logo534

O mundo está percebendo, dia após dia, o que os brasileiros já constataram há bastante tempo: a situação econômica do país vai de mal a pior, as condições de vida estão ficando cada vez mais difíceis e, mais grave, não se vêem iniciativas do governo para reverter a situação. O viés é de baixa. A “nova matriz econômica”, baseada em intervenção estatal, controle de preços e incentivo desmesurado ao consumo teve fôlego curto e naufragou em pouco tempo. Leia íntegra da Carta de Formulação e Mobilização Política desta sexta-feira (04/10). Continuar lendo