Saída de Lupi mostra desordem do governo Dilma, diz Sérgio Guerra

O presidente do PSDB, deputado federal Sérgio Guerra (PE), afirmou que a demissão do ministro do Trabalho, Carlos Lupi, é mais uma prova da desordem na qual se tornou o governo da presidente Dilma Rousseff.

O agora ex-ministro não resistiu às pressões e entregou o cargo após uma série de revelações de irregularidades feitas pela imprensa, como o acúmulo de cargos comissionados e o uso de um avião pago por um empresário que mantinha convênios com o ministério.

“Esse episódio do Lupi compromete muita gente. Mas não é a questão do ministro do Trabalho que importa. Lupi ou qualquer coisa parecida com ele não tem relevância. O que tem relevância é esse governo, que não sabe o que faz”, disse.

Lupi se tornou o sexto ministro a deixar o governo Dilma por suspeita de irregularidades em menos de um ano. Antes dele, caíram Antonio Palocci (Casa Civil), Alfredo Nascimento (Transportes), Wagner Rossi (Agricultura), Pedro Novais (Turismo) e Orlando Silva (Esporte).

Para o presidente do PSDB, a saída de Lupi revela a incapacidade de a presidente Dilma Rousseff indicar ministros à altura das necessidades do país. “A sucessiva repetição de escândalos, infelizmente, não surpreende. O alto escalão do governo federal foi montado não de acordo com a capacidade das pessoas, e sim para atender a apadrinhamentos.

Fonte: Agência Tucana

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s