Mais corrupção no governo do PT: MPF apura fraude na venda de passagens ao governo federal

Mais corrupção no governo do PT é identificado pelo Ministério Público Federal (MPF)  e Tribunal de Contas de União (TCU): o governo federal paga passagens aéreas superfaturadas. O descontrole dos gastos com passagens aéreas tem origem na falta de planejamento e em uma irregularidade identificada pelo Ministério Público e TCU, que é a adulteração das passagens e a cobrança de taxas inexistentes. Um exemplo foi uma viagem a Nova York, em julho do ano passado, da ministra Eleonora Menicucci, titular da Secretaria de Políticas para as Mulheres (SPM) da Presidência da República. O bilhete de classe executiva emitido pela  Turismo Pontocom mostra uma tarifa de R$ 24.800,82. Mas levantamento feito na companhia que emitiu a passagem revela que o bilhete saiu pela metade do preço: R$ 12.677,31. Só em 2012, o vaivém de servidores públicos e de integrantes do primeiro escalão do governo federal pelos ares do Brasil e do exterior custou aos cofres públicos R$ 890 milhões  O assunto de mais esse escândalo de corrupção no governo do PT e seu descaso com o dinheiro público foi capa dos jornais Estado de Minas e Correio Braziliense deste domingo. Confira: Continuar lendo