Anastasia e Marcio Lacerda anunciam lançamento de edital para novas linhas do metrô de BH

O governador Antonio Anastasia e o prefeito de Belo Horizonte, Marcio Lacerda, anunciaram nesta terça-feira (06/12), durante entrevista à imprensa, no Palácio da Liberdade, que o processo de licitação para os projetos executivos de expansão do metrô de Belo Horizonte será aberto já no próximo mês. Para 2012, a meta é também concluir os estudos e editais para a contratação da empresa que irá operar, sob regime de concessão, o metrô da capital mineira.

Com investimentos de cerca de R$ 3 bilhões, a capacidade de atendimento do metrô passará dos atuais 200 mil passageiros/dia para 980 mil usuários/dia. A expectativa é que as obras de modernização e ampliação da Linha 1 (Eldorado-Vilarinho) e de implantação das linhas 2 (Barreiro-Calafate) e 3 (Savassi-Lagoinha) sejam concluídas em um prazo máximo de quatro anos.

Continuar lendo

Alberto Pinto Coelho abre Fórum de Cooperação entre França e Minas Gerais

O vice-governador Alberto Pinto Coelhoabriu, nesta terça-feira (6), na região Nord-Pas de Calais, na França, o II Fórum de Cooperação entre a região e o Estado de Minas Gerais. Foram assinados oito protocolos que vão permitir a parceria e a troca de experiências em setores como metalurgia, siderurgia, pesquisa e ensino superior, e preservação cultural, patrimonial e ambiental. Foi, ainda, lançado o Arcus, programa criado entre universidades mineiras e francesas de estimulo à pesquisa e ao intercâmbio entre as instituições.

O Fórum, que está sendo organizado pela Secretaria Geral do Governo de Minas, por meio da Assessoria de Relações Internacionais, e pelo governo daquela região francesa, será realizado até o dia 9 de dezembro. Conta com a presença de representantes governamentais, setores privados, acadêmicos e sociedade civil. Ao final, serão estabelecidos projetos prioritários e uma agenda de trabalho para os próximos dois anos entre as duas regiões.

Leia matéria completa na Agência Minas

Aécio Neves participa de entrega do Prêmio Aécio Cunha

Aécio Neves destacou o exemplo de homem público que foi seu pai, Aécio Cunha. Foto Cadu Gomes

 

O senador Aécio Neves (PSDB/MG) participou, na manhã desta terça-feira, dia 6, da entrega do Prêmio Aécio Cunha, como foi denominada a categoria Governamental do Prêmio Transparência e Fiscalização Pública, iniciativa da Comissão de Fiscalização Financeira e Controle e da Mesa da Câmara dos Deputados. A honraria foi concedida in memoriamao ex-governador do Paraná e ex-senador constituinte José Richa.

O Prêmio Transparência e Fiscalização Financeira é concedido pela Câmara a órgãos, entidades ou agentes da administração pública de qualquer nível dos três poderes da República, cujo trabalho mereça destaque pela transparência e fiscalização no uso dos recursos públicos.

Aécio Neves destacou o exemplo de homem público que foi seu pai, Aécio Cunha, falecido em 2010. Aécio Cunha foi deputado federal por seis mandatos, entre 1963 e 1986. Antes, exerceu dois mandatos como deputado estadual em Minas Gerais.

Continuar lendo

Governador Anastasia assina termo de adesão à segunda etapa do Minha Casa, Minha Vida

Serão construídas 170 mil casas em Minas Gerais até o final de 2014. Foto Omar Freire/Imprensa MG

O governador Antonio Anastasia assinou nesta terça-feira, dia 6, em solenidade no Palácio Tiradentes, com o Ministério das Cidades, termo de adesão do Governo de Minas ao Programa Minha Casa, Minha Vida 2. Prefeitos de 122 municípios mineiros também assinaram o termo de adesão ao programa. Serão construídas 170 mil casas em Minas Gerais, dentro da meta do governo federal de disponibilizar 2 milhões de unidades habitacionais em todo o país, até 2014.

Para Antonio Anastasia, além da importância social, econômica e de infraestrutura, a casa própria representa o resgate da cidadania, da dignidade das famílias e a realização do sonho de milhares de brasileiros e mineiros.

“A casa própria é um dos temas mais caros à cultura e à sociedade brasileira. Dá dignidade e cidadania o fato de o cidadão e sua família ter uma moradia. A casa própria significa a estabilidade familiar porque o cidadão passa a ter melhores condições de educar seus filhos, de evitar problemas de segurança, e a ter um local para investir e apostar no seu futuro, com mais qualidade de vida. Por isso, o programa habitacional é fundamental, traz resultados positivos em todos os aspectos, com desenvolvimento econômico e até oportunidades de negócios. Este é um Programa cujo alcance social, econômico e de infraestrutura é tão positivo para Minas Gerais e para o Brasil”, disse o governador durante pronunciamento.

Continuar lendo

Aécio Neves participa da entrega do Prêmio Transparência e Fiscalização Pública

O senador Aécio Neves (PSDB/MG) participou, na manhã desta terça-feira (06/12), da entrega do Prêmio Transparência e Fiscalização Pública, iniciativa da Comissão de Fiscalização Financeira e Controle e da Mesa da Câmara dos Deputados. A honraria foi concedida em duas categorias: Governamental e Sociedade Civil. A categoria Governamental foi batizada de Prêmio Aécio Cunha, em homenagem ao ex-deputado federal por seis mandatos, falecido em 2010, e pai do senador Aécio Neves. O Prêmio Aécio Cunha foi entregue in memoriam ao ex-governador do Paraná e ex-senador constituinte José Richa. A categoria Sociedade Civil, batizada de Prêmio José Alencar, foi entregue à Associação Contas Abertas.

Relegada a 2º plano pelo governo, indústria puxa setor produtivo nacional para baixo

A economia brasileira ficou estagnada no terceiro trimestre do ano: o crescimento foi de 0% sobre o trimestre anterior. Os números do PIB do período, divulgados há pouco pelo IBGE, indicam que a indústria está puxando o setor produtivo nacional como um todo para baixo. Na avaliação da Carta de Formulação e Mobilização Política desta terça-feira, dia 6, o governo poderia ajudar adotando medidas sistêmicas, e menos pontuais, além de impulsionar o investimento público. “É tudo o que a gestão Dilma não conseguiu fazer até agora”, avalia o documento editado pelo ITV. Leia a íntegra abaixo:

Continuar lendo

Exportação mensal do agronegócio mineiro quebra a barreira de US$ 1 bilhão

Pela primeira vez as exportações do agronegócio mineiro superam a receita mensal de US$ 1 bilhão. De acordo com o Ministério de Desenvolvimento Indústria e Comércio Exterior (MDIC), o valor alcançado em novembro de 2011 foi um pouco superior a essa marca, registrando um aumento de 32,9% em relação ao resultado do mesmo mês no ano passado. A receita obtida com a comercialização internacional dos produtos agrícolas e pecuários, no mês, representou 26,5% do resultado das exportações totais do Estado.

De acordo com a Secretaria de Agricultura, Pecuária e Abastecimento de Minas Gerais (Seapa-MG), em novembro de 2011, o café respondeu por  61,7% da cifra total das vendas externas de produtos agrícolas e pecuários de Minas. Segundo o secretário Elmiro Nascimento, a cotação do produto, que alcançou no mês US$ 5,1 mil a tonelada, teve uma progressão de 48,86% em relação ao mesmo período do ano passado.

Leia matéria completa na Agência Minas