Fórum do Norte de Minas define cinco prioridades para a região

No encerramento da primeira reunião do Fórum Regional do Norte de Minas, nesta quarta-feira (30), em Montes Claros, os representantes da sociedade civil escolheram cinco estratégias para serem monitoradas de forma intensiva nas instâncias governamentais, até sua implementação. O evento reuniu, além desses representantes, o Comitê Regional, composto por membros do governo na região. As cinco estratégias definidas no fórum farão parte do Caderno de Prioridades Estratégicas Regionais, um documento de pactuação do governador Antonio Anastasia com a região Norte do Estado. As prioridades escolhidas refletem preocupações essenciais em qualquer planejamento público: Saúde, Educação, Segurança, Desenvolvimento Social e Infraestrutura.

Leia matéria completa na Agência Minas

Certificação verde do Mineirão é tema de encontro no Ministério do Esporte

A bem-sucedida e pioneira experiência do Governo de Minas Gerais de transformar o Mineirão em um estádio ambientalmente sustentável foi apresentada durante a I Oficina sobre Certificação e Gestão Sustentável das Arenas da Copa de 2014, realizada pelo Ministério do Esporte, nesta quarta-feira (30), em Brasília. O encontro reuniu representantes das câmaras temáticas de meio ambiente e sustentabilidade das 12 cidades-sede para discutir certificação verde de infraestruturas esportivas.

Para o gerente do Projeto Copa Sustentável 2014 da Secopa, Vinícius Lott, o trabalho realizado no estádio é exemplar por vários motivos. “Um deles é sua localização sustentável, bem como o projeto de eficiência no uso de água e energia, e também a destinação sustentável de pelo menos 80% dos resíduos, que hoje é um dos grandes desafios da construção civil”, conta.

Leia matéria completa na Agência Minas

Por indicação de Paulo Abi-Ackel, Câmara concede medalha ao artista plástico Carlos Bracher

Por indicação do líder da Minoria, deputado Paulo Abi-Ackel (PSDB/MG), o artista plástico mineiro Carlos Bracher foi um dos agraciados com a Medalha Mérito Legislativo nesta quarta-feira (30), no Salão Negro do Congresso Nacional. O artista já fez exposições individuais em Paris, Roma, Milão, Madri, Haia, Lisboa, Santiago, Montevidéu, Miami e na Câmara dos Deputados.

Para Abi-Ackel, homenageá-lo é reverenciar o expressivo elenco de artistas plásticos do Estado de Minas Gerais. “Bracher é um orgulho para Minas e para Ouro Preto, cidade onde mora com a família há quase 40 anos. Como parlamentar e líder, fico muito feliz em indicar para a maior honraria concedida pela Câmara dos Deputados um artista que é grande referência para a cultura nacional”, disse ele.

Bracher agradeceu, emocionado, a indicação. “Essa condecoração é o reconhecimento por um trabalho de uma vida inteira”, disse.

A comenda existe desde 1983 e os contemplados são indicados por líderes e membros da Mesa Diretora da Câmara com a finalidade de homenagear cidadãos, instituições, entidades, campanhas, programas ou movimentos de cunho social, civil ou militar, nacionais ou estrangeiros, que ajudaram a promover no plano social, econômico, cultural ou político o desenvolvimento do País.

Aécio Neves critica criação de cargos sem concurso público no Ministério do Esporte

O senador Aécio Neves (PSDB/MG) protestou, nesta quarta-feira (30/11), durante reunião da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), contra projeto que cria cargos no Ministério do Esporte que dispensam a realização de concurso público. A proposta, com impacto anual de R$ 1,5 milhão nas contas públicas, foi aprovada na CCJ pela base do governo do PT por 12 votos a oito. Agora, a proposta segue para o plenário da Casa.

O projeto de lei da Câmara 89/2010, encaminhado pelo governo em 2008, pretende criar 24 cargos em comissão do Grupo-Direção e Assessoramento Superiores (DAS), para compor uma estrutura específica para tratar do futebol e da defesa dos direitos do torcedor.

Continuar lendo

Confins: Minas faz a sua parte e o Governo Federal do PT ainda não investe

De olho na grande movimentação no Aeroporto Internacional Tancredo Neves (AITN), em Confins, no fim de ano e período de férias deputados da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) solicitaram a presença de representantes da Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero). A audiência pública promovida pelas comissões de Turismo, Indústria, Comércio e Cooperativismo e a de Esporte, Lazer e Juventude, aconteceu nesta terça-feira (29/11), na ALMG.

Durante a audiência foi questionado o que a Infraero, de responsabilidade do Governo Federal do PT, está planejando para minimizar os transtornos que o aumento de fluxo de passageiros e de voos podem trazer para os usuários neste fim de ano.

Infelizmente o que vi nesta audiência é que a Infraero está mais preocupada em elencar informações para os usuários do que em tomar providências para solucionar os problemas do Aeroporto, disse o deputado Rômulo Viegas (PSDB), do Bloco Transparência e Resultado da ALMG. “Está faltando um planejamento rigoroso, o gargalo e atrasos dos voos deste fim de ano servirão de bússola para as Copas de 2013 e 2014. O Governo de Minas fez a parte dele entregando as demandas e orientações, mas até agora nada de efetivo foi feito por parte da Infraero e do Governo Federal”, lamentou o deputado.

Leia matéria completa no Minas Transparente

Aécio protesta contra projeto que cria cargos no Ministério do Esporte sem concurso. Ouça entrevista

O senador Aécio Neves (PSDB/MG) protestou, nesta quarta-feira (30-11-11), durante reunião da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), contra projeto que cria cargos no Ministério do Esporte que dispensam a realização de concurso público. A proposta terá impacto anual de R$ 1,5 milhão nas contas públicas.

O projeto de lei da Câmara 89/2010, encaminhado pelo governo em 2008, pretende criar 24 cargos em comissão do Grupo-Direção e Assessoramento Superiores (DAS), para compor uma estrutura específica para tratar do futebol e da defesa dos direitos do torcedor. O projeto acabou aprovado na CCJ pela base do governo do PT por 12 votos a oito. A proposta, agora, segue para o plenário da Casa.

Ouça entrevista

http://www.psdb-mg.org.br/midias/download/id/3844

Aécio Neves quer tornar obrigatório repasse dos recursos dos fundos de segurança da União

O projeto de lei tornando obrigatório o repasse mínimo foi apresentado pelo senador Aécio Neves (PSDB/MG). Foto José Cruz/Agência Senado

O senador Aécio Neves (PSDB/MG) apresentou, no Senado, projeto de lei tornando obrigatório o repasse mínimo pela União de 70% dos recursos do Fundo Nacional de Segurança Pública (FNSP) e do Fundo Penitenciário Nacional (Funpen) para os estados e o Distrito Federal. Nos últimos anos, os investimentos dos estados em segurança pública cresceram, enquanto o governo federal destina aos fundos de segurança valores muito inferiores do que os autorizados no orçamento.

As 27 unidades da Federação investiram R$ 33,5 bilhões em segurança pública em 2008, contra R$ 24 bilhões em 2005, segundo o Ministério da Justiça. Os governos estaduais também ampliaram gastos per capita em 36%, passando de R$ 130,52 para R$ 176,95.

Por outro lado, boa parte dos recursos destinados aos fundos de segurança sob responsabilidade do governo federal não foram executados, segundo o sistema Siga Brasil. No caso do Funpen, menos da metade de sua dotação orçamentária chegou a ser paga.

Continuar lendo