Declaração Aécio Neves – pronunciamento presidente Dilma na ONU

O PSDB manifestou seu repúdio aos atos de espionagem tão logo eles foram denunciados pela imprensa. São ações intoleráveis, que agridem a soberania nacional. Mas é preciso que o governo brasileiro assuma sua responsabilidade em relação à defesa cibernética do país, e não trate essa questão sob a ótica do marketing. Menos de 10% do orçamento para o setor este ano foram utilizados, o que demonstra que, apesar do tom grave adotado hoje na ONU, a presidente da República e seu governo deram, até aqui, nenhuma importância a essa questão.

Aécio Neves – Presidente Nacional do PSDB

Parlamentares do PSDB falam sobre as expectativas do Encontro Regional do Sul, em Curitiba

encontros regionais

A capital paranaense, Curitiba, sedia, neste sábado (28/09), o Encontro Regional do Sul. Iniciativa conjunta do PSDB e Instituto Teotônio Vilela (ITV), o evento contará com a presença do presidente nacional do PSDB, senador Aécio Neves (MG).

Haverá também a participação parlamentares da bancada federal na Câmara e no Senado, além de governadores, deputados estaduais, vereadores, presidentes de diretórios e filiados. O encontro tem como objetivo comemorar os 25 anos do partido, promover a integração da legenda, analisar a conjuntura nacional e debater temas de interesse regional.

Esse é o segundo de uma série de quatro encontros regionais que o PSDB realizará até o final do ano.

Leia matéria completa no Diário Tucano

Nota Aécio Neves – concessão Aeroporto de Confins

A revisão das regras para concessão do Aeroporto de Confins é uma nova demonstração do improviso e das instabilidades que marcam o relacionamento do governo federal com o setor privado e, infelizmente, mais uma vez, o povo mineiro é a maior vítima desta errática forma de gestão.

A privatização de Confins é uma necessidade premente para superar os gargalos que atravancam o desenvolvimento de Minas Gerais. Há anos é defendida pelo Estado e reivindicada pelo setor produtivo mineiro, mas, apenas agora, às vésperas de encerrar o terceiro governo do PT, parece que estão se preocupando com a questão.  Continuar lendo

Rosemary, ex-assessora de Lula indiciada pela PF, deve ficar longe do serviço público por 5 anos

Rosemary Noronha, ex-chefe de gabinete do escritório da Presidência da República em São Paulo, não deve ocupar cargos públicos pelo prazo de 5 anos. É o que sugere processo administrativo disciplinar da Controladoria Geral da União (CGU), divulgado pelo jornal Folha de S.Paulo nesta terça-feira (24).

A ex-assessora, que mantinha relação próxima com ex-presidente Lula, foi indiciada por formação de quadrilha pela Polícia Federal no final de 2012, durante a Operação Porto Seguro, que investigou um esquema de venda de pareceres e tráfico de influência no governo federal. Continuar lendo

Seminário conclui que gás natural não contribui para a competitividade no Brasil

O dep.Paulo Abi-Ackel (PSDB-MG) é o presidente da Comissão de Ciência e Tecnologia, Comunicação e Informática
O deputadoPaulo Abi-Ackel (PSDB-MG) é o presidente da Comissão de Ciência e Tecnologia, Comunicação e Informática da Câmara dos Deputados

A exploração do gás natural não tem contribuído para a competitividade da indústria brasileira. Essa foi a principal conclusão da audiência pública que a Comissão de Ciência e Tecnologia, Comunicação e Informática (CCTCI) da Câmara dos Deputados realizou, nesta terça-feira (24/09), a requerimento do deputado federal Paulo Abi-Ackel (PSDB-MG).

O tucano é presidente do colegiado, que promoveu o encontro em conjunto com a Comissão de Desenvolvimento Econômico, Indústria e Comércio (CDEIC). “A nossa intenção foi identificar meios concretos para a melhoria do mercado de gás natural no Brasil. Mas, o que percebemos é que falta apoio do governo”, disse o parlamentar.

A interpretação de Abi-Ackel foi confirmado pelo presidente da Associação Brasileira dos Investidores em Autoprodução de Energia (ABIAPE), Luiz Menel da Cunha. Segundo ele, o Brasil não possui uma política de preços para o gás natural. “Nessa situação, muitos dos projetos de expansão do setor acabam engavetados”. Continuar lendo

Rombo nas contas externas cresce em agosto e já supera o de todo o ano passado

Publicado no jornal Folha de S.Paulo – 24/09/13

O deficit nas contas externas do país alcançou US$ 5,5 bilhões em agosto, mais que o dobro do registrado no mesmo mês do ano passado, quando atingiu US$ 2,6 bilhões, segundo dados do Banco Central divulgados nesta terça-feira (24).

Com isso, o rombo no ano já chega a US$ 58 bilhões, superando em 7% o deficit acumulado em todo o ano passado, de US$ 54,2 bilhões. Continuar lendo

Mutirão contra sujão, por Rodrigo de Castro

Artigo do deputado federal Rodrigo de Castro (PSDB-MG) publicado no jornal Estado de Minas – 24/09/13

sujao

O Rio de Janeiro vem sendo palco dos mais continuados protestos populares que tiveram início, em todo o Brasil, por ocasião da Copa das Confederações. Se, por um lado, os fatos revelam um despertar da população para as questões sociais, por outro, deixam a marca da violência, com agressão de pessoas e quebradeiras de estabelecimentos públicos e privados.

Sem respostas adequadas para as reivindicações, muitas das quais ensejadas pelo descaso ou imobilismo do governo federal, a Prefeitura do Rio de Janeiro, talvez numa tentativa de desviar a atenção da mídia e reverter prejuízos de imagem dos governantes daquele estado, resolveu colocar em prática norma relativa à limpeza urbana, passando a multar as pessoas flagradas jogando lixo na rua. A estratégia funcionou, não a ponto de reparar os desgastes, mas gerando um fato positivo que passou, concomitantemente, a povoar a mídia. A televisão mostrou flagrantes da situação e, ao entrevistar as pessoas – entre os quais, flagrados –, as manifestações eram, em geral, de boa aceitação da medida por parte da população. Continuar lendo

Leia depoimento de Aécio Neves sobre o avô Tancredo para a “Veja” 45 anos

VEJA 45 ANOS — Aécio Neves: “Eu vi meu avô sair da vida e entrar para a história”

Equilibrando-se entre o patrimônio coletivo e a memória pessoal, o neto de Tancredo Neves traz para o presente o curto porém decisivo período que vai da vitória do político mineiro no Colégio Eleitoral, ocorrida em janeiro de 1985, à sua morte antes da posse na Presidência da República, apenas três meses depois

O PESO DO DESTINO - O caixão com o corpo do presidente eleito é carregado na rampa do Planalto (1985); e Aécio com Tancredo, então governador de Minas Gerais, em Belo Horizonte (1983): missão a cumprir (Fotos: Ricardo Azoury / F4 e álbum de família)
O PESO DO DESTINO – O caixão com o corpo do presidente eleito é carregado na rampa do Planalto (1985); e Aécio com Tancredo, então governador de Minas Gerais, em Belo Horizonte (1983): missão a cumprir (Fotos: Ricardo Azoury / F4 e álbum de família)

Por Aécio Neves, para a edição especial dos 45 anos de VEJA

Olhando para trás, é difícil acreditar que tantas mudanças tenham ocorrido em tão pouco tempo, somente dois anos: 1984 e 1985.

Tive o privilégio de, ainda muito jovem, com 24 anos, acompanhar de perto aquele período decisivo na vida de nosso país, e de, com ele, aprender várias lições – uma, especialmente importante: a de que cada geração tem seu compromisso com a história.

Por isso, é necessário que os líderes estejam sempre à altura dos desafios de seu tempo.

Foi fundamental para o Brasil, naquele momento, contar com homens como Tancredo Neves, meu avô, e Ulysses Guimarães, que, entre tantos outros, nos conduziram, com grandeza, naquela travessia.

A intensidade daqueles dias me acompanha até hoje – na memória e no coração. Continuar lendo

Ampliação do Aeroporto de Confins mais uma vez adiada

Governo muda regras e adia leilão de Confins

Publicado no jornal Estado de Minas – 24-09-13

Depois do revés do leilão da BR-262, que não teve interessados, o governo federal decidiu alterar as regras do leilão do Aeroporto Internacional Tancredo Neves, em Confins, abrindo as portas para que mais empresas participem da disputa, antes restrita a companhias com experiência em operação de terminais com movimento superior a 35 milhões de passageiros por ano. As novas regras permitem a participação daquelas que operaram aeroportos com pelo menos 20 milhões de passageiros por ano – o dobro do volume transportado por ano em Confins. A data do leilão, que ocorrerá junto com o do Aeroporto Internacional Tom Jobim (Galeão), no Rio de Janeiro, foi adiada de 31 de outubro para 22 de novembro. Para o Galeão as regras foram mantidas. Continuar lendo

Corrupção no governo federal do PT: Operação da PF combate desvio de recursos no Fome Zero

Matéria publicada no Globo Online – 24/09/13

Fraude ocorria no Programa de Aquisição de Alimentos; valores eram repassados pela Companhia Nacional de Abastecimento a associações e cooperativas rurais

A Polícia Federal realiza, nesta terça-feira, uma operação para combater o desvio de recursos de uma dos programas do Fome Zero, do governo federal. Serão cumpridos 11 mandados de prisão preventiva, 37 de busca e apreensão e 37 mandados de condução coercitiva em 15 municípios do Paraná, e também em Bauru, em São Paulo, e em Três Lagoas, no Mato Grosso do Sul.

A operação, chamada de “Agro-Fantasma”, revela um esquema de desvio de recursos públicos do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA), que fazia parte do Fome Zero, da ação de compra direta da agricultura familiar com doação simultânea. Os valores desviados eram repassados pela Companhia Nacional de Abastecimento (CONAB) a associações e cooperativas rurais.

Entre as irregularidades constatadas pela PF estão participantes entregando menos produtos do que os que constam nos relatórios de entrega, notas fiscais de produtores rurais com dados falsos e sem conhecimento dos produtores rurais.

Foram investigados 22 programas, dos anos de 2009 a 2013, nos municípios paranaenses de Guarapuava, Foz do Jordão, Honório Serpa, Candói, Ponta Grossa, Irati, Rebouças, Teixeira Soares, Inácio Martins, Fernandes Pinheiro, Itapejara D’Oeste, Goioxim, Pinhão e Querência do Norte. Segundo a Polícia Federal, em todos os programas investigados foram encontradas evidências de desvio de recursos.