Aécio Neves propõe grupo de trabalho para fiscalizar liberação de recursos federais

PSDB acompanhará critérios usados na distribuição de recursos pelos ministérios

O senador Aécio Neves (PSDB/MG) propôs a criação pelo PSDB de um grupo de trabalho para acompanhar a distribuição de recursos federais. O objetivo dos trabalhos será avaliar os repasses realizados nos ministérios e os critérios utilizados na distribuição. A proposta foi discutida pelo senador e pelo presidente nacional do PSDB, deputado federal Sérgio Guerra (PE).

“Tem sido uma marca desse governo – que se diz o governo do gerenciamento competente – a utilização de critérios políticos, e não de critérios técnicos, para a liberação de recursos orçamentários, recursos da população brasileira. Isso ocorreu em inúmeros ministérios, inclusive com a queda de ministros que privilegiavam ONGs ligadas seus partidos políticos, parlamentares ligados aos seus partidos, ou estados governados por aliados. Para enfrentar isso, propus ao presidente do PSDB, deputado Sergio Guerra, que criemos uma central nacional de acompanhamento da distribuição de recursos pelos principais ministérios do governo federal. Queremos saber quais são os critérios utilizados, vamos denunciar quando o interesse político sobrepuser o interesse da população, como parece estar sendo uma regra neste governo”, disse o senador.

Continuar lendo

Minas Gerais atrai novos investimentos com geração de mais de 1.300 empregos

Três novos projetos de instalação e de expansão de unidades produtivas em Minas Gerais foram anunciados nesta quarta-feira (11). Os protocolos de intenções das empresas Biobase Indústria e Comércio Ltda., BH Colchões e Espumas Ltda. (Colchobel) e TCR Distribuição S/A com o Governo de Minas foram assinados por meio do Instituto de Desenvolvimento Integrado de Minas Gerais (Indi), órgão vinculado à Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico (Sede). Os investimentos totalizam R$ 11,45 milhões, com geração de 1.324 empregos.

A Biobase Indústria e Comércio Ltda. pretende expandir sua unidade industrial, localizada em Pouso Alegre, no Sul de Minas. A meta da empresa é ampliar a atual produção, de 1,7 milhão de peças descartáveis de uso médico-hospitalar (frascos, equipos e dispositivos para incontinência urinária), para um total de 5 milhões de peças já em meados de 2013. A empresa irá investir R$ 6,8 milhões no projeto, com a geração de 350 empregos diretos e 900 indiretos, e pretende iniciar as obras de expansão da unidade industrial ainda este ano.

Ao assinar o protocolo de intenção, o presidente do Indi, José Frederico Álvares, informou que, durante o ano de 2011, o órgão firmou 160 protocolos, que totalizaram R$ 28,35 bilhões em investimentos, com a geração de 43.987 empregos diretos e 91.510 indiretos. O presidente do Indi ressaltou que o resultado foi alcançado graças ao diferencial do órgão na atração de investimentos para o Estado.

Continuar lendo

Destaque na Imprensa: Marca de Dilma é o favorecimento político, diz Aécio

O senador Aécio Neves (MG) criticou ontem em entrevista à Folha o governo Dilma Rousseff e anunciou a decisão do PSDB de criar uma central de acompanhamento dos gastos federais.

“A marca do governo da ‘gerente’ é o abuso dos critérios políticos em detrimento dos interesses da população”, disse Aécio.

O ataque aconteceu no mesmo dia que a Folha mostrou que, em nome de Aécio, o PSDB evitaria ataques ao ministro da Integração Nacional, Fernando Bezerra (PSB).

Continuar lendo