Aécio Neves quer transparência nos empréstimos do BNDES

Senador Aécio Neves pedirá informações sobre operações financeiras do banco com outros países. Foto George Gianni
Aécio Neves pedirá informações sobre operações financeiras do banco com outros países. Foto George Gianni
O senador Aécio Neves (PSDB-MG) afirmou, nesta quarta-feira (10/07), que o PSDB vai requerer oficialmente informações sobre empréstimos que o BNDES concedeu a governos de outros países e que são tratados como sigilosos pelo governo federal. O senador informou que o banco teve seu patrimônio reduzido em 38% entre 2011 e 2013.
 
“Estamos oficiando ao BNDES no sentido de que haja transparência nos financiamentos que essa instituição financeira tem dado a outros países, em especial Cuba e Angola, agora carimbados como transações secretas, de segurança nacional. Outras não são”, afirmou o senador que votou hoje contra o perdão de uma dívida do Congo com o Brasil.
 
Para Aécio Neves, exatamente no momento em que há um clamor da população por mais transparência, nada justifica que essas operações financeiras sejam classificadas como sigilosas ou confidenciais.
 
“O BNDES que, nos últimos anos, teve uma perda patrimonial de 38%, enquanto, no mesmo período, bancos privados tiveram um ganho, tiveram um acúmulo patrimonial em torno de 25% do seu patrimônio, é o mesmo banco que age de forma pouco clara, pouco cristalina”, criticou o senador, ressaltando que as informações do BNDES sobre essas operações, em especial aquelas feitas no exterior sob o carimbo do sigilo, são fundamentais para que o Senado Federal possam analisar outros financiamentos.

PSDB Mulher de Minas realiza seminário de capacitação política

O PSDB Mulher de Minas Gerais realizará, nos dias 1º e 2 de agosto, o seminário “Formação Política para Multiplicadoras”. O objetivo do encontro é capacitar mulheres de todo o Estado para difundir os ideais da socialdemocracia e as principais bandeiras sociais do partido, valorizar as lideranças femininas regionais e garantir maior participação feminina na política do país.

A iniciativa faz parte do processo de revitalização e modernização do PSDB que busca consolidar a legenda como o principal partido de oposição do país e principal alternativa para a política brasileira.

Em parceria com a fundação alemã Konrad Adenauer Stifung-KAS, o PSDB Mulher reunirá, durante dois dias, cientistas políticos, parlamentares e lideranças em ampla programação que inclui palestras e debates. Entre os temas a serem discutidos, o papel da mulher, a importância da sua atuação na vida política do país, rede sociais, entre outros.

O seminário será realizado na sede do PSDB-MG, à Rua Ouro Preto, 846 – Barro Preto, em  Belo Horizonte. As inscrições estão abertas e as vagas são limitadas.

Seminário Formação Política para Multiplicaras

Data: 1º de agosto – 17 horas às 20 horas
2 de agosto – 9 horas às 17h30
Local: Sede do PSDB-MG – Rua Ouro Preto, 846  – Barro Preto – BH

Governo de Minas assina os primeiros convênios com as prefeituras inscritas no ProMunicípio

Os primeiros convênios foram assinados pelo vice-governador Alberto Pinto Coelho. Foto Omar Freire/Imprensa MG
Os primeiros convênios foram assinados pelo vice-governador Alberto Pinto Coelho. Foto Omar Freire/Imprensa MG

O vice-governador Alberto Pinto Coelho assinou, no início da tarde desta quarta-feira (10/07), os primeiros 24 convênios com prefeituras relativos ao ProMunicípio. Os convênios assinados representam o valor total de R$ 9,64 milhões. O programa, lançado em 11 de abril pelo governador Antônio Anastasia, tem o objetivo de acelerar o desenvolvimento dos municípios mineiros por meio de investimentos em infraestrutura viária, máquinas e equipamentos rodoviários, veículos, além de ações de saúde e educação. Somente este ano, o ProMunicípio  irá investir R$ 2,1 bilhões. Todos os 853 municípios mineiros serão beneficiados.
Durante a solenidade, o vice-governador Alberto Pinto Coelho, destacou a permanente parceria do governo com os municípios.

“Essa vem sendo a tônica do Governo de Minas nos últimos dez anos. Inúmeros programas são traduzidos na canalização dos recursos do Estado para se efetivarem em cada um dos municípios mineiros”, afirmou. Continuar lendo

Vaias a Dilma refletem falta de diálogo com prefeitos, diz deputado tucano

O deputado federal Luiz Carlos (PSDB-AP) avalia que as vaias à presidente Dilma Rousseff na Marcha dos Prefeitos são consequência da política mal feita do PT para os municípios.

Dilma foi duas vezes vaiada pelos prefeitos. Ontem, a presença da presidente da República era esperada, mas ela não apareceu, rompendo uma tradição na abertura do evento. As vaias foram ouvidas quando o nome de Dilma foi citado no sistema de som onde ocorria o lançamento da marcha. Continuar lendo

Governo federal do PT mandou mais dinheiro para o Mineirão do que para saúde em Minas

A reforma do Mineirão, avaliada em R$ 796 milhões, foi feita com recursos federais do BNDES que serão pagos pelas empresas que realizaram a obra.

No anúncio de liberação dos recursos da saúde feito ontem, Minas Gerais foi mais uma vez prejudicada pelo governo federal do PT, que destinará somente R$ 787 milhões, recursos considerados insuficientes.

Leia mais em reportagem do jornal Hoje em Dia

Materia Capa Hoje em Dia.jpg.600x0_q85

Leia “Demagogia no setor da saúde”, editorial do jornal “O Estado de S. Paulo”

Publicado no jornal O Estado de S.Paulo – 10-07-13

São demagógicas as medidas anunciadas pela presidente Dilma Rousseff para melhorar a saúde no país, por meio do pretendido aumento da oferta de médicos, tanto brasileiros como estrangeiros.

Na verdade, elas beiram a irresponsabilidade, na medida em que não apenas deixam de lado os problemas mais graves do setor – ou seja, nada resolvem, apesar do estardalhaço, como ainda poderão produzir efeitos ao mesmo tempo desastrosos e duradouros, por causa das mudanças que introduzem nos cursos de medicina e nas relações de trabalho dos futuros médicos, em seu início de carreira. Continuar lendo

Prefeitos do PT reajustaram mais as tarifas de ônibus em Belo Horizonte

Os ex-prefeitos de Belo Horizonte Patrus Ananias e Fernando Pimentel, do PT, reajustaram as passagens de ônibus muito acima da inflação. Com Pimentel, BH teve passagem mais cara entre as principais capitais do Brasil. Em 2008, Belo Horizonte estava entre as capitais com a maior tarifa de ônibus.

Nos últimos cinco anos, Belo Horizonte foi a capital brasileira que sofreu o menor reajuste nas passagens e o aumento das tarifas ficou menor do que a inflação. Confira nos gráficos abaixo:

anuncio tempo 1.jpg.600x0_q85